Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

SOBRE O DIA MUNDIAL DA RÁDIO

14.02.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Emcima_doacontec.jpg

Ontem não escrevi nada sobre o dia mundial da rádio. Vivi muitas emoções transmitidas em directo e partilhei muito com muitos amigos e companheiros durante largos anos. Falei disso quando recebi o prémio da Escola de Toureio Joaquim Gonçalves há uma semana em Santarém e o jornalista Marcelo Mendes recordou alguns desses momentos de partilha. Foi quiçá, a primeira e única grande cadeia regional de rádios na divulgação da festa brava.

 

Eduardo Leonardo, grande e saudoso mestre, Paulo Beja, António Salema, Pedro Pinto, Catarina Bexiga, Joaquim Mesquita... Europa FM, Rádio Ribatejo, Rádio Comercial de Almeirim , Rádio Voz de Alenquer, Rádio Voz do Sorraia, Popular... e, naturalmente Oásis FM, durante cerca de 20 anos terminados e com a rádio entregue a marroquinos...

 

A tal cadeia regional de rádios, com  colaboração de todos com todos na troca de crónicas e “directos”, com entrevistas a toureiros e empresários, marcou uma época, permitiu a criação de algumas importantes amizades mas significou sobretudo, um grande passo após a extinção do emblemático “Sol e Toiros” na RDP/Antena Um.

 

Com o passar dos anos as rádios locais foram sucumbindo ao peso dos custos e à falta de apoios, esmagadas pela concorrência de algumas nacionais no FM mas mais pela falta de visão  e de capacidade de compreensão do meio em que se englobavam, não criando programas que facilitassem a participação da população e aumentassem os patrocínios, mas acima de tudo por muitos que não entenderam que não podiam ter uma tsf ou uma rfm de bairro.

 

Em todas as rádios que citei acima, os programas de tauromaquia tinham peso e audiência. Ainda hoje algumas pessoas se lembram de alguns momentos que aconteceram nos programas, fosse pela qualidade ou por alguns deslizes que aconteceram. Na Oásis FM, por duas vezes fizemos directos da nossa praça de toiros com um êxito absoluto. E com a Catarina Bexiga colaborei numa transmissão da RVA (Burladero de Imprensa) a partir da praça de toiros de Arruda dos Vinhos.

 

Hoje, os programas de tauromaquia quase desapareceram do espectro radiofónico.

 

Mas como não me rendo, o programa “Barreira de Sombra” já entrou na sua 29ª temporada. Aqui em http://barreiradesombra.blogs.sapo.pt