Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

LUGARES EM PROMOÇÃO DE 40% NO ABONO DO CAMPO PEQUENO

27.03.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Face-01 - Cópia.jpg

 Decorre até 4 de Abril a promoção de novos abonos do Campo Pequeno, com 40% de desconto para as filas J e K dos sectores 1 e 2, G e H dos sectores 3 e 7 e Barreiras, Contra-barreiras, filas C e D dos sectores 5 e 6. Para os restantes lugares da praça de toiros podem também ser adquiridos abonos com um desconto total de 20% sobre o preço de bilheteira, e 25% caso seja pronto pagamento (válido para Bancada, não acumulável com outras campanhas).

 

Os abonos podem ser liquidados em duas ou em quatro prestações: Em duas prestações sendo a primeira no acto da compra e a segunda durante o mês de Abril; em quatro prestações, com a primeira no acto da compra, a segunda durante o mês de Abril e as duas restantes nos meses de Maio e Junho.

 

O abono para jovens até aos 25 anos de idade tem um desconto de 50% sobre o valor da temporada e pode ser adquirido para as Galeria de 2ª Ordem, filas B a E (75 euros), Galeria de 1ª Ordem, filas B a E (125 euros) e na Bancada, sectores 4, 5 e 6, Fila P (150 euros).

 

Realizar-se-ão espectáculos tauromáquicos nos dias 5 e 28 de Abril (sábado, novilhada de promoção), 17 de Maio, 7 e 21 de Junho (esta última fora de abono), 5 e 19 de Julho, 2, 9 e 23 ou 24 de Agosto, 6 e 20 de Setembro e 11 de Outubro.

 

Os abonados beneficiam ainda de lugar de estacionamento (excepto o Abono Jovem), visitas grátis ao Museu e à Arena, oferta do valor da Novilhada e descontos nos Parceiros da Temporada.

 

TOIROS E NOVILHOS DE FALÉ FILIPE

27.03.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

 

 

 

 

TOUREIO DE LUXO NA TENTA DE FALÉ FILIPE NO COLISEU DO REDONDO

27.03.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Foi de sonho e de nos deixar a todos com água na boca o toureio de David Mora frente à excelente novilha de Falé Filipe que abriu o tentadeiro realizado na arena do Coliseu do Redondo devido às condições climatéricas adversas da madrugada e mnanhã do passado domingo que deixaram o ruedo da praça de tentas da Herdade das Covas impraticável.

 

David Mora mostrou uma qualidade excelsa no seu toureio de enorme profundidade e variedade, com um temple prodigioso e levando a novilha a investir por toda a arena, comos e um verdadeiro bailado se tratasse. Nada foi brusco, tudo suavidade e carícia nesse toureio de enlevo que a todos nos deleita e faz soar os olés que ali, e tratando-se de uma tenta, ficaram presos nas gargantas. Inesquecível!!

 

E a segunda novilha, que teve classe, foi ele que a inventou. Uma lide soberba de cabo a rabo onde o seu bom gosto toureiro e a sua arte foram nota dominante.

 

Manuel Dias Gomes não saiu do tom e esteve a bom nível em ambas as novilhas que lhe tocaram lidar. A primeira, encastada e com algum génio, exigia muita colocação, muita atenção aos toques, levá-la bem embarcada e deixá-la larga e com a muleta sempre na cara. E Dias Gomes foi vencendo as dificuldades e impondo-se com muletazos de bom nível. Na segunda novilha, bons momentos de toureio, alguns passes pintureros e uma faena bem construída com classe e temple, a fazerem antever uma boa temporada assim lhe surjam corridas.

 

O novilheiro João Silva “Juanito” mostrou a sua garra de novilheiro ante duas novilhas que tiveram boas condições e com as quais andou a gosto, variado nos muletazos, por vezes com profundidade e a mostrar que há ali qualidade para ser trabalhada com vista a importantes compromissos como o próximo 6 de Maio em que toureará em Madrid.

 

A picar as novilhas esteve o veterano e excelente picador Dionísio Barroso.

