Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

logo_radiocampanario.JPG

Como já vem sendo uma tradição a Rádio Campanário volta neste ano de 2018 a realizar o seu festival taurino.

 

Esta estação emissora, que ao longo dos mais de 32 anos de história tem apoiado e promovido a Tauromaquia, irá assim promover um espetáculo que já faz parte do calendário taurino português dada a sua singularidade e qualidade.

 

Deste modo, o 9º Festival Taurino da Rádio Campanário terá lugar no dia 10 de março, com um cartel de prestígio e que marcará a temporada.

 

O cavaleiro João Ribeiro Telles envia o seguinte comunicado: “Antes de mais, desejo-vos um Bom Ano e o maior sucesso na continuação do vosso desempenho que tanto dignifica a Festa Brava e a Tauromaquia em particular.

 

Na continuação de uma grande aposta em comunicar diferente e inovador, convido-vos a ver o resumo estatístico de algumas curiosidades ao longo de 2017.

Como se vão aperceber, não é manual pormenorizado, mas sim um produto (que eu saiba) completamente inovador no nosso meio em "mostrar dados".

 

https://www.youtube.com/watch?v=7YWPrFP6uw8

 

2018 vai ser marcado pelos 10 anos de alternativa e espero que algumas novidades surjam antes do inicio da época.”

 

IMG_8963.JPGCom publicação num jornal regional e noutro de circulação nacional, a Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira lançou o concurso para a exploração do tauródromo para os anos de 2018 e 2019 com possibilidade de um terceiro ano de contrato.

 

O caderno de encargos poderá ser adquirido na Secretaria da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira, terminando o prazo para entrega de propostas no próximo dia 19 pelas16h, sendo as mesmas abertas meia hora mais tarde.

C.Pequeno-Triunfadores 2017-Momentos.jpg

No Campo Pequeno TV já está disponível um programa onde se destacam os grandes momentos da temporada 2017 em Lisboa e não só.

 

Exclusivamente com música e imagens, o programa mostra como foi a época do 125º aniversário, recordando não só aspectos relativos ao toureio e pegas, mas também evocações, homenagens e muitas figuras que protagonizaram programas do Campo Pequeno TV no ano passado.

 

Campo Pequeno TV, disponível agora na posição 164 do MEO, no videoclube da NOS e no VIMEO.

 

Assista ao trailer em: https://youtu.be/dvaRNu0HefM

02 Jan, 2018

É PRECISO MUDAR...

IMG_0477.JPGNão basta renovar votos a cada 1 de Janeiro. É imperativo mudar. E para melhor, para que a Festa brava possa prosseguir enquanto Arte e Cultura muito para além da corrida de toiros que será, naturalmente, a sua expressão máxima.

 

A mudança das mentalidades é aquela que mais difícil é de fazer. Mudam-se regimes, mudam-se formas de governo, mudam-se as políticas mas as mentalidades são muito mais difíceis de mudar. E é por aqui que temos de começar e de lutar afincadamente.

 

A começar em todos quantos emitem opinião, ou fazem crítica, nos seus sites e blogues. Deixem que o Facebook seja apenas um veículo para potenciar as notícias, as crónicas, as fotos. Os comentários de baixo nível devem sem banidos deste veículo que chega a todo o lado e onde todas estas situações de coscuvilhice, de mal dizer, de trocas de comentários menos educados, só servem para denegrir a Festa brava e todos quantos nela têm um papel  positivo na sua promoção e divulgação. Porque se julga muitas vezes a floresta pela árvore.

 

É preciso separar o trigo do joio e, uma vez mais, ter muito cuidado com o que escreve e como se escreve. E também, com algumas fotos…

 

Uns têm sites com notícias, artigos de opinião, críticas e fotos. Outros só fotos. Todos têm, na minha modesta opinião, o seu lugar. Têm é de saber conquistá-lo e mantê-lo com um trabalho de qualidade.

 

Estão aí os primeiros cartéis do ano. Sabem-se já algumas datas e que o Campo Pequeno abrirá portas no início de Abril. Não se sabe quem irá gerir os destinos da Palha Blanco ou se Setúbal estará em condições de voltar a abrir portas paras as habituais festas  de Verão. Fala-se de muitas aproximações, de mudanças de apoderados que já tiveram lugar.

 

Mas, depois, dentro da praça e com o toiro-toiro é que se verá quem tem unhas… De dentes e garras afiadas andam uns quantos que nem no inverno as conseguem limar. Traços de personalidade e de caráter!...

 

Tenham um BOM ANO DE 2018.

Aí estão os tão aguardados cartéis da III Feira Taurina de Mourão:

É com satisfação que apresentamos mais uma feira taurina de N. Sr.ª das Candeias.
No dia 1/2/...18 teremos os novilhos de Manuel Calejo Pires, uma ganadaria nova mas com muita qualidade. Actuam 2 cavaleiros: o Francisco Palha que não deixa de ser um jovem veterano e que na passada temporada rubricou actuações extraordinárias que o podem levar ao topo do escalafón já em 2018 e o jovem David Gomes que vem apontando excelentes qualidades e que tomará a alternativa este ano de 2018. A pé, toureia o Juan Leal, um matador de toiros francês já com tarimba e uma enorme vontade de triunfar em todas as praças. O João D'Alva, um dos novilheiros mais destacados da temporada passada, o Manuel Perera, recente triunfador da oportunidade aos jovens na praça de Vistalegre em Madrid e, por último, o jovem Luis Silva que surpreende pelo seu virtuosismo.
Pega o Grupo de Forcados Amadores de Santarém que não precisa de apresentação e moldura magnificamente o cartel.

No dia 4 temos um elenco excelente, em que a essência do cartel se traduz em 3 matadores veteranos com imensa toreria e um selo de arte (Cuqui de Utrera - Curro Díaz - El Cid) e 3 jovens matadores a romper com toda a qualidade que se lhes reconhece (José Garrido - Manuel Dias Gomes - Joaquín Galdós). Os novilhos serão de Murteira Grave.
Os estilos dos 6 toureiros são bastante diferentes, facto que considero essencial para termos um Festival bem variado e de qualidade.

Com desejo de Bom Ano para todos, espero vê-los em Mourão.

Joaquim Grave

mourão.jpg

 

Pág. 4/4