Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

RUI FERNANDES CORTA UMA ORELHA EM SEVILHA E PERDE CAVALO “XELIM”

29.04.12 | António Lúcio / Barreira de Sombra

 

Azar para o cavaleiro da Caparica, Rui Fernandes, na sua única presença em Sevilha, na corrida matinal de rejoneio que teve lugar esta manhã e onde perdeu o seu cavalo ruço “Xelim”, vítima de uma cornada que lhe deixou os intestinos de fora, após uma escorregadela na cara do toiro. O piso estava muito escorregadio e Fernandes foi o único cavaleiro vítima de queda. Apesar do percalço, Rui Fernandes cortou uma orelha com petição de segunda.

Lidaram-se toiros de Fermin Bohórquez e completaram o cartel Fermin Bohórquez  (ovação), Diego Venura ( 2 orelhas), João Moura Jr (ovação), Noélia Mota (orelha), Francisco Palha (palmas).

 

À tarde teve lugar a tradicional miurada, rematada com um sobrero muito ordinário de Conde de la Maza, que volteou de má forroma por 3 vezes o matador José Luis Moreno. Rafael Rubio “rafaelillo” foi o triunfador da tarde ao cortar uma orelha ao interessante toiro lidado em quinto lugar, compleando cartel Serafin Marin.

 

Foto: Rui Fernandes no festival de D.Maria (A.Lúcio)