Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

VILA FRANCA ABRE PORTAS A 1 DE MAIO COM A CORRIDA DO TOMATE

13.01.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Paulo Pessoa de Carvalho enviou a seguinte Nota de Imprensa para dar a conhecer a corrida inaugural da temporada de 2016 em Vila Franca: "Serve o presente para dar a conhecer a data da Corrida de Toiros do Tomate 2016 em Vila Franca de Xira, bem como algumas novidades sobre a mesma.

 

Será no dia 1 de Maio com o regresso do Concurso de Ganadarias à Palha Blanco, que haverá mais uma edição da Corrida de Toiros do Tomate, estando já contratado para a mesma o cavaleiro Rui Salvadorque será o cabeça de cartaz.

 

Nessa corrida será lidado um imponente lote de  toiros de 6 afamadas ganadarias touristas, que em breve serão anunciados. Além de Rui Salvador já contratado, estarão em praça os Grupos de Forcados deMontemor e de Vila Franca de Xira, estando em disputa na sua 2ª edição, o Troféu João Vila Verdepara o melhor grupo em praça."

rui salvador ppc.jpg

 

AS ESTATÍSTICAS DA TEMPORADA 2015 - PROTOIRO

08.01.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A TEMPORADA TAURINA DE 2015 EM NÚMEROS


Síntese


A temporada tauromáquica de 2015 saldou-se por um balanço bastante positivo. Caracterizou-se por um aumento global de 1.8% de espectadores nas praças de touros do nosso país (462.000), tal como pelo aumento do número médio de espectadores nas corridas
de toiros (2415).

Realizaram-se 233 espectáculos, menos 17 que em 2014 (250). As corridas de toiros (161) aumentaram o seu peso representando 69% dos espectáculos tauromáquicos, mais 3% que em 2014.


As exportações de touros (335) aumentaram 62% face a 2014 contribuindo positivamente para o saldo da balança comercial portuguesa.

As transmissões televisivas (7) continuaram a revelar um excelente desempenho com um acumulado de cerca de 3 milhões de
telespectadores e picos de 700 mil espectadores por transmissão, num exemplo cabal de serviço público, chegando a liderar as audiências em vários momentos.


Realizaram-se espectáculos em todo o país com excepção dos distritos de Braga, Vila Real e região autónoma da Madeira. O distrito de Lisboa liderou em número de espectáculos (33), sendo Albufeira a cidade com mais espectáculos (23). A região dos Açores lidera a média de ocupação das praças em corridas de toiros (75%). A região Centro-Norte continua a liderar no continente (71%).


Na elaboração deste resumo estatístico foram usados como fontes os dados da Associação Nacional de Toureiros (ANDT) e a Associação Portuguesa de Criadores de Toiros de Lide (APCTL), sendo cruzados entre si. Obtemos assim resultados rigorosos e que espelham a totalidade da actividade do setor cultural taurino, pois os dados compilados pela Inspeção Geral das Actividades Cultural (IGAC) não retratam toda a realidade taurina portuguesa.

Outras fontes: Pordata, ICA (Instituto do Cinema e Audiovisual) e GFK/CAEM (Audiências). Foram contabilizados todos os espetáculos públicos em que foram lidadas pelo menos uma rês brava de lide.


Análise Detalhada
Analisando a assistência de público às praças, no ano de 2015, registou-se um aumento espectadores para os 462.000, um aumento de 1.8% face a 2014. Registou-se também um aumento do nº médio de espectadores por espetáculo, em particular nas corridas de
touros, passando dos 2240 espectadores por espectáculo em 2014, para os 2415 espectadores por espectáculo em 2015, um aumento médio de aproximadamente 175 espectadores por corrida.


Em Portugal continental e ilhas realizaram-se 233 espetáculos, menos 17 que em 2014. Destes, e analisando por tipologia de espetáculo, destacam-se as Corridas de Touros, com 69% do total dos espetáculos realizados, com um aumento de 3% face a 2014.
Comparando o número médio de espectadores por espectáculo noutro sectores culturais, como o teatro, cinema ou ópera, o número médio de espectadores por corridas de toiros, vemos que que aqueles ficam a uma grande distância dos números das corridas de toiros com uma média de 2415 espectadores por corrida. O teatro tem um número médio de 146 espectadores por sessão (dados Pordata 2014), enquanto o cinema tem um número médio de 20 espectadores por sessão (dados 2014 Instituto do Cinema e Audiovisual) e a Ópera tem um número médio de 336 espectadores por sessão (dados Pordata 2014).


