Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA 30 ANOS (1987/2017)

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA 30 ANOS (1987/2017)

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

Após triunfo no Parlamento, os valores da democracia e tolerância voltam a derrotar proposta antitaurina do PAN

10.07.18 | barreiradesombra

Lisboa, 10 de julho de 2018 – A PróToiro – Federação Portuguesa de Tauromaquia assinala com satisfação o resultado da votação na Assembleia Municipal de Lisboa, que reprovou a recomendação de acabar com as touradas na capital do País, proposta apresentada pelo partido das Proibições, das políticas Anti e Não respeitadoras da diversidade social e cultural.

A recomendação foi chumbada esta terça-feira (dia 10) pelos partidos CDS, PSD, PS, PCP e PPM, num total de 45 votos contra e apenas 25 a favor.

Esta é a segunda vitória da Tauromaquia, em apenas cinco dias, sobre projetos proibicionistas que se suportam numa visão distorcida e alterada da verdade. A primeira foi obtida com os votos dos deputados dos partidos de Abril (PS, PCP, PSD e CDS-PP) que chumbaram o Projeto de Lei do PAN que pretendia acabar com a tourada em Portugal. Trata-se inclusive de um desrespeito à própria Constituição da República Portuguesa, uma vez que nenhum órgão do Estado, central ou local, pode proibir o acesso à cultura.

Com estes resultados, quer na Assembleia da República, quer na Assembleia Municipal de Lisboa, a PróToiro reitera o compromisso de defender e promover os valores da cultura e da liberdade, denunciando todas as ações que visem comprometer a legitimidade e respeito por este setor cultural e económico tão importante para o País.