Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

A PROPÓSITO DE UMA ATITUDE MENOR DA CÂMARA DA PÓVOA DE VARZIM, A APLAUDIR EMITIU COMUNICADO

12.05.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A Câmara Municipal da Póvoa de Varzim e o seu Presidente Aires Pereira emitiram uma comunicação em que afirmam que a autarquia deixará de apoiar as corridas de toiros, com diversos considerandos que ooderão ser lidos na íntegra em http://www.cm-pvarzim.pt/noticias/povoa-de-varzim-deixa-de-apoiar-touradas-e-de-eutanasiar-animais.

A empresa Aplaudir, que tem explorado o referido tauródromo emitiu o seguinte comunicado a propósito destas afirmações:

"Exos Senhores

 

Em relação" à tempestade num copo de água" que estão a fazer sobre uma deliberação do Município de Povoa de Varzim a propósito da Praça de Toiros local, propriedade desse mesmo Município cumpre-me informar o seguinte:

 

1- O Município de Povoa de Varzim através da empresa municipal Varzim Lazer sempre cobrou a respectiva renda para que ali se pudessem efectuar Corridas de Toiros.

2- Havia excepções apenas para a Casa do Pessoal da RTP e para o Clube de Caçadores de Estela que organizavam as suas corridas em parceria com empresas creditadas na APET.

3- A decisão de que todos passem a pagar renda é discutível mas legitima e uma posição que se compreende.

4- Considero que estão a empolar uma situação que está dentro da normalidade e a Aplaudir continuará a divulgar , a promover e a defender a Tauromaquia na Povoa de Varzim.

 

Com os meus melhores cumprimentos

 

João Pedro Bolota"

 

 

PEDRO MARIA GOMES: “ORGULHO E RESPONSABILIDADE POR INTEGRAR O CARTEL DE 19 DE MAIO NO CAMPO PEQUENO”

12.05.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

190516 - Campo Pequeno.jpg

O Cabo do Grupo de Forcados Amadores de Lisboa, Pedro Maria Gomes, considera que a participação do grupo na corrida comemorativa dos dez anos da reinauguração do Campo Pequeno “é um motivo de orgulho e responsabilidade”.

“É uma grande responsabilidade pois Lisboa e a sua Praça de Toiros do Campo Pequeno são a nossa referência como grupo. Ao mesmo tempo, invade-nos um sentimento de justificado orgulho por nos vermos associados a uma efeméride tão significativa para a nossa afición”, refere o Cabo.

Pedro Maria Gomes salienta também a satisfação de ver reunidos no mesmo cartel, para além do Grupo de Forcados Amadores de Lisboa, os nomes de há 10 anos, ou seja, os cavaleiros João Moura, Antonio Telles e Rui Fernandes, o Grupo de Forcados Amadores de Santarém e os toiros da ganadaria Vinhas. “É bom sinal, é sinal de que continuamos vivos e a despertar o interesse dos aficionados”.

“Tradicionalmente pegamos a corrida de abertura da temporada do Campo Pequeno mas, este ano e atendendo à efeméride, pegaremos a segunda corrida do abono, que é também a segunda corrida da temporada para o nosso grupo e sabemos da larga expectativa que a corrida está a despertar nos aficionados. Quanto maior é a expectativa, mais sobe o nível de exigência que impomos a cada um de nós e ao grupo como um todo”, acrescenta Pedro Maria Gomes.

“Da formação que actuou na corrida de 2006 restam apenas 6 forcados. Dez anos é algum tempo, sem dúvida, tempo e algumas coisas mudarem. O grupo está em fase de renovação, temos novos e firmes valores que continuarão a tradição do grupo fundado por Nuno Salvação Barreto em 1944”, é a sua convicção.

Porém, destaca Pedro Maria Gomes: “Apesar da renovação natural, continuamos com os mesmos princípios e valores de há 10 ou 72 anos, estes sim, é que não se alteram, nos identificam e nos caracterizam”.

CONFRONTO DE ENCASTES NO REGRESSO DO TOUREIO A PÉ A CORUCHE

12.05.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Coruche 28 maio.jpg

No próximo dia 28 de Maio pelas 16:30, a Monumental praça de toiros de Coruche recebe a tradicional corrida de toiros integrada na Feira Ficor, que contará este ano com múltiplos fatores de interesse.

