Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA 30 ANOS (1987/2017)

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA 30 ANOS (1987/2017)

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

ANA BATISTA COM DUAS DISTINÇÕES

29.02.16 | barreiradesombra

DSC_0070.JPG

Na última semana, Ana Batista foi agraciada com dois prémios referentes à temporada passada. O Jornal O Mirante distinguiu a cavaleira como Personalidade do Ano na área da Tauromaquia, precisamente, na temporada em que comemorou 15 anos de Alternativa . O galardão foi entregue, na passada Quinta-feira, no Cine-Teatro de Almeirim, com a presenta de várias personalidades ligadas à vida cultural e política do país.

 

Por outro lado, a APSL (Associação Puro Sangue Lusitano) revelou o nome dos cavalos que considerou os Melhores Lusitanos de Toureio de 2015. Conquistador (nome de registo Trovador), com ferro João Maia, da quadra da cavaleira de Salvaterra de Magos foi reconhecido como um dos Melhores Debutantes.  Recorde-se que foi o cavalo com que Ana Batista obteve um triunfo memorável, na Corrida de Gala à Antiga Portuguesa, a 1 de Outubro, na Monumental do Campo Pequeno.

 

Foto: João Silva

 

RAFAEL VILHAIS EM SALVATERRA DE MAGOS

29.02.16 | barreiradesombra

O empresário Rafael VIlhais chegou  a acordo com a proprietária do tauródromo de Salvaterra de Magos para a exploração da Praça de Toiros.
 
A apresentação dos toiros será uma das traves mestras deste novo desafio. E para começar, a 8 de Maio, 6 toiros de Veiga Teixeira.

FINITO DE CÓRDOBA BORDOU O TOUREIO COM EXCELENTE NOVILHO DE PAULO CAETANO

27.02.16 | barreiradesombra

Praça de Toiros do Campo Pequeno – 27.02.16 – Festival Tauromáquico

Director: Manuel Gama – Veterinário: Carlos Santos – Lotação: ½ casa

Cavaleiros: António Ribeiro Telles, Manuel Ribeiro Telles Bastos, João Ribeiro Telles Jr

Forcados: Amadores de Santarém, Montemor, Vila Franca

Matadores: Vítor Mendes, Finito de Córdoba, Juan del Álamo, Diogo Peseiro (novilheiro)

Ganadarias: Murteira Grave (1º), Canas Vigoroux (2º), David R. Telles (3º), Calejo Pires (4º, 6º, 7º), Paulo Caetano (5º)

 

FINITO DE CÓRDOBA BORDOU O TOUREIO COM EXCELENTE NOVILHO DE PAULO CAETANO

 

O festival taurino que abriu na tarde de hoje a temporada de 2016 no Campo Pequeno, que comemora 10 anos sobre a data da sua reinauguração, teve em Finito de Córdoba o grande triunfador após uma excelente e artisticamente bela e profunda faena de muleta. Um entendimento perfeito das condições de lide do excelente novilho de Paulo Caetano.

 

De capote Finito esteve muito bem nas verónicas de cartel de toiros e depois de ter iniciado a faena de muleta com passes junto à trincheira rematados com um soberbo passe de trincheira, desenhou uma faena de muleta onde a profundidade, a suavidade, a classe e a estética foram notas dominantes, fazendo soar olés e aplausos fortes. Momentos por ambos os pitóns que ficarão para a memória e que as imagens recolhidas também ajudarão a perpetuar. Uma faena “cumbre” de Finito de Córdoba.

 

Vítor Mendes teve de enfrentar o pior dos sete, de Calejo Pires, manso  e sem qualidade, a revolver-se e querer fugir da muleta mas sempre disposto a tentar colher o toureiro. Bem no toureio de capote, o diestro de Marinhais sentiu dificuldades para se impor mas com uma técnica superior e perfeita colocação dos enganos, deixando a muleta sempre na cara para que o morlaco não se fosse embora, suou e tragou com enorme mérito e valentia para sacar os muletazos. O apoio do público aficionado foi enorme e de pé o ovacionou.

