Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

VALEU A PENA ESPERAR ATÉ AO FIM: DUARTE SILVA TRIUNFOU EM VILA FRANCA

04.05.19 | António Lúcio / Barreira de Sombra

IMG_3047.JPGPraça de Toiros “Palha Blanco” – Vila Franca de Xira – 04/05/19 – Novilhada

Director: João Cantinho – Veterinário: Jorge M. Silva – Lotação: 1/3

Cavaleiros: Francisco Núncio – Ricardo Cravidão

Forcados: Amadores de Vila Franca

Novilheiros: Alejandro Rivero, Júlio Alguiar, Filipe Martinho, Duarte Silva

Ganadaria: Falé Filipe

VALEU A PENA ESPERAR ATÉ AO FIM: DUARTE SILVA TRIUNFOU EM VILA FRANCA

 

Com mais de meia hora de atraso sobre a hora inicialmente indicada, por atraso da banda música, situação que não impede o início ou o desenrolar do espectáculo segundo o Artº 20ª do Regulamento do Espectáculo Tauromáquico em vigor e sem que o Director de Corrida impusesse que o mesmo começasse à hora marcada, em desrespeito também para com os espectadores, teve início uma novilhada popular mista e que apenas no último da ordem justificou a nossa presença nas bancadas.

 

E valeu a pena esperar pela lide do sexto da tarde, um bom eral de Falé Filipe, pelo jovem Duarte Silva que esteve em plano de novilheiro, que lanceou bem de capote, cravou bons pares de bandarilhas, o segundo de muito mérito e exposição. E a faena de muleta teve classe, teve mérito, muitos muletazos de grande categoria pelos dois lados, sendo que alguns naturais foram o que de melhor se viu de toureio nesta tarde. Bom triunfo deste jovem que ainda é amador.

 

Júlio Alguiar mostrou boas maneiras e teve alguns muletazos de qualidade frente ao quarto da ordem.

 

Filipe Martinho esteve disposto e com vontade de agradar mas sempre as coias rodaram da melhor maneira.

 

Idem para a prestação de Alejandro Rivero, com pouco par descrever nesta sua passagem por Vila Franca.

 

No toureio a cavalo apenas a registar que actuaram Francisco Núncio, pouco acertado, e Ricardo Cravidão numa actuação irregular.

 

Os dois erales lidados a cavalo foram pegados pelos mais jovens dos Forcados Amadores de Vila Frnca com boas pegas de caras ao primeiro intento.

 

Os erales de Falé Filipe serviram no geral, destacando-se pela positiva o lidado em último lugar.

 

O espectáculo foi dirigido por João Cantinho que deu música a mais (se calhar para castigar os atrasados músicos!...) e foi assessorado pelo veterinário Jorge Moreira da Silva.

 

Texto e foto: António Lúcio