 

O regresso do toureio a pé a Coruche é um dos fatores marcantes desta corrida que será mista, e que contará com a competição quer no toureio a cavalo como no toureio a pé. Na arte de marialva confronta-se a alegria de Sónia Matias com o classicismo de Ana Batista, e no toureio a pé a quietude de António João Ferreira com o temple de Manuel Dias Gomes. Uma verdadeira corrida de competição! As pegas estarão a cargo dos forcados amadores de Coruche, capitaneados por Amorim Ribeiro Lopes, no ano de comemoração o 45º aniversário da sua fundação.

 

Para além da disputa entre artistas, a corrida terá no capítulo toiro outro fator marcante. Numa tarde de compromisso lidam-se 7 toiros de outras tantas ganadarias portuguesas, num magno confronto de encastes. Para a lide a cavalo sairão à praça toiros das emblemáticas ganadarias de Prudêncio, Vale Sorraia e Santa Maria, enquanto para o toureio a pé serão lidados toiros das divisas de Vinhas, Varela Crujo Herds, Falé Filipe e Passanha Sobral.

 

Um ano mais a Tauroleve aposta na diferenciação dos seus espetáculos, apostando também em encher a Monumental de Coruche com 1000 bilhetes a 5€ para menores de 18 anos, cerca de 1500 bilhetes a 10€ e mais de 2.500 bilhetes a 15€!!!

 

Um Espetáculo de Grandes Atrativos a entradas acessíveis para todos que já se encontram disponíveis nos locais habituais.

ESTREIAS NO INÍCIO DE MAIO NO CAMPO PEQUENO TV

12.05.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Ma´rio Vinhas - Um Senhor Ganadeiro.jpg

 O início de maio está recheado de grandes estreias no Campo Pequeno TV. Depois de ter estreado um fantástico documentário sobre o ganadero Mário Vinhas e a sua ganadaria, com o título "Mário Vinhas - Um Senhor Ganadeiro". Esta quinta-feira não perca a estreia de "Campo Pequeno - 10 Anos em Grande" um documentário dedicado ao balanço dos 10 anos do Campo Pequeno desde a sua reinauguração

 

Não perca ainda a corrida com Miguel Angel Perera em Lisboa (2010). No campo das recordações viajamos até 1998 na corrida com "Moura, Pablo e Fernandes" e até 1990 numa corrida de "Seis Cavaleiros em Competição" com figuras já retiradas como Emídio Pinto e João Telles. 

 

Subscreva já o Campo Pequeno TV na sua televisão no canal 165 do MEO e no Videoclube da NOS, com novos conteúdos todas as semanas. Saiba mais em www.campopequeno.com/campopequenotv  

 

 

Sinopses

Mário Vinhas - Um Senhor Ganadeiro

Documentário sobre a personalidade afável e fascinante de uma das figuras mais admiradas da tauromaquia - Mário Vinhas. Os toureiros que mais gostou, o tipo de toiro que o fascina, a paixão pelos Santa Coloma e o futuro da festa, são alguns dos temas deste programa que nos mostra a beleza do toiro Vinhas e imagens imperdíveis da Herdade do Zambujal. 

 

Miguel Angel Perera em Lisboa (2010)

Miguel Angel Perera em Lisboa (2010) .jpg

 

Campo Pequeno. Cavaleiros: Luís Rouxinol e Rui Fernandes; Forcados: Chamusca; Matadores: Luís Procuna e Miguel Angel Perera; Ganadaria: Ortigão Costa e Varela Crujo. 

 

Seis Cavaleiros em Competição (1990)

Campo Pequeno. Cavaleiros:E. Pinto, J. Telles, V. Taborda, R. Salvador, L. Rouxinol e P. Franco; Forcados: Santarém; Ganadaria: José M. Andrade. 

 

Campo Pequeno - 10 Anos em Grande

Quais os grandes momentos da década? Assinalando os 10 anos desde a reabertura do Campo Pequeno, oportunidade para recordar os espectáculos inaugurais, os registos estatísticos mais relevantes da década, os projectos criados pela empresa e os momentos que marcaram este período, na perspectiva de vários críticos tauromáquicos. Estreia 12 Maio

 

Moura, Pablo e Fernandes (1998)

Campo Pequeno. Cavaleiros:João Moura, Pablo H. Mendoza e Rui Fernandes; Forcados: Montemor e Santarém; Ganadaria: Passanha. Estreia 12 Maio