 

Juan del Álamo teve por diante outro novilho de Calejo Pires, chato como se diz na gíria, mas que graças à insistência e perseverança do matador, teve de se entregar na muleta. O diestro espanhol conseguiu muito meritoriamente ligar os muletazos, com séries pelos dois lados, tragando e mostrando que está em grande momento de forma. Prolongou em demasia a sua faena, quando tudo já estava mais que justificado e o público completamente do seu lado.

 

Diogo Peseiro lidou o sétimo da ordem, terceiro de Calejo Pires e que foi deles o que melhor serviu. Lanceou a fixar com o capote, cumpriu um tércio de bandarilhas sem destaques e com a muleta teve pormenores, conseguindo algumas tandas de derechazos e uma de naturais em que esteve por cima das qualidades do oponente.

 

Este festival teve início com a lide António Ribeiro Telles a um novilho de Grave de boas investidas, nobre e suave, e onde o cavaleiro da Torrinha rubricou uma actuação do agrado geral, com bons ferros curtos.

 

Manuel Ribeiro Telles Bastos lidou um novilho de Canas Vigoroux que foi de mais a menos. Uma actuação correcta rematada com dois bons ferros curtos.

 

João Ribeiro Telles Jr encerrou a parte equestre com uma boa lide ao cumpridor, nobre e suave novilho com ferro Ribeiro Telles. Uma lide com bons ferros curtos, fortemente aplaudidos pelo público.

 

No capítulo dos Forcados, os Amadores de Santarém abriram praça com o forcado David Inácio a conseguir consumar apenas à 4ª tentativa, seguindo-se os Amadores de Montemor por intermédio de Luís Valério a fechar-se facilmente à primeira tal como Vasco Pereira dos Amadores de Vila Franca que se fechou muito bem e á primeira.

 

Direcção a cargo da dupla Manuel Gama/Carlos Santos, assinalando-se também o regresso do cornetim José Henriques.

 

António Lúcio

ESCLARECIMENTO SOBRE A PROMOÇÃO DE 50% NO FESTIVAL TAURINO DE SÁBADO, NO CAMPO PEQUENO  

26.02.16 | barreiradesombra

A Organização do Festival Taurino a favor da Fundação LVida esclarece o seguinte:

 

  1. A campanha promocional tem por objectivo ajudar à realização dos objectivos anunciados pela Fundação LVida (Ajudar o combate à fome em Moçambique);
  2. Todas as pessoas que adquiriam bilhetes até às 23 horas de 25 de Fevereiro, para os sectores 5 e 6, têm direito a um convite de igual valor ao do bilheute já aquirido;
  3. A campanha de redução de 50% dos preços dos bilhetes para os sectores 5 e 6 teve inicio às 11horas de hoje, sexta-feira. Assim sendo, adquirido o bilhete já com desconto, não haverá lugar à emissão de convite.
  4. Esta campanha não contempla devoluções.
  5. A presente campanha aplica-se apenas aos lugares nos sectores 5 e 6  da Praça de Toiros.

 

Lisboa, 26 de Fevereiro de 2016

Redução de 50% no preço dos bilhetes para o festival de Beneficência de amanhã

26.02.16 | barreiradesombra

FestivalLVIDA16APROV.jpg.partial

A Organização do Festival a favor da Fundação LVida comunica que decidiu baixar em 50% os preços dos bilhetes de todos os lugares dos sectores 5 e 6, referentes ao festival de beneficência que se realiza na Praça de Toiros do Campo Pequeno, no próximo sábado, às 16 horas.

 

Os espectadores que já adquiriram bilhete para estes sectores, poderão levantar gratuitamente, um segundo bilhete de igual valor.

 

Esta alteração de preços vigora a partir das 11 horas de dia 26 de Fevereiro, sexta-feira.

Pág. 1/6