Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

POLÍTICA ANTITAURINA ESMAGADA NO PARLAMENTO

06.07.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Democracia e tolerância

esmagam política antitaurina

 

80,5% dos deputados dos partidos de Abril chumbaram Projeto de Lei proibicionista

que atacava a diversidade cultural e os direitos constitucionais

 

Lisboa, 6 de julho de 2018A PróToiro – Federação Portuguesa de Tauromaquia felicita a esmagadora maioria dos deputados dos partidos de Abril (80,5%) e congratula-se pela decisão de chumbarem um Projeto de Lei proibicionista, cujo objetivo era maniatar a liberdade de escolha de todo um País.

 

Os valores da democracia, da tolerância e defesa da liberdade imperaram sobre a visão antidemocrática do partido das Proibições, das políticas Anti e Não respeitadoras da diversidade social e cultural.

 

O debate realizado esta sexta-feira na Assembleia da República demonstra que a ‘casa da democracia’ continua a ser um espaço de liberdade, no qual se valoriza e promove a coesão nacional.

 

A aprovação do Projeto de Lei de proibição radical, sublinhou o deputado socialista Hugo Costa, “levaria a conflitos desnecessários e poria portugueses contra portugueses”. O mesmo deputado reforçou o argumento tantas vezes por nós defendido de que as touradas são reconhecidamente “parte da cultura popular portuguesa” e é “dever do Estado” proteger as manifestações culturais.

 

Na bancada social-democrata, a posição também foi de defesa da tauromaquia. O deputado Joel Sá reforçou as touradas como “um legado histórico, social e cultural” e usou a argumentação do próprio PAN para desmascarar a tese de que a tauromaquia já não interessa a ninguém. “Então porquê abolir o que está em declínio?”, questionou.

 

Telmo Correia, do CDS-PP, foi ainda mais longe e referiu que o PAN não tem o direito de querer impor a sua opinião a “populações inteiras”, questionando a legitimidade do PAN "para impor hábitos lisboetas” a todo o País. “No CDS há quem goste e quem não goste de touradas, mas ninguém quer proibi-las”, reforçou.

 

No PCP, as críticas à iniciativa do PAN fizeram-se ouvir pela voz da deputada Ângela Moreira: “Não admite outras culturas, identidades e tradições, só admite os seus padrões e quer impô-los. Trata-se de uma lei que lei que não respeitaria a diversidade cultural e a universalidade dos direitos”.

 

Com esta vitória esmagadora na Assembleia da República, a PróToiro compromete-se a dar continuidade ao seu trabalho de defesa e promoção dos valores da cultura e da liberdade, denunciando toda e qualquer ação que vise comprometer a legitimidade e respeito por este setor cultural e económico tão importante para o País.

 

Informação: Protoiro

COMUNICADO CAMPO PEQUENO

06.07.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A corrida de 5 de Julho, no Campo Pequeno, na qual a empresa tinha posto as mais altas expectativas, não correspondeu ao que era esperado.

 

Lamentamos que assim tivesse sido, ao não termos correspondido, nem às exigências dos Aficionados e Público em geral, nem às expectativas que, enquanto empresa, tínhamos assumido. Compreendemos a indignação suscitada, que é igual à nossa frustração.

 

A empresa está determinada em não permitir que se repitam as circunstâncias que possibilitaram a ocorrência desses factos.

 

A Empresa do Campo Pequeno

‘CARTÃO AFICIONADO’ JÁ ESTÁ DISPONÍVEL

06.07.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Adesão à fase de pré-lançamento começa esta quinta-feira
e vai prolongar-se até dia 19. Registo também possível em touradas.pt

Lisboa, 5 de julho de 2018 – A Prótoiro – Federação Portuguesa de Tauromaquia orgulha-se de anunciar que o ‘Cartão Aficionado’ entrou na sua fase de pré-lançamento. As primeiras adesões poderão ser feitas já esta quinta-feira, antes, durante e após a corrida que decorre no Campo Pequeno. Basta para isso dirigir-se a qualquer uma das várias promotoras distribuídas pela praça.

Para aderir a este cartão, que é gratuito e sem qualquer custo para o cliente, os aficionados poderão também fazer o seu pedido na Corrida Noturna em Coruche (7 de julho) e na Corrida do Colete Encarnado, em Vila Franca de Xira (8 de julho). Muito em breve será igualmente possível aderir ao ‘Cartão Aficionado’ no site oficial da marca Touradas (touradas.pt), bastando para isso preencher um pequeno formulário.

A fase de pré-lançamento decorre até dia 19 de julho, data a partir da qual o cartão poderá passar a ser utilizado por todos os aderentes.

O ‘Cartão Aficionado’ permite aos clientes de tauromaquia pouparem 10% na compra de bilhetes, para corridas em praças de todo o País, entre muitas outras vantagens, para aficionados e também para empresários do setor.

Está também garantida a oferta de 10 euros por cada 200 euros consumidos, além de um mais fácil acesso à bilheteira e à praça, através de vias prioritárias ou exclusivas. Há ainda a possibilidade de oferecer bilhetes em cartão, ter acesso a atividades exclusivas e usufruir de descontos nos vários parceiros do cartão. Um passo fulcral e de grande relevância na modernização do setor tauromáquico em Portugal, que serve também para estreitar, criar e dinamizar novas relações entre aficionados e empresas do setor.

Entre as praças e empresários que já aderiram ao projeto contam-se o Campo Pequeno, Vila Franca, Figueira da Foz, Cartaxo, Azambuja, Albufeira, Beja, Nazaré, Chamusca, Sobral de Monte Agraço, Estremoz, Reguengos de Monsaraz, Alcácer do Sal, Salvaterra de Magos, Caldas da Rainha, Moita, entre outros.

Para a implementação do ‘Cartão Aficionado’, a Prótoiro contou com a parceria da Loyty, empresa portuguesa especializada em sistemas de fidelização.

DEPUTADOS COM ARTIGOS EM DEFESA DAS TOURADAS

06.07.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Seguem-se  três artigos de deputados do PS, PSD e CDS em defesa das Touradas, que julgamos do seu interesse editorial e dois mais publicados recentemente em importantes media nacionais:

Nuno Serra, PSD (Santarém)

https://www.dn.pt/opiniao/opiniao-dn/convidados/interior/touradas-uma-questao-eleitoral-9531598.html

 

Pedro do Carmos, PS (Beja)
https://www.dn.pt/opiniao/opiniao-dn/convidados/interior/touradas-todas-as-diferencas-devem-ser-respeitadas-9547088.html

 

Patricia Fonseca CDS (Santarém)

https://www.dn.pt/opiniao/opiniao-dn/convidados/interior/touradas-cultura-de-liberdade-vs-cultura-autoritaria-9550807.html

 

Ex deputado CDS José Ribeiro e Castro, Observador

https://observador.pt/opiniao/a-disneylei/

 

António Paula Soares, Sábado

https://www.sabado.pt/opiniao/convidados/antonio-paula-soares/detalhe/a-liberdade-de-ser-ou-nao-ser-aficionado?ref=DET_Ultimas_gps

 

 

PROTOIRO

Federação Portuguesa de Tauromaquia