DAVID MORA

MANUEL DIAS GOMES

JOÃO SILVA "JUANITO"

 

 

FESTIVAL DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO FOI APRESENTADO ESTE DOMINGO NA GANADARIA FALÉ FILIPE

26.03.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

O festival taurino que habitualmente se realiza a 25 de Abril em Sobral de Monte Agraço, numa organização de José Luis Gomes em parceria com a Tertúlia Tauromáquica Sobralense, foi apresentado com uma tenta da ganadaria Falé Filipe no Coliseu do Redondo, por causa da instabilidade climatérica, seguida de almoço e visita à ganadaria.

Não perca amanhã as fotos do magnífico tentadero e da visita à ganadaria.

IMG_3013.JPG

IMG_3402.JPG

IMG_3404.JPG

 

TAUROLEVE AVANÇA PROGRAMAÇÃO DA TEMPORADA: ALTERNATIVA DE DAVID GOMES O PRIMEIRO GRANDE EVENTO

26.03.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Recorrendo a uma estrutura humana idêntica à iniciada há 10 anos atrás, sentimos hoje uma enorme alegria em regressar à gestão da Praça de Toiros Palha Blanco. O tempo concedeu-nos uma experiência e maturidade que nos permite dar continuidade a um sonho que nos levou até aqui, mas acreditando estar mais competentes e com totais capacidades para conseguir tornar a nossa terra e a nossa/vossa centenária Palha Blanco uma referência única no que respeita a uma manifestação cultural que nos acompanha desde sempre.

 

Hoje conseguimos criar uma marca que queremos que nos acompanhe e que seja sinónimo de profissionalismo, o que aumentará, certamente, o nível de qualidade que o Espetáculo Tauromáquico necessita. Os Aficionados e público em geral procuram algo que lhes seja atrativo e dinamizador, numa sociedade cheia de desafios, num mundo que nos coloca à prova e, especialmente, num universo que precisa de rejuvenescer e consolidar os alicerces do futuro.

 

Pretendemos que 2018 seja associada a uma política de abonos que acrescenta uma mais-valia para todos, com descontos na aquisição dos bilhetes para 5 corridas de toiros e uma novilhada; e a facilidade de pagamento ao ser adquirido até final de Abril. A liquidação do Abono poderá ser efetuada por 3 vezes: 30 de Abril, 30 de Junho e 31 de Agosto. O mesmo estará à venda a partir do próximo dia 2 de Abril.

 

Conscientes da importância do futuro, da temporada na Praça de Toiros Palha Blanco farão parte quatro espetáculos de apoio à juventude, três dos quais em colaboração com a Escola de Toureio José Falcão. As datas serão as seguintes: 5 de Maio, 30 de Junho, 7 de Julho e 5 de Outubro (incluída no Abono). Nestes espetáculos, além dos alunos da Escola de Toureio José Falcão, integram igualmente alunos das Escolas da Moita, da Academia do Campo Pequeno, Madrid, Valência, Salamanca, Málaga, Albacete, Badajoz, bem como o triunfador do Certame da Asociación Andaluza de Escuelas de Toreo.  

 

Dentro da nossa programação está ainda um Espetáculo de Recortadores, que terá lugar no dia 29 de Junho, inserido na Semana da Cultura Tauromáquica.

 

Em relação às Corridas de Toiros, espetáculos maiores da nossa/vossa Palha Blanco, os cartéis serão anunciados durante esta semana e de forma diária, como Acontecimentos que possam criar expectativa junto do Aficionado e do público em geral.

 

Primeiro Acontecimento - Alternativa do Cavaleiro David Gomes

Vila Franca de Xira, Dia 6 de Maio de 2018.jpg 

Dia 6 de Maio. Corrida das Tertúlias. Em Vila Franca de Xira existem mais de 40 Tertúlias ativas, que merecem este tributo pelo valor singular e de conservação da história da cultura taurina e como identidade do povo vila-franquense. Homenagem à Ganadaria Vale Sorraia pelo 70º Aniversário de Antiguidade e, acima de tudo, pela perseverança na defesa de um encaste que tem de estar presente nas grandes Praças e com os grandes artistas. 

