Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

CAMPO PEQUENO HOMENAGEIA FIGURAS E INSTITUIÇÕES DO MEIO TAUROMÁQUICO PORTUGUÊS

30.04.12 | António Lúcio / Barreira de Sombra

No centésimo-vigésimo aniversário da Praça de Toiros do Campo Pequeno, que este ano se comemora, a Sociedade Campo Pequeno SA vai promover uma série de homenagens a instituições e figuras do toureio que, pelaa sua actividade, contribuiriam para o engrandecimento da primeira praça do país.

 

Na corrida de dia 3 de Maio já está confirmada a homenagem ao Grupo Tauromáquico Sector 1, instituição que está comemorar oitenta anos de actividade.

 

No dia 17, será homenageado o cavaleiro tauromáquico D. Francisco de Mascarenhas, legenda viva do toureio a cavalo, que há 75 anos (25 de Julho de 1937, com apenas 10 anos de idade) se apresentou, já de casaca, no Campo Pequeno.

 

Outras figuras alvo de homenagem ao longo da temporada serão Augusto Gomes, o primeiro português a estoquear novilhos em Espanha (Pamplona, 21 de Junho de 1942 e viria a tomar a alternativa em Constantina, a 1 de Agosto de 1947) e os matadores António dos Santos e Armando Soares, pela passagem, respectivamente do sexagésimo e do quinquagésimo aniversário das alternativas (Badajoz, 24 de Junho de 1952 e Sevilha, 30 de Setembro de 1962).

 

José Maldonado Cortes que também comemora este ano as Bodas de Ouro de alternativa (Campo Pequeno, 22 de Abril de 1962) e por esse motivo será igualmente distinguido pela empresa.

 

No que respeita a forcados, as figuras a homenagear serão, Simão Nunes Comenda (Grupo de Montemor), Nuno Megre (Grupo de Santarém) e, a título póstumo, o cabo fundador do Grupo de Lisboa, Nuno Salvação Barreto.

 

Quanto a bandarilheiros, a empresa do Campo Pequeno distinguirá António Badajoz, José Tinoca e Manuel Badajoz.

 

Também os ganaderos portugueses serão homenageados, sendo os respectivos nomes divulgados a seu tempo, ao passo que, no respeitante ao mundo empresarial, a homenagem recairá em Manuel Gonçalves, a título póstumo.

 

Ainda no campo das instituições, o Fundo de Assistência dos Toureios Portugueses e o seu fundador, o matador de toiros Diamantino Vizeu, serão também distinguidos pela empresa do Campo Pequeno, o mesmo sucedendo com o Real Clube Tauromachico Portuguez, que igualmente comemora 120 anos de actividade.

 

A nível internacional, a homenagem da empresa do Campo Pequeno vai para o rojoneador espanhol Álvaro Domecq, figura ímpar do toureio a cavalo mundial e muito querido pelos aficionados lisboetas.