Em 2015 foram transmitidas 7 corridas de toiros pela RTP1, tendo estas transmissões registado um acumulado médio de cerca de 3 milhões de telespectadores, com picos de 700 mil espectadores por transmissão, mostrando a grande adesão dos portugueses a este
tipo de espectáculo.


A tauromaquia tem uma expressão nacional com espectáculos de norte a sul do país passando pelos Açores. Realizam-se espectáculos taurinos em todos os distritos com excepção de Vila Real, Braga e a Região Autónoma da Madeira. O distrito com mais
espectáculos em 2015 foi Lisboa com 33 espectáculos. A cidade com mais espectáculos realizados em 2015 foi Albufeira, com 23 espectáculos, seguida de Lisboa com 13 espectáculos e Angra do Heroísmo com 8 espectáculos.


Em relação à percentagem média de ocupação das praças em Corridas de Toiros, os Açores registam a maior média de ocupação no país com uma média de 75%. A região Centro-Norte lidera este indicador em Portugal continental com com 71%, seguido da região
do Alentejo com 67%. Em termos de crescimento deste indicador, destacam-se a região do Alentejo com uma subida de 11%, seguindo-se o Centro-Norte com 5%. Por distrito Viseu e Guarda lideraram com uma taxa de 100% e os Açores com 75%.


O escalafon (ranking) de actuações de Cavaleiros Tauromáquicos foi liderado por Luís Rouxinol e Marcos Bastinhas, com 44 actuações e Joaquim Bastinhas, com 33 actuações. 

Paco Velasquez liderou o escalafón dos Matadores de Toiros com 6 actuações seguido por Manuel Dias Gomes e Pedrito de Portugal com 3 actuações.

Os Forcados Amadores de Cascais lideraram a sua categoria com 25 actuações, seguidos pelos Amadores do Ribatejo, com 23 actuações, e os Amadores de Santarém com 21.

Josué Salvado, com 54 actuações, Diogo Costa, com 52, e Ricardo Raimundo, com 52, ocuparam os primeiros postos do escalafon dos Bandarilheiros.

Quanto aos Novilheiros Diogo Peseiro liderou com 6 actuações, seguido de João Augusto Moura e Joaquim Ribeiro “Cuqui” com uma actuação. 

João Martins liderou o top dos Novilheiros Praticantes com 11 actuações,

“Parreirita Cigano” e Luís Rouxinol Jr., o top de Cavaleiros Praticantes, com 17 actuações.

João Oliveira liderou na categoria de Bandarilheiros Praticantes com 29 actuações.


Quanto às Empresas, o ranking foi liderado pela Touros das Sesmarias com 24 espectáculos organizados, seguida da Aplaudir com 21 e a S.R.U Campo Pequeno com 13.


As Ganadarias que mais lidaram em Portugal foram a ganadaria Passanha, que lidou 66 toiros, seguida da ganadaria Pinto Barreiros, com 49, e Falé Filipe, com 44. Contabilizando também as corridas lidadas fora de Portugal, o ranking ganadeiro é liderado pela ganadaria Passanha, com 89 toiros lidados, seguida da ganadaria Murteira Grave e de Pinto Barreiros com 49 reses lidadas.


Os Directores de Corrida com mais corridas dirigidas foram Agostinho Borges, com 41 espectáculos dirigidos, Marco Gomes, com 28 espectáculos e Lourenço Luzio com 24.


A tauromaquia contribui de forma muito positiva para o saldo da balança comercial (exportações – importações), já que em 2015 as exportações de touros de lide (335) superaram significativamente as importações (25). Em 2014 o valor das exportações foi de
207 touros. Esta variação anual das exportações, representa um aumento de 62%, pelo que este valor compara com os melhores resultados de outros sectores de atividade em Portugal no ano de 2015.