 

Nessa tarde o cartel será constituído por António Ribeiro Telles, Luís Rouxinol e David Gomes, que toma a alternativa.

 

Desejamos que o cavaleiro David Gomes alcance o profissionalismo com grande sucesso e, essencialmente, se torne uma referência entre os demais.

 

Pegam os “Sorraias” os Forcados Amadores de Vila Franca de Xira e de Coruche capitaneados, respetivamente, por Ricardo Castelo e José Macedo Tomas.

 

O cartaz que hoje apresentamos é da autoria do jovem açoriano André Pimentel, a quem deixamos uma palavra de boas-vindas à nossa equipa de comunicação.

 

Contamos com a Vossa presença para juntos conseguirmos uma Palha Blanco, e uma Festa de Toiros, cada vez mais fortalecida, com grandes momentos que recuperem ou criem Aficionados de futuro.

 

Amanhã, apresentaremos o Segundo Acontecimento - Homenagem à Ganadaria Palha - Colete Encarnado.

SANTARÉM - FRANCISCO PALHA O MAIS DESTACADO NA FRIA TARDE SCALABITANA

24.03.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Praça de Toiros de Santarém – Monumental “Celestino Graça” – 24/03/18 – Festival

Director: Lourenço Lúzio – Veterinário: José Luís Cruz – Lotação: 2000

Cavaleiros: António Telles, Luís Rouxinol,  Sónia Matias, Filipe Gonçalves, Manuel Telles Bastos, Francisco Palha

Forcados: Santarém e Alcochete

Ganadaria: Manuel Cary

IMG_2756.JPGFRANCISCO PALHA O MAIS DESTACADO NA FRIA TARDE SCALABITANA

 

A tarde continuou fria e a chuva marcou presença nas cortesias e uns chuviscos de vez em quando… fizeram-nos lembrar que a Primavera ainda anda longe. Mais público, maior participação e um curro de toiros muito bem apresentado da alentejana ganadaria de Manuel Cary mas aos quais faltou bravura e entrega.

 

António Telles mostrou a sua maestria frente a um manso que cedo se mostrou enquerençado em tábuas obrigando a esforços redobrados na brega mas a obrigar o cavaleiro da Torrinha a deixar os ferros a sesgo com mérito.

 

Luís Rouxinol é um lidador nato e demonstrou-o frente ao segundo da ordem que foi mansote mas sem complicar demasiado. Bons compridos e bons curtos numa lide que teve interesse de princípio a fim.

 

Em terceiro lugar actuou Sónia Matias que sentiu dificuldades para deixar a ferragem da ordem frente ao manso e distraído terceiro toiro. Esteve irregular na cravagem mas com a sua habitual garra para tentar resolver os problemas.

 

Filipe Gonçalves teve uma lide irregular com alguns bons ferros como o segundo curto e o par de bandarilhas a duas mãos, numa lide que foi a mais.

 

Manuel Telles Bastos foi fiel o seu estilo e conceito de toureio frente a um toiro que não deu facilidades mas ao qual deixou dois bons ferros.

 

Para encerrar praça esteve Francisco Palha e com ele os momentos mais emotivos da fria tarde. Um excelente primeiro comprido em sorte de gaiola e o último curto a atacar bem o toiro e a aguentar quando este saiu de tábuas para cravar em todo o alto. Um grande final.

 

Os Forcados Amadores de Santarém e de Alcochete consumaram bem as seis pegas de caras- Por Santarém, Francisco Graciosa e Fernando Montóia estiveram francamente bem e consumaram ambas as pegas ao primeiro intento enquanto que Salvador Ribeiro de Almeida só à terceira se fechou. Por Alcochete, todos bem e ao primeiro intento, com caras a cargo de António José Cardoso, Gonçalo Catalão e Manuel Pinto.

