Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

TAUROMAQUIA NORTE/SUL, POR JOSÉ ANDRADE

...e não é que não foi só mais uma Gala dos Aficionados do Norte!

24.12.23 | António Lúcio / Barreira de Sombra

IMG-20231205-WA0008.jpg

O vetusto Clube de Leça, voltou a ser o lugar de eleição para a celebração da Gala dos

Aficionados Tauromáquicos do Norte (GATN) na sua 4ª. edição. Ambiente acolhedor, simpático
e reconfortante recebeu o encontro e reencontro do mundo dos touros, não só a Norte, já que
este ano viu alargada a sua competência ao espaço ibérico com as presenças do diestro, João
del Alamo, e de um dos reconhecidos bons críticos tauromáquicos de Espanha, D. Domingo
Delgado de la Câmara.

A Gala, que já faz parte do elenco dos eventos que no final da temporada taurina revela o que melhor acontece na Festa dos Touros, traduz na ‘lide’ que remata a temporada, pelos olhos e gostos dos aficionados do Norte deste nosso Portugal, o que entendem deve ser celebrado, no gosto, com gosto, e a gosto.


A Gala do Grupo de Aficionados Tauromáquicos do Norte, que vai já na sua quarta
edição, voltou a ter casa cheia até à bandeira, com muitos a não poderem participar. E se a
lotação esgotada de aficionados é um prémio para quem tem o trabalho de organizar e
coordenar o acontecimento - parabéns Mesquita, Fernando Sousa, Pina e Frederico - foi
empolgante participar e testemunhar o quanto emocionou as homenagens do centenário de
Mestre Branco Núncio ou dos quarenta anos de alternativa de António Ribeiro Telles.

As palavras, em preito de homenagem, do Coronel José Henriques ao Mestre João Núncio, mas
também a António Ribeiro Telles, embebeceu a concorrência. Com tão pouco se disse muito, e
aberto ficou a caminho para a vibração com que foi vivida a entrega dos prémios aos
destacados neste ano. Na arte de bem cavalgar lidando toiros, o consagrado Rui Salvador, o
cavaleiro dos ‘ferros impossíveis’, ou as palavras singelas de Miguel Moura, distinguido como o
melhor cavaleiro do ano, mostraram, se preciso fosse, a dificuldade de quem tem de escolher
entre conceitos diferentes, em circunstancias distintas de tempo. Mas estávamos em Festa e
na Festa, entre pares. E a Festa prosseguiu, com a entrega musical de uma Banda composta por
gente muito jovem, que interpretou temas apropriados, abrindo espaço à confraternização e
animação num ambiente que desfrutou com as presenças da madrinha do grupo, Soraia da
Costa, e do simpático Manuel Telles Bastos.

Mas, se no toureio a cavalo os destaques já eram de expectativa, o toureio a pé, que
teve honras de abertura na palestra que abriu praça com o insigne, critico espanhol D. Domingo
Delgado de la Câmara, que na Ganadera D. Joana Rosa Rodrigues, uma alternante com
perguntas à altura, onde a curiosidade soube ser elevada, conhecedora e cativadora .

O diestro, Juan del Alamo honrou com a sua presença, e deu mais brilho aos prémios atribuídos, ao
novilheiro Tomás Bastos, que não pôde estar presente, e ao bandarilheiro, João Pedro
Açoriano, que mereceu rasgados elogios de Rui Salvador, de cuja quadrilha faz parte. Quem
também não pôde estar presente para receber o prémio Dedicação e Promoção da Causa
Tauromáquica, foi o Professor Marcos Gomes, que tem no Museu Tauromáquico de Alter do
Chão um carinho e dedicação muito especial. A ganadaria Lima Cabral ( Monte Cadema) foi a
distinguida este ano na sua área.

E se a Gala pretendia distinguir os que se destacam pela positiva, o Grupo de Forcados Académicos de Coimbra, mereceu com mérito o prémio dedicado a quem exalta a coragem, valentia e entrega. E como nesta coisa de entrega os aficionados não devem ser esquecidos, D. Teresa Villas Boas e D. Maria João Campos, pelo seu empenho foram unanimemente reconhecidas como as Aficionadas do ano.

Distinguidos os homenageados, a Festa prosseguiu, num convívio amigável e muito
animado, com a certeza de que para o próximo ano, será ainda mais envolvente e apelativo, na
expectativa de uma temporada de 2024 vibrante de... Olés.

Texto e fotos: José Andrade

IMG-20231205-WA0005.jpg

 

IMG-20231205-WA0007.jpg

 

IMG-20231205-WA0008.jpg

 

IMG-20231205-WA0011.jpg

 

IMG-20231205-WA0013.jpg

 

IMG-20231205-WA0015.jpg

 

IMG-20231205-WA0016.jpg

 

IMG-20231205-WA0017.jpg

IMG-20231205-WA0018.jpg

 

IMG-20231205-WA0021.jpg

 

IMG-20231205-WA0022.jpg

 

IMG-20231205-WA0025.jpg

 

IMG-20231205-WA0026.jpg