Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

‘Tauromaquia para Todos’ vence Orçamento Participativo pelo 2.º ano consecutivo

12.10.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

PróToiro destaca que vitória “mostra a adesão cada vez maior à defesa desta temática cultural”

 

A PróToiro – Federação Portuguesa de Tauromaquia felicita a vitória do projeto ‘Tauromaquia para Todos’, no âmbito do Orçamento Participativo, que foi aprovado esta quinta-feira pelo 2.º ano consecutivo, pelo Ministro da Cultura, Luís Castro Mendes

Este projeto, desenvolvido por um grupo de jovens aficionados (três raparigas e dois rapazes, todos com cerca de 20 anos), prevê a criação de um programa de difusão de informação e conhecimento sobre a cultura tauromáquica portuguesa, mostrando também a sua diversidade territorial e multiplicidade temática inerentes. “Esta vitória de um projeto que apoia e defende a Tauromaquia em Portugal é a prova de que há cada vez mais uma maior adesão dos portugueses a esta temática cultural, também nas camadas mais jovens da população”, realça Hélder Milheiro, porta-voz da PróToiro, que manifesta o seu apoio à iniciativa.

 

Com um orçamento de 50 mil euros, o projeto ‘Tauromaquia para Todos’ pretende criar conteúdos e materiais informativos e pedagógicos sobre a cultura tauromáquica, na sua vertente material e na componente imaterial, para levar o conhecimento e a compreensão desta atividade cultural a jovens e adultos. A isto acrescem campanhas e ações de informação e interação com todos os cidadãos, sem nunca esquecer a importância do contexto escolar.

 

Houve ainda um projeto contra a cultura tauromáquica que foi aprovado no âmbito do Orçamento Participativo e cuja índole atenta contra a defesa do livre-acesso à Cultura que o Estado português tem o dever de assegurar, incorrendo por isso em ilegalidades. Nesse sentido a PróToiro está a preparar-se para tomar ações que permitam travar o avanço desta proposta, junto das entidades competentes.