Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

PRÓTOIRO E ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE TOUREIROS LAMENTAM PERDA DE TRÊS FIGURAS DA TAUROMAQUIA

05.03.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A Prótoiro – Federação Portuguesa de Tauromaquia e a Associação Nacional de Toureiros lamentam profundamente a morte de três figuras emblemáticas associadas à tauromaquia, o forcado vilafranquense Vitor Pereira "Mané", o cineasta Francisco Rocha e  Manuel Pereira Cipriano (Badajoz), histórico bandarilheiro e uma das últimas referências da época de ouro dos toureiros de prata nacionais.

 

Manuel Badajoz tinha 86 anos, era natural de Coruche, e integrou a célebre Quadrilha Maravilha de Manuel dos Santos com José Tinoca e o também já falecido Manuel Barreto. Tomou a alternativa de bandarilheiro a 15 de setembro de 1953 na praça de toiros da Moita, concedida por Pedro Gorjão, após ter prestado provas para bandarilheiro no Cartaxo a 1 de Novembro de 1952.

 

Ontem realizou-se o funeral de uma inesquecível figura do Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira, Vítor Pereira.  Tinha 57 anos e era pai dos actuais forcados vilafranquenses José Francisco e Vasco Pereira.

 

Outra figura da tauromaquia que partiu foi o cineasta Francisco Rocha, que registou nas últimas décadas os momentos mais marcantes da corridas nacionais. Editou inúmeros documentários, como "Mestre Batista", "O Toiro" e "A Mítica Catedral" e foi autor de dezasseis séries editadas, tendo vencido o Festival Mundial de Cinema Amador de Montpellier, em França, com o filme "Campo em Festa". Célebre é também o seu documentário da famosa corrida de toiros de morte em Vila Franca de Xira, em 7 de maio de 1977.

 

Às famílias e amigos destes  vultos da tauromaquia nacional, a Prótoiro e a Associação Nacional de Toureiros apresentam as mais sentidas condolências.

25 A 29 DE ABRIL: XVIII ROMARIA A CAVALO MOITA - VIANA DO ALENTEJO

05.03.18 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Apresentação da Romaria a Cavalo na BTL.jpgA XVIII Romaria a Cavalo Moita - Viana do Alentejo, que este ano decorre entre 25 e 29 de abril, foi apresentada à comunicação social e ao público em geral, a 3 de março, na BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa, no espaço da Entidade Regional de Lisboa e Vale do Tejo e no espaço da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

 

Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal da Moita, Rui Garcia lançou o desafio para que todos façam “a ligação entre o Tejo e o coração do Alentejo”, passando “pelos caminhos e pela essência do que é este território entre o Tejo e o Alentejo”. O presidente, Rui Garcia, afirmou que “a organização pretende que, ano após ano, este evento cresça e que os mais de 600 cavaleiros e cavalos que no ano passado chegaram a Viana do Alentejo, sejam superados, assim como os que vão partir da Moita, no dia 25 de abril”. “Fica o convite a todos, para que não percam esta experiência, não há outra igual em Portugal”, concluiu.

 

A iniciativa contou ainda com a presença de outros representantes da Comissão Organizadora da Romaria a Cavalo Moita - Viana do Alentejo: a Câmara Municipal de Viana do Alentejo, a Associação dos Romeiros da Tradição Moitense, a Associação Equestre de Viana do Alentejo e o pároco Manuel Manso, de Viana do Alentejo.

 

A partida da romaria está marcada para dia 25 de abril, pelas 9:00h, na Moita. Os romeiros partem do Pavilhão Municipal de Exposições, na Moita, rumo à Igreja Paroquial da Moita e, após a bênção da imagem de Nossa Senhora da Boa Viagem, seguem para Viana do Alentejo. Pelo caminho, os romeiros vão pernoitar nas localidades de Poceirão, Casebres, Alcáçovas e junto ao Santuário de Nª Srª. de Aires. A chegada a Viana do Alentejo, um dos pontos altos da romaria, acontece por volta das 17:30h, no dia 28 de abril.

 

A Romaria a Cavalo é um dos maiores eventos equestres nacionais que voltou a realizar-se em 2001, depois de um interregno de mais de 70 anos, recuperando no tempo a tradição dos lavradores da Moita, que se deslocavam com os seus animais ao Santuário de Nossa Senhora D’Aires, para pedir proteção e boas colheitas.

 

As inscrições para participar na Romaria a Cavalo podem ser efetuadas através da Divisão de Desenvolvimento Económico da Câmara Municipal da Moita (Largo Dr. Joaquim Marques Elias, na Moita; telefone 210 816 910).