Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

5. AS GANADARIAS QUE VI LIDAR EM 2010

21.11.10 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Sem toiros não há Festa Brava; não existem lides e faenas e pegas e momentos de emoção... O toiro, esse ser maravilhoso, tem de ser cada vez mais o eixo sobre o qual assentam todas as apreciações sobre as actuações dos toureiros e, quantas e quantas vezes, não lhe damos a devida importância. Alguns toiros e novilhos de muito boa nota no decurso de toda a temporada, outros de apresentação irrepreensível, uns bravos de verdade e outros mansos de solenidade a obrigarem toureiros e forcados a empregarem-se a fundo e de verdade para os levar de vencida.

 

Porque no toureio a pé se exige sempre muito mais ao toiro, os meus destaques vão para toiros e novilhos de Falé Filipe lidados em Lisboa, assim como para  curro dos Murteira Grave saído na praça da capital, havendo a registar muitos toiros de boa nota em quase todas as praças por onde o «Barreira de Sombra» andou durante este ano.

 

Face à forte competência com os espanhóis saiu vencedora, nitidamente, a cabana brava portuguesa.

 

A lista completa de ganadarias que vimos lidar em 2010 é a seguinte: