Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

O TOUREIO A PÉ E AS EMPRESAS EM 2016

03.12.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

padilla.jpeg

O “Barreira de Sombra” acompanhou, em 2016, um total de 13 espectáculos em que houve toureio a pé, fosse em espectáculos mistos, novilhadas, festivais, ou corridas só com matadores.

 

E, tal como dissemos na nossa análise à temporada de 2016, o sucesso da temporada foi motivado pelo toureio a pé e, muito em especial, pelo que se passou na arena lisboeta do Campo Pequeno onde Padilla saíu, por duas vezes, em ombros.

 

Para que o êxito do toureio a pé acontecesse, muitos vectores se conjugaram e as empresas que apostaram nesta modalidade viram recompensados os seus esforços. Resta saber se a aposta é para manter em 2017, com qualidade e equilíbrio.

morante.jpeg

 

Quais foram as empresas a cujos espectáculos assistimos em 2016 e que deram toureio a pé?

  • Sociedade Campo Pequeno (5 espectáculos, 10 artistas, 21 reses lidadas)
  • Aplaudir Lda – Moita (2 espectáculos, 8 artistas, 10 reses lidadas)
  • Sociedade das Campinas – Sobral M. Agraço (2 espectáculos, 8 artistas, 8 reses lidadas)
  • Rafael Vilhais – Caldas da Rainha (1 espectáculo, 2 artistas, 2 reses lidadas)
  • Paulo Pessoa de Carvalho – Vila Franca de Xira ( 1 espectáculo, 1 artista, 2 reses lidadas)
  • Junta Freguesia Mourão/Joaquim Grave – Mourão (1 espectáculo, 5 artistas, 5 reses lidadas)
  • Romeiros de Vila Boim – Vila Boim (1 espectáculo, 4 artistas, 4 reses lidadas)

 

Foram 28 os artistas que vimos lidar 51 reses nestes 13 espectáculos, alinhados da seguinte forma na lista que elaboramos e onde se destacam as reses lidadas e depois o número de espectáculos por ordem decrescente:

ARTISTAS

ESPECTÁCULOS

RESES

Manuel Dias Gomes

4

5

Juan José Padilla

3

5

Finito de Córdoba

3

4

Paula Santos (N)

4

4

Morante de la Puebla

1

4

Juan del Álamo

2

3

Luis Silva (N)

2

2

António João Ferreira

1

2

El Fandi

1

2

Juanito(N)

1

2

António Medina (N)

1

1

Carlos Olsina (N)

1

1

César Jimenez

1

1

Conchi Rios

1

1

Daniel Feliu (N)

1

1

Diogo Peseiro (N)

1

1

Fernando Robleño

1

1

João D'Alva (N)

1

1

João Martins (N)

1

1

Juan Bautista

1

1

Juan Leal

1

1

Julio Benitez El Cordobes

1

1

Luis Reina

1

1

Pedro José Aguilar (N)

1

1

Rui Jardim (N)

1

1

Sérgio Gonçalves (N)

1

1

Sérgio Nunes (N)

1

1

Vitor Mendes

1

1

 

Manuel Dias Gomes actuou nas praças de toiros de Mourão (festival, 1 rês), Sobral de Monte Agraço (festival, 1 rês), Campo Pequeno (corrida de matadores, 2 reses), Vila Boim (festival, 1 rês), ao passo que os outros dois matadores de toiros que partilham consigo o pódium 2016, Padilla e Finito registaram as seguintes actuações: Juan José Padilla em Mourão (festival, 1 rês), Campo Pequeno (2 actuaçõe, – corrida mista e corrida de matadores-, 4 reses lidadas) e Finito de Córdoba actuou em Mourão (festival, 1 rês), Campo Pequeno (2 actuações – festival e corrida de matadores-, 3 reses). Segue-se Morante de la Puebla com 1 única actuação e 4 reses lidadas em Lisboa. E no quinto lugar da nossa lista temos a jovem novilheira moitense Paula Santos que vimos actuar em Caldas da Rainha, Lisboa, Moita e Vila Boim.

ant joao ferreira.JPGdias gomes.JPGEl Fandi.JPG 

Foi um conjunto interessante de toureiros que pisaram as arenas lusitanas onde estivemos presentes.

 

O Campo Pequeno, conforme já referido, deu um total de 5 espectáculos com toureio a pé e onde Padillha e Morante foram os que mais lidaram: 2 vezes e 4 toiros. Seguem-se Finito de Córdoba e Juan Del Álamo com 2 actuações e 3 torios lidados e Manuel Dias Gomes com 2 toiros lidados numa única actuação. E com 1 actuação e 1 rês lidada temos Vítor Mendes, Diogo Peseiro, João Martins, Sérgio Nunes e Paula Santos, estes últimos 4 novilheiros.

finito.JPGjoao dalva.JPGjuan del alamo.jpeg 

São exemplos como estes que importa realçar, tal como a presença de David Fandila El Fandi e Juanito na Moita, dos matadores César Jiménes, Juan Leal, Júlio Benitez El Cordobés e Manuel Dias Gomes em Sobral, ou a matadora Conchi Rios com a novilheira Paula Santos em Caldas da Rainha.

Juan Leal.jpegpadilha.JPGpaula santos.jpeg 

2016 teve bastantes momentos para recordar nestes espectáculos com toureio a pé. Que devemos esperar em 2017?