Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

MALVEIRA VOLTOU A TER UMA CORRIDA DE TOIROS

14.08.22 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Praça de Toiros em Malveira – 14/08/22 – Corrida de Toiros

Director: Tiago Tavares – Veterinário: Jorge M. Silva – Lotação: +1/2

Cavaleiros: João Moura, David Gomes, Diogo Oliveira (praticante)

Forcados Amadores do Ribatejo, Moita e Caldas da Rainha

Ganadaria: Engº. Jorge Carvalho

IMG_4233.JPG

Foi agradável a tarde deste domingo na Malveira e que marcou o regresso das corridas de toiros depois do interregno de alguns anos. Razoável tarde em termos artísticos e com uma presença de público um pouco aquém do expectável mas ainda assim a preencher mais de metade da lotação da praça portátil instalada a poucos metros da antiga praça de toiros erigida por Florêncio Canas.

João Moura hoje e sempre um caso de afición e de genialidade. Duas lides em bom tom, melhor a segunda em que conseguiu alguns ferros com a marca “Moura”, mostrando que quem sabe não esquece e que deixa um bom sabor em alguns dos ferros desta tarde de amena temperatura.

David Gomes a jogar em casa, teve na sua segunda passagem pela arena alguns dos melhores momentos de toureio, com bons ferros curtos, boa brega e remates a preceito para terminar com um bom par à segunda tentativa pois da primeira só ficou meio. Uma actuação de muito boa nota com o público a ovacioná-lo com força.

Terceiro cavaleiro, o praticante Diogo Oliveira assinou duas lides distintas, com destaque para a que encerrou praça e onde andou mais centrado nas sortes, conseguindo bons momentos quer na brega quer na cravagem. Está em franca e positiva evolução.

Três Grupos de Forcados encarregaram-se das seis pegas da tarde e rodaram forcados menos utilizados. Os Amadores do Ribatejo consumaram à 3ª e à 1ª tentativas respectivamente, enquanto os Amadores da Moita o fizeram à 1ª em ambos os toiros e os de Caldas da Rainha em ambos os toiros à 3ª tentativa.

Os toiros da ganadaria do Engº. Jorge Carvalho, foram díspares de tipo e de comportamento, melhores os lidados em 4º e 5º lugares, sendo que a representante da ganadaria, Engª. Raquel Carvalho, deu volta após a lide do 5º da ordem.

Na direcção do espectáculo esteve Tiago Tavares, assessorado pelo veterinário Jorge Moreira da Silva.

Texto e foto: António Lúcio