Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

ANGF - A SOLIDARIEDADE TAMBÉM SE PEGA DE CARAS!

25.01.21 | António Lúcio / Barreira de Sombra

angf.png

Num 2020 marcado pela pandemia mundial Covid-19, vários Grupos de Forcados, mostraram uma vez mais a sua solidariedade com quem mais necessita.

Na génese do forcado, estão bem patentes vários valores tais como, Família, Amizade, Resiliência, Coragem, Integridade, Honra, Respeito, Responsabilidade, Solidariedade, Espírito de Entreajuda e de Entrega, Voluntarismo, Liberdade, entre outros. Estes valores são parte integrante de uma Jaqueta e que fazem parte do ADN de um Forcado.

Foi neste sentido que vários Grupos de Forcados, juntamente com os seus elementos, efetuaram em 2020 diversos atos de cariz solidário por todo o país, ajudando quem mais necessita, tanto ao nível das Misericórdias, como Hospitais, Proteção Civil, Bombeiros, Doações de Sangue, Associações de animais, entre outros.

Orgulha-se assim, a Associação Nacional de Grupos de Forcados, dos seus associados, demonstrarem, fora de praça uma vez mais a grandeza da palavra “Forcado Amador”.

Abaixo, deixamos alguns dos atos solidários de cada um dos Grupos:

 

  • Grupo de Forcados Amadores do Aposento do Barrete Verde de Alcochete:

Doação em abril de 2020, ao Sócio Caritativo de Alcochete - Bens alimentares como arroz, massas, cereais, enlatados, leites, águas.

  • Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira:

Recolha de alimentos para a Cáritas em que se entregaram mais de 400kg de alimentos para famílias necessitadas. Fez se também uma recolha de brinquedos e artigos de criança, que foram entregues na Cáritas e na associação ABEI.

  • Grupo de Forcados Amadores de Beja:

Adquiriram alimentos que foram distribuídos pelas instituições responsáveis pela ajuda aos mais necessitados, nomeadamente o Banco Alimentar Contra a Fome e à Cáritas Diocesana de Beja.

  • Grupo de Forcados Amadores de Coruche:

Venda de calendários do GFA Coruche cuja receita reverteu para o Centro de Reabilitação e Integração de Coruche – CRIC – 3 janeiro, 600€ angariados.

Recolha de alimentos para animais do Badoca Park – 3 de maio. Em 10 dias foi possível juntar 5670 kg. Quase 6 toneladas que ajudaram a alimentar os animais por várias semanas.

Dádiva de Sangue – 24 maio, 4ª Dádiva de Sangue. Os dadores puderam também, caso assim desejassem, inscrever-se como possíveis dadores de medula óssea.

Recolha de alimentos para animais do Monte Selvagem – 17 de maio - foi possível angariar quase 13 toneladas de alimentos.

  • Grupo de Forcados Amadores de Santarém:

Doação de máscaras à Santa Casa da Misericórdia de Santarém em conjunto com a Associação Nacional de Grupos de Forcados;

Contribuição para a Cáritas Interparoquial de Santarém, destinada a apoiar as famílias carenciadas da cidade.

  • Grupo de Forcados Amadores da Moita:

Doação de máscaras e bens alimentares aos Bombeiros Voluntários da Moita. Numa ação conjunta entre o Grupo Forcados Amadores da Moita e a Associação Nacional de Grupos de Forcados, foram doadas 250 máscaras ffp2 mais bens alimentares aos Bombeiros Voluntários da Moita. Brindaram também a sua população com animação musical, numa ação conjunta entre o Grupo e a Junta de Freguesia da Moita, a população da freguesia da Moita contou com 2 noites de animação musical pelas suas ruas, esta ação visa em dar um pouco de alegria a toda a população nestes tempos difíceis da pandemia do Covid-19.

