Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

TOUREOU-SE BEM NO CARTAXO. BOM CURRO DE VALE SORRAIA E BOAS PEGAS DE CARAS

24.06.24 | António Lúcio / Barreira de Sombra

22 06 24 cartaxo.jpg

Praça de Toiros do Cartaxo – 22/06/24 – Corrida de Toiros

Director: José Soares – Veterinário: José Luís Cruz – Lotação: 60%

Cavaleiros: Ana Rita, João Salgueiro da Costa, Luís Rouxinol Jr

Forcados Amadores de Azambuja e Cartaxo

Ganadaria: Vale Sorraia

Foi uma corrida com muitos motivos de interesse, e principalmente porque se toureou, e bem, a cavalo, com toiros sérios, de Vale Sorraia, e a exigirem máximo empenho dos intervenientes, dadas as suas características muito próprias e com destaque positivo para o lote que tocou a João Salgueiro da Costa. Este e Luís Rouxinol destacaram-se numa corrida antecedida por uma procissão na arena e à luz das velas, em honra de São João Batista e onde participaram todos os intervenientes. Um minuto de silêncio foi guardado durante as cortesias, em memória de Alfredo Vicente “Rouxinol” recentemente falecido.

Ana Rita com o seu estilo muito próprio foi bastante acarinhada pelo público na lide do primeiro da noite, distraído e a adiantar-se nas sortes, resolvendo com acerto a papeleta em especial na série de curtos. No seu segundo, algumas passagens em falso e só no final aqueceu as bancadas com dois de violino que mereceram fortes aplausos do público.

Para lidera 2º e 5º saiu à arena João Salgueiro da Costa.  E que bem o fez. Bom conceito de toureio, bom entendimento das condições de lide do bom segundo toiro da noite, franco e codicioso, boa escolha dos terrenos e depois de dois bons compridos veio uma série de curtos de muito valor. Repetiria a dose no que foi quinto da noite, mostrando valor, que deve ser tido em consideração pelas empresas pois está “pouco visto” mas tem um bom conceito de toureio e que chega ao público como se viu no Cartaxo.

Grande lide ao terceiro da noite a cargo de Luís Rouxinol Jr. O toiro não era fácil mas Rouxinol Jr, procurou e conseguiu dar-lhe a volta, entendendo bem as suas querenças, tirando-o de lá, e cravando curtos de muito mérito pois lidou e cravou dando ao toiro a lide que este exigia, ainda que este por vezes se adiantasse. Nova boa prova do seu bom momento na lide com que encerrou praça, com sentido de lide e raça toureira.

Para as pegas, todas de caras, enfrentaram-se os Forcados Amadores de Azambuja e do Cartaxo. Pelos Amadores de Azambuja foram na linha de frente Telmo Carvalho, lesionado na única tentativa que efectuou sendo dobrado por Ruben Santos numa rija cara à 1ª, seguindo-se Hugo Mendes, bem à 1ª e João Gonçalves numa rija pega à 3ª tentativa suportando fortes derrotes e com as ajudas a não cumprirem muito bem a função nas outras duas em que esteve também enorme. Pelos Amadores do Cartaxo foram caras Fábio Beijinho bem à 1ª, seguido por Bernardo Sá também à 1ª e Tiago Fonseca numa dura cara à 3ª tentativa.

Na direcção de corrida esteve José Soares assessorado pelo veterinário José Luís Cruz.

A última corrida da temporada comemorativa dos 150 anos da Praça de Toiros do Cartaxo terá lugar a 1 de Novembro.

Texto: António Lúcio