Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

NOVILHEIRO RUI JARDIM ABANDONA AS ARENAS

31.01.19 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Comunicado

“Vivir sin torear, no es torear, no es vivir”…Em todo o meu percurso, levei esta frase do maestro José Tomás, no meu coração e na minha alma. Agarrei-me a ela a cada adversidade e a cada triunfo!
Hoje, mais que nunca, esta frase invade os meus pensamentos, porque lesões físicas obrigam-me a interromper o caminho que sonhei.
Não tenho, de momento, as capacidades físicas necessárias ao rigor que esta profissão exige.
Retiro-me agradecido por todas as oportunidades que tive neste meio.
Resta-me agradecer a todos os empresários, ganadeiros, imprensa e aficionados que acreditaram em mim; em especial à família Ribeiro Telles, à empresa do Campo Pequeno e às Escolas de Toureio de Azambuja e Lisboa, onde muito aprendi.
Entretanto vou ter de aprender a viver sem tourear, para recuperar das lesões e aprender a gerir o tempo, que o meu corpo necessita para a recuperação.
Um Sincero Obrigado
Rui Jardim