  • Grupo de Forcados Amadores do Ramo Grande (Açores):

Ajudaram famílias carenciadas e em conjunto com a Câmara Municipal da Praia da Vitória fizeram-no pela necessidade que o grupo sentiu em estar perto da comunidade neste momento difícil e de trabalho diário árduo para pôr “pão na mesa”. Dia 15 de Agosto, data em que se realizou o Festival de Beneficência para as Igrejas da Freguesia da Agualva e Vila Das Lajes, O Grupo entregou a cada paróquia um montante de 2.900€, com o único objetivo de ajudar a comunidade em que o Ramo Grande está inserido.

  • Grupo de Forcados Amadores do Cartaxo:

Doação de máscaras, numa ação conjunta entre o Grupo e a Associação Nacional de Grupos de Forcados, foram doadas 250 máscaras ffp2 à Santa Casa da Misericórdia do Cartaxo, à Instituição Particular de Solidariedade Social de Vila Chã de Ourique e ao Centro de Dia e ATL de Valada.

No mês de maio foi entregue aos Bombeiros Municipais do Cartaxo, desinfetantes, águas e máscaras.

Em dezembro numa ação conjunta com o Grupo de Dadores de Sangue do Concelho do Cartaxo decorreu uma Dádiva de Sangue que resultou com muito sucesso.

  • Grupo de Forcados Amadores de São Manços:

Organizou duas recolhas de bens alimentares para as Associações da nossa terra. Em abril houve uma recolha de alimentos a favor do Centro de Dia "Os amigos de São Manços". Já no passado mês de dezembro, a recolha de alimentos foi feita a favor da Associação Centro Infantil de São Manços.

  • Grupo de Forcados Amadores de Lisboa:

Doação de máscaras ao hospital Egas Moniz, numa ação conjunta entre o Grupo e a Associação Nacional de Grupos de Forcados, foram doadas 250 máscaras ffp2.

  • Real Grupo de Forcados Amadores de Moura:

Recolha de bens alimentares para a população mais necessitada na época natalícia.

  • Grupo de Forcados Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense (Açores):

Entrega de cabazes com bens essenciais a várias famílias carenciadas, na expectativa de lhes trazer alguma ajuda e alegria nesta altura festiva.

  • Grupo de Forcados Amadores do Aposento da Chamusca:

Doação de bens alimentares e materiais às famílias mais necessitadas da freguesia da Chamusca e Pinheiro Grande.

  • Grupo de Forcados Amadores de Alcochete:

Disponibilizaram-se os forcados para ajudar em qualquer sector, seja ele pessoal ou comercial como “fazer entregas, serviços de compras, publicidade, ou qualquer outro tipo de situação.

Doação a Santa Casa da Misericórdia, mascaras, luvas, álcool gel e alimentos – abril

  • Grupo de Forcados Amadores do Aposento da Moita:

Doação conjunta de sangue para o IPO.

De dia 5 a 8 de dezembro vários elementos antigos e atuais participaram na corrida solidária para a Associação Nuno de Carvalho, a verba revertia para dar apoio a pessoas com pouca mobilidade.

  • Grupo de Forcados Amadores de Cascais:

Doação de máscaras ao Hospital de Beja, numa ação conjunta entre o Grupo e a Associação Nacional de Grupos de Forcados, foram doadas 250 máscaras ffp2.

  • Grupo de Forcados Amadores de Montemor-o-Novo:

Doação de máscaras à Caritas, numa ação conjunta entre o Grupo e a Associação Nacional de Grupos de Forcados, foram doadas 250 máscaras ffp2.

  • Grupo de Forcados Amadores de Monsaraz:

O Grupo abdicou do subsídio anual do Município de Reguengos de Monsaraz (500€), para apoiar através da proteção civil na compra de equipamentos de proteção individual.

  • Grupo de Forcados Amadores do Montijo:

Doação de bens alimentares como arroz, massas, azeite ente outras mercearias, à Associação Pão Solidário.

  • Grupo de Forcados Amadores de Évora:

1.750€ angariados em leilão solidário que reverteram para a Fundação de Veiros, onde a sua principal missão é acolher crianças desfavorecidas entre os 6 e os 18 anos que foram retiradas às suas famílias por se encontrarem em situação de risco ou perigo (maio).