Em 2015 ocorreram 10 mudanças de categoria profissional onde se destaca o novo cavaleiro profissional António D’Almeida e os bandarilheiros profissionais João Diogo Duarte e Pedro Vicente.1.png

2.png

 

3.png

 

4.png

 

5.png

 

6.png

 

7.png

 

8.png

 

9.png

 

10.png

 

11.png

 

SANTARÉM: TEMPORADA 2016 ARRANCA A 20 DE MARÇO

07.01.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

IMG_2543.jpg

A empresa Aplaudir enviou a seguinte comunicação à imprensa, dando conta da  abertura da temporada 2016 em Santarém a 20 de Março próximo:

"Informamos todos os aficionados  que a Tradicional Corrida de Toiros de Inauguração Oficial da Temporada 2016 na Monumental Celestino Graça em Santarém será no dia 20 de Março pelas 16 horas com um cartel aliciante e sempre mantendo os preços mais baixos como é apanágio da Aplaudir, tendo cerca de 4500 bilhetes a 10,00 euros. 

Brevemente anunciaremos as datas das Corridas a realizar esta temporada não só em Santarém como na Moita, Montijo, Setubal, Povoa de Varzim, Estremoz e mais alguma Praça que entretanto nos seja adjudicada. 
 
Com os melhores cumprimentos
 
João Pedro Bolota"

MUSEU DO CAMPO PEQUENO ATINGE OS DEZ MIL VISITANTES

05.01.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

O Museu do Campo Pequeno recebeu esta terça-feira o seu visitante Dez mil, um cidadão alemão que iniciou a visita eram 16h02.

 

Desde a sua inauguração, a 2 de Junho de 2015, o Museu do Campo Pequeno recebeu visitantes de 86 países. Para muitos deles, este foi o seu primeiro contacto com a tauromaquia e a sua história.

 

Por países, a França surge em primeiro lugar com 19% dos visitantes, seguindo-se a curta distância Portugal (18%), e mais atrás, a Itália (10%) e Alemanha (9%).

 

O visitante, que foi convidado da empresa nesta visita, deixou a seguinte mensagem no livro do Museu “Museu muito bonito e uma boa surpresa…Visitante 10000. Obrigado Lisboa”.

 

O museu foi inaugurado a 2 de Junho e, de então para cá, tem vindo a enriquecer a sua colecção com várias doações, a mais recente das quais é a casaca com que o cavaleiro D. Francisco de Mascarenhas se estreou no Campo Pequeno, em 1936, com apenas 10 anos de idade. 

P_20160105_161106.jpg

 

CÉSAR JIMÉNEZ E FRANCISCO JOSÉ ESPADA REPRESENTADOS POR JAIME AMANTE.

05.01.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

jimenez.jpgespada.jpg

Após uma reunião em Ávila e com o tradicional “aperto de mão” os matadores de toiros espanhóis César Jiménez e Francisco José Espada nomearam seu representante em Portugal, o conhecido taurino Jaime Amante.

Recordar que o matador César Jiménez mantêm a sua atividade de matador de toiros em paralelo com a gerência de várias Praças de Toiros no país vizinho.

César Jiménez
Francisco José Espada
Jaime Martinez Amante

ANTÓNIO LÚCIO DISTINGUIDO PELA ESCOLA DE TOUREIO “JOAQUIM GONÇALVES” DE SANTARÉM

04.01.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A Escola de Toureio “Joaquim Gonçalves” de Santarém anunciou os seus triunfadores da temporada de 2015 e entendeu distinguir António Lúcio com o Troféu “Divulgação Taurina”. No campo da comunicação social foi distinguido o Farpas Blogue com o Troféu “Jornalismo Taurino”.

 O Jantar de Gala para entrega dos troféus terá lugar no dia 6 de Fevereiro pelas 20h no Restaurante “Quinzena” do Santarém Hotel.

