Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

IMG_7176.JPG

Praça de Toiros “Palha Blanco” – Vila Franca de Xira - 05/10/20 – Corrida de Toiros

Director: Ricardo Dias – Veterinário: Carlos Santos – Lotação: cheia

Cavaleiros: Manuel Telles Bastos, Marcos Bastinhas, Luís Rouxinol Jr

Forcados Amadores do Ribatejo, Chamusca e Beja

Ganadaria: Prieto de la Cal

ESPECTÁCULO MORNO NA PENÚLTIMA DA FEIRA DE OUTUBRO EM VILA FRANCA

Os anunciados toiros espanhóis de Prieto de la Cal não trouxeram valor acrescentado em termos de qualidade – bravura, codícia – ao espectáculo desta tarde em Vila Franca. Bem apresentados, cinco jaboneros e um preto malhado, não foram grandes colaboradores para o êxito dos toureiros, sendo mansos em diversos graus. Os toureiros também não pareceram muito inspirados e os três Grupos de Forcados em praça foram autores de seis boas pegas de caras e todas ao primeiro intento com boas intervenções dos ajudas. Algo fortemente positivo nesta tarde, a corrida demorou 2 horas!!!

Manuel Telles Bastos abriu praça com uma lide acertada a um toiro que se defendia para tábuas. Cumpriu na brega e na ferragem da ordem. No seu segundo, bem recebido com um comprido em sorte de gaiola bem rematada, a actuação foi de altos e baixos e o último ferro teve melhor qualidade.

Marcos Bastinhas teve por diante no seu lote o toiro que mais colaborou. Bem recebido à porta gaiola, a carregar e com o cavaleiro elvense a dobrar-se bem, fazia crer que teríamos mais matéria para uma grande actuação, o que não suecedeu. Um bom primeiro curto, com bom remate, um segundo igual mas os seguintes ficaram um pouco abaixo do esperado. No mansote quinto da tarde, as coisas não correram bem a Marcos pois se esteve francamente bem a receber e a aguentar a carga inicial do toiro, só no último curto esteve francamente bem. Houve demasiadas intervenções dos seus bandarilheiros e protestos de parte do público.

Luís Rouxinol Jr mostrou decisão ao tentar deixar o primeiro comprido em sorte de gaiola mas o toiro saiu da jurisdição muito cedo. Esteve bem na brega e deixou 2 compridos. Nos curtos teve dois de boa nota e por aí se ficou. No que encerrou praça e também não foi colaborador, deixou um bom segundo comprido. Nos curtos registe-se o muito bom quinto em que entrou nos terrenos do toiro e cravou bem.

Como referido, os três Grupos de Forcados – Ribatejo, Chamusca e Beja – concretizaram seis boas pegas de caras e todas ao primeiro intento com Pedro Espinheira, cabo dos Amadores do Ribatejo a abrir praça com uma boa intervenção. Também pelos do Ribatejo pegou e bem Rafael Costa. Pelos Amadores da Chamusca foram caras Miguel Santos e Bernardo Borges e pelos Amadores de Beja foram forcados de cara Manuel Vicente e Francisco Patanita.

Na direcção de corrida esteve Ricardo Dias (sem autoridade ao não impedir Marcos Bastinhas de agradecer no centro da arena depois de não ter colocado o respetivo lenço que o autorizaria..) assessorado pelo veterinário Carlos Santos.

Texto e foto: António Lúcio