Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

esta é a nossa casa.JPGFoi com esta mensagem que terminou o festival taurino de encerramento do Dia da Tauromaquia, ontem celebrado na Praça de Toiros do Campo Pequeno e que teve grandes momentos de toureio a coroar um dia de intensas e muito participadas iniciativas dentro e fora da praça. Uma enchente de público durante todo o dia e que fez com que esta mensagem, com mais de centena e meia de toureiros, ganadeiros e forcados na arena em apoteótica volta, ficasse gravada de forma clara e inequívoca para aqueles que querem coartar os nossos direitos, liberdades e garantias que a Constituição da República Portuguesa, a mais alta e importante Lei do País, nos concede e garante.

Mensagem impactante que reflecte o que o importante sector taurino e os muitos milhares de aficionados, que enchem as praças de tórios, que vão ás esperas e largadas de toiros, que participam nos encierros e capeias, nas touradas à corda, pensam e exigem: RESPEITO PELA NOSSA CULTURA E DIREITOS!

O Dia da Tauromaquia foi preenchido com inúmeras actividades dentro e fora da praça, com possibilidades diversas para os mais jovens como os insufláveis, o baptismo equestre, actviidades teatrais, possibilidade de experimentar os diversos instrumentos de toureio ou até as pegas. Música foi uma constante ao longo dia, com Toy a encerrar de forma brilhante este espaço onde houve ainda lugar para a apresentação do livro “Mário Coelho, um homem de corpo inteiro com o espaço completamente esgotado, conforme poderão ver nas fotos e pequenos excertos vídeo que preparámos para si e iremos disponibilizando durante os dias de hoje e de amanhã.

Textoe foto: António Lúcio