A lista dos premiados é a seguinte:

  • Marcos Bastinhas (cavaleiro de alternativa)
  • Parreirita Cigano (cavaleiro praticante)
  • Bernardo Salvador (cavaleiro amador)
  • Pedrito de Portugal (matador de toiros)
  • João Martins (novilheiro)
  • Ricardo Raimundo e Cláudio Miguel (peões de brega)
  • Joaquim Oliveira (bandarilheiro)
  • Rui Jardim (bezerrista)
  • Murteira Grave (ganadaria)
  • Grupo de Forcados Amadores de Santarém
  • Toiros & Tauromaquia (empresa)
  • Marco Gomes (director de corrida)
  • Pedro Gonçalves, Diogo Vicente e Simão Neves – Troféu Mérito Internacional”
  • Câmara de Monforte/Centro Interpretação Tauromáquico – Troféu “Preservação Tauromáquica”
  • Rui Rosa- Troféu “Mérito de Aficion”
  • Joaquim Bastimnhas – Troféu “Mérito e Prestígio”
  • Luís Miguel Gonçalves – Troféu “Carreira”

A título póstumo serão homenageados Rafael Trancas, Luis Filipe de Oliveira e Luís Vivas.

A abrilhantar a noite estarão a Tuna e Coro do IPSantarém, o grupo de sevilhanas "Salero & Alma", Fandango do Ribatejo e New Star Dance, havendo ainda uma demonstração de toureio pelos alunos das escolas de Azambuja e de Santarém. As reservas  podem desde já ser feitas através do telemóvel 912 542 477

6 fev gala santarém.jpg

 

OS PREÇOS PARA A MINI-FEIRA TAURINA DE MOURÃO

04.01.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Domingo, 31 de Janeiro (início às 15h00

 

SOMBRA - Sectores 1 e 2

Barreira - 30 €

Contra-barreira - 25 €

Restantes filas - 20 €

 

SOL - Sectores 3, 4, 5 e 6

Barreira - 25 €

Restantes filas - 18 €

 

CAMAROTES (4 pessoas) - 120 €

Cada camarote pode ter + 2 senhas adicionais de 20 €

 

Peão (lugares em pé) - 13 €

 

As reservas pelo e-mail jgrave4@gmail.com devem ser levantadas no dia do Festival até às 13h00..

 

2ª feira, 1 de Fevereiro (início às 15h00)

 

SOMBRA - Sectores 1 e 2

Barreira - 25 €

Restantes filas - 20 €

 

SOL - Sectores 3, 4, 5 e 6

Barreira 20 €

Restantes filas 15 €

 

CAMAROTES (4 pessoas) - 100 €

Cada camarote pode ter + 2 senhas adicionais de 20 €

 

Peão (lugares em pé) - 10 €

 

As reservas pelo e-mail jgrave4@gmail.com devem ser levantadas no dia do Festival até às 13:00 h.

 

Abonos (bilhete para os 2 dias)

 

Barreira de sombra - 45 €

Restantes filas de sombra - 35 €

 

Barreira de sol - 35 €

Restantes filas de sol -  25 €

 

Camarotes - 190 €

Senhas de camarote - 35 €

 

A reserva de abonos terá que ser feita até dia 17 Janeiro para tlf. 266 577 138 a partir das 18h00 ou 917 505 716 oujgrave4@gmail.com

FESTIVAL TAURINO DA RÁDIO CAMPANÁRIO JÁ TEM DATA DEFINIDA PARA ESTE ANO DE 2016

04.01.16 | António Lúcio / Barreira de Sombra

festival_RC_2015.jpg

Tal como tem vindo a acontecer nas últimas temporadas taurinas, a Rádio Campanário irá promover na Praça de Touros Vila Viçosa o seu Festival Taurino.

Um dos espetáculos que já faz parte do calendário taurino português e que uma vez mais irá deixar marca na Tauromaquia.

No ano de 2016, este importante evento taurino terá lugar no próximo dia 12 de Março, sendo que contará com um cartel de luxo, tal como te sido apanágio desta Rádio que ao longo dos seus 30 anos tem apoiado a Festa Brava.

Quanto ao cartel irá ser apresentado muito em breve.

Este será mais uma vez um evento com o carimbo da Rádio Campanário, Estação de Utilidade Pública e que certamente irá marcar este início de temporada!