Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

"Saíram este domingo, ainda sobre a questão das recomendações da ONU sobre o acesso de menores a touradas e da sua participação em touradas, 

 

No SOL surgiram declarações do presidente da Comissão de Protecção de Menores sobre as recomendações e o resultado é que esta comissão vai proceder a um estudo sobre o acesso e participação de menores em touradas.

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=99962, estando a Protoiro já no terreno para apresentar a defesa da tauromaquia e dos direitos das crianças junto desta Comissão. 

 

 

No Público foi realizado um artigo sobre as Escolas taurinas e a Protoiro foi entrevistada para falar sobre as mesmas, em resposta aos ataques antitaurinos http://www.publico.pt/sociedade/noticia/ambientalistas-congratulamse-aficionados-criticam-recomendacao-da-onu-1625822

 

Noutro artigo o Publico foi conhecer a Escola de Toureio de Vila Franca de Xira e 

falou com alunos e com o Maestro Vitor Mendes. 

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/um-matador-de-touros-esta-sempre-no-fio-da-navalha-1625819#/0 onde também podem ver uma galeria fotográfica feita na escola. 

 

Reparem nas declarações preconceituosas dos supostos "especialistas" que revelam, não só, um claro desconhecimento da realidade taurina, como um preconceito sobre a tauromaquia, completamente desfasado da realidade. 

Como a Protoiro refere “A realidade encarrega-se de desmentir que a tauromaquia prejudique a saúde mental das crianças”. “Há milhares de portugueses que cresceram a ver touradas. Onde é que estão os malformados, os desequilibrados, os perturbados?”

Este tipo de preconceitos é inadmissível e a realidade mostra muito bem como são falsos. 

 

Melhores Cumprimentos,

 

PROTOIRO"