 

O espectáculo foi dirigido por Lourenço Lúzio assessorado pelo veterinário José Luís Cruz.

 

Crónica e foto: António Lúcio

SANTARÉM: FRIO, ALGUNS CHUVISCOS, POUCO PÚBLICO, E UM BOM NOVILHO DE PINTO BARREIROS

24.03.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Praça de Toiros de Santarém – Monumental “Celestino Graça” – 24/03/18 – Festival Matinal

Director: Lourenço Lúzio – Veterinário: José Luís Cruz – Lotação:

Cavaleiros: Gonçalo Fernandes, Salgueiro da Costa, Parreirita Cigano, Luís Rouxinol Jr, David Gomes, Ricardo Cravidão

Forcados: Ribatejo, Montijo, Azambuja, Moura, Aposento da Moita, Coimbra

Ganadarias: Silva Herculano, Pinto Barreiros, Santos Silva, Fernandes de Castro, Passanha, José Luís Cochicho

IMG_2524.JPGFRIO, ALGUNS CHUVISCOS, POUCO PÚBLICO, E UM BOM NOVILHO DE PINTO BARREIROS

 

Tendo por intenção a recolha de fundos para ajudar as vítimas dos incêndios do ano passado em Pedrógão Grande, a empresa Aplaudir organizou 2 festivais taurinos em Santarém, adiados da semana passada para o dia de hoje devido às condições climatéricas. A verdade é que a  meteorologia também voltou a não ajudar e a entrada de público ressentiu-se e de que forma.

 

Assim, pouco público, frio, algum vento e chuviscos foram a nota dominante do festival matinal. Gonçalo Fernandes abriu praça com um novilho de Santos Silva de bonito tipo mas mansote a descair para tábuas. O cavaleiro de Seia andou esforçado e encontrou soluções para deixar a ferragem na sua maioria  a sesgo numa actuação positiva.

 

Salgueiro da Costa lidou o  bom novilho de Pinto Barreiros numa lide de menos a mais, com dois bons curtos em sortes frontais bem marcadas e rematadas como mandam as regras.

 

Em terceiro lugar actuou Parreirita Cigano frente a um novilho de Santos Silva que cumpriu. Uma lide cumpridora, com alguns detalhes da sua garra e um bom comprido e outro curto de boa nota.

 

Luís Rouxinol Jr lidou um novilho de Fernandes de Castro, inapresentável num festival numa praça de primeira categoria com um corno virado para o meio da testa e a tapar-lhe a visão do lado direito. Rouxinol Jr deixou dois bons compridos e cumpriu a papeleta na ferragem curta.

 

Em quinto lugar, David Gomes com um bom exemplar de Passanha desenvolveu uma lide irregular com muitas passagens em falso  que retiraram unidade e coesão ao que fez de bom em dois ferros curtos.

 

Para encerrar o festival matinal actuou Ricardo Cravidão. Uma lide irregular frente a um novilho de Cochicho que cumpriu e onde o seu melhor ferro foi o terceiro comprido.

 

Seis Grupos de Forcados pegaram os seis novilhos. Os amadores do Ribatejo pegaram o primeiro da ordem por intermédio de Ricardo Jorge à 1ª; pelos Amadores do Montijo esteve na cara e consumou bem à 1ª José Pedro Suissas, e pelos de Azambuja e também à 1ª foi a cara David Mouchão. A abrir a segunda parte, pelos Amadores de Moura Rui Ameixa consumou à 1ª depois de não terem conseguido fazê-lo de cernelha. Pelo Aposento da Moita e à 3ª tentativa consumou José Gomes enquanto que pelos Amadores de Coimbra Pedro d’Àgueda consumou à 1ª a emenda a Pedo Casalta que se lesionou na única tentativa que efectuou.

 

No intervalo o Presidente da Câmara Municipal de Pedrógão Grande Valdemar Alves entregou lembranças aos actuantes neste festival dirigido por Lourenço Lúzio e pelo veterinário José Luís Cruz.

 

Crónica e foto: António Lúcio