Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

FEIRA NACIONAL DO CAVALO LUSITANO - XXXVIII FEIRA NACIONAL DO CAVALO - XV FEIRA INTERNACIONAL DO CAVALO LUSITANO - Feira de São Martinho

03.11.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

 

Press release 1 Novembro

 

Aí está a Feira!

Arrancou na sexta-feira, 1 de Novembro, no coração do Ribatejo,mais uma edição da Feira de São Martinho, 38ª Feira Nacional do Cavalo e 15ª Feira Internacional do Cavalo Lusitano. As castanhas e o vinho, samarras e capotes, cavaleiros e amazonas estão de regresso ao Largo do Arneiro, em plena Capital do Cavalo, para mais uma semana de louvor à tradição.

 

Até dia 11 de Novembro, dia de São Martinho, decorre na Golegã mais um certame que promete atrair milhares de visitantes nacionais e estrangeiros para apreciarem os mais belos exemplares da raça lusitana.

 

Provas equestres, espectáculos, exposições e colóquios, entre outras actividades, fazem parte do programa. Uma das novidades deste ano é a realização do campeonato nacional de corridas de cavalos a galope e a trote - Grande Prémio Golegã 2013, que decorrerá no Hippos – Centro Nacional de Alto Rendimento de Desportos Equestres. 

 

O concurso de saltos de obstáculos marcou o início das provas equestres neste primeiro dia de feira. Já o Hippos recebeu a prova de ensino do concurso completo de atrelagem. No Equuspolis, foi inaugurada a exposição de pintura “Cavalos lusitanos um Sonho”, da autoria de Frédérique Lavergne. A pintora francesa interessou-se pelo cavalo lusitano há cerca de 15 anos e desde aí manteve o sonho de vir à feira da Golegã para conhecer mais intimamente este nobre animal, a sua morfologia, a sua expressividade e o seu carisma. Prova do seu talento, foi a escolha de uma pintura sua para ilustrar o cartaz da feira deste ano.

 

Já na Casa-Estúdio Carlos Relvas abriu a exposição de fotografia “Ribatejo, o outro lado da cor”, composta por trabalhos de fotógrafos amadores do Ribatejo. Trata-se de um grupo de 150 elementos, cada um com a sua linguagem própria para captar os temas da região. O presidente da Câmara, Rui Medinas, agradeceu ao grupo ter escolhido a Casa Relvas e a Golegã, ícones da fotografia e do Ribatejo, para a apresentação dos trabalhos. Esta mostra, a 20ª do grupo, é composta por 29 fotografias a preto e branco. Para visitar até final do ano. 

 

2 Novembro

O São Pedro tem colaborado com São Martinho e a temperatura amena deste sábado contribuiu para a vinda de muitas pessoas à Capital do Cavalo neste segundo dia de feira. Apesar de ainda estarmos no início do certame, é de crer que o número de visitantes aumente de dia para dia. O largo do Arneiro esteve muito bem composto, e ao longo deste sábado o público assistiu ao concurso de saltos de obstáculos. Já na Quinta da Labruja decorreu a maratona do concurso completo de atrelagem. De manhã bem cedo, 22 cavaleiros partiram para o concurso de resistência equestre. O cavaleiro eborense Filipe Fialho montando a égua Azeitona classificou-se em quarto lugar no CEI 1* 80 km, sagrando-se assim vencedor do Troféu Alltech International Endurance Cup 2013, conquistando uma entrada para os Alltech FEI World Equestrian Games 2014, a realizar na Normandia.

 

Além das provas equestres, decorreu no Equuspolis a apresentação do livro “S. Martinho - Golegã”, uma publicação de gravuras da autoria de Serrão de Faria sobre a feira da Golegã. “27 anos depois do primeiro livro onde a figura central era o cavalo, surge agora um sobre as pessoas e todo um mundo que vive em torno do cavalo”, explicou o autor. Para Rui Medinas, presidente da Câmara Municipal da Golegã, não poderia ter sido mais oportuno o lançamento do livro onde se podem encontrar várias figuras que quase já são ícones da feira de São Martinho.

 

Informa: FNC