Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

IMG22_0004 (2).jpg

Com 33 corridas toureadas em 2015, Joaquim Bastinhas voltou uma vez mais a constar nos cartéis das corridas realizadas nas praças de toiros do Campo Pequeno, Povoa do Varzim, Elvas, Moita, Évora, Nazaré, e Santarém.

Praças de toiros que ao longo dos seus 32 anos de alternativa nunca deixou de marcar presença e cimentaram a sua posição de figura e maestro do toureio a cavalo.

Cavaleiro que em todas as temporadas percorre o País de norte a sul de Portugal, encabeçando também quase sempre os primeiros lugares, ou o primeiro lugar, da tabela dos que em Portugal mais toureiam.

Informa: Manuel Ribeiro

IMG_1589.JPG

A cavaleira Mara Pimenta, esteve esta quarta-feira, em missão solidária, junto da Pediatria do Hospital Distrital de Santarém.

A ginete de Almeirim, consciente da sua também responsabilidade social, esteve com os mais novos, proporcionando um dia diferente a estes jovens que por uma ou outra razão se encontram internados. Mara falou da sua experiência de vida e daquilo que mais ama, os cavalos e a tauromaquia.

Além da troca de histórias entre a cavaleira e as crianças e adolescentes que ali estão nestes dias que antecedem o Natal, Mara Pimenta levou ainda consigo alguns presentes, nomeadamente material didáctico e um equipamento de audio, para animar os dias dos que recuperam de problemas de saúde

No foto, Mara Pimenta e o seu bandarilheiro João Goilão com as enfermeiras e auxiliares do serviço de Pediatria do Hospital Distrital de Santarém.

A cavaleira Mara Pimenta, esteve esta quarta-feira, em missão solidária, junto da Pediatria do Hospital Distrital de Santarém.

A ginete de Almeirim, consciente da sua também responsabilidade social, esteve com os mais novos, proporcionando um dia diferente a estes jovens que por uma ou outra razão se encontram internados. Mara falou da sua experiência de vida e daquilo que mais ama, os cavalos e a tauromaquia.

Além da troca de histórias entre a cavaleira e as crianças e adolescentes que ali estão nestes dias que antecedem o Natal, Mara Pimenta levou ainda consigo alguns presentes, nomeadamente material didáctico e um equipamento de audio, para animar os dias dos que recuperam de problemas de saúde

No foto, Mara Pimenta e o seu bandarilheiro João Goilão com as enfermeiras e auxiliares do serviço de Pediatria do Hospital Distrital de Santarém.

FNTT.jpg

Na sequência do Encontro de Tertúlias realizado recentemente em Alter do Chão e do I Congresso de Tertúlias do Concelho de Vila Franca de Xira, realizado no dia 14 de novembro de 2015, foi constituído um grupo encarregue de dinamizar a criação de uma Associação Nacional de Tertúlias Tauromáquicas. A necessidade de criar essa associação resulta, em primeiro lugar, da ausência de representação dos aficionados, a base da Festa de Toiros, na Comissão Nacional de Tauromaquia que funciona junto do IGAC e que apoia esta instituição na regulação dos espetáculos taurinos.

Essa ausência deve-se, em parte, à inexistência de um organismo representativo das tertúlias, grupos e clubes de aficionados existentes em grande número em todo o país. Para além daquela representação, a associação virá a desenvolver uma ação muito mais vasta, nomeadamente: 

  • A representação dos aficionados portugueses em organismos internacionais;
  • A defesa da Festa de Toiros, em todas as suas modalidades formais e populares, face aos ataques de que está a ser alvo sistemático e antidemocrático;
  • O apoio mútuo entre os diversos agrupamentos de aficionados à festa de toiros e o intercâmbio entre eles, no quadro de iniciativas por elas desenvolvidas ou no âmbito das festividades de cada localidade;
  • O desenvolvimento de iniciativas conjuntas de promoção da qualidade e da verdade na Festa de Toiros, pelas mais diversas vias, desde a presença crítica na opinião pública até à distinção dos intervenientes e organizadores;
  • A defesa da Tauromaquia como Património Cultural Imaterial, a dignificação desse património e a participação no processo de elaboração da candidatura a registo desse Património.

O grupo promotor da federação nacional de tertúlias tauromáquicas teve a sua primeira reunião em Alter do Chão, estando prevista a realização de uma reunião mensal, a partir de janeiro, em diferentes localidades, com vista a amadurecer as ideias entretanto elencadas e a promover a adesão do maior número possível de entidades. Esse processo deverá desembocar numa convenção a realizar em Abril de 2016, para eleição dos Órgãos Sociais e a aprovação do Plano de Atividades.

Apela-se, assim, a todas as Tertúlias, Clubes e Grupos de aficionados para que participem neste processo, reforçando a Festa de Toiros como emblema identitário da cultura portuguesa.

Assina: Grupo promotor de uma Associação Nacional de Tertúlias Tauromáquicas (Tertúlia Festa Brava, Confederação de Tertúlias de Vila Franca de Xira, Clube Taurino do Agrupamento de Escolas de Alter do Chão e Tertúlia Abre Max).

1 Documenta´rio Centena´rio GFAS.jpg

Estreia amanhã, quinta-feira, dia 17, no Campo Pequeno TV, um documentário exclusivo e inédito sobre o Centenário do Grupo de Forcados Amadores de Santarém. 

Preparámos para si um documentário imperdível onde José Cáceres e Diogo Sepúlveda o levarão a conhecer a história dos 100 anos do Grupo de Forcados de Santarém. Veja imagens históricas e acompanhe as declarações dos cabos ainda vivos e de muitas outras figuras ligadas a este grupo, que marcou o último século da nossa tauromaquia.  

Para ver este e muito outros conteúdos exclusivos adira já no canal 165 no MEO e no videoclube da NOS, por apenas 7,50€ por mês. Saiba tudo em www.campopequenotauromaquia.com  no menu Campo Pequeno TV. 

2 Documenta´rio Centena´rio GFAS.jpg

 

livro paulo caetano.jpg

A livraria Ferin em Lisboa foi ontem palco da apresentação do livro que conta a história de Paulo Caetano, escrito por Leonor Barradas e Marco Gomes. É uma obra interessante pela forma como aborda a trajectória de vida pessoal e de cavaleiro de alternativa de uma figura incontornável do toureio equestre mundial.

A cerimónia foi bastante concorrida e o discurso de Paulo Caetano teve uma intensidade própria, tal como o selo de personalidade que imprime em cada uma das suas actuações e que todos poderemos recordar nas páginas do livro.

Uma boa prenda de Natal no sapatinho dos aficionados.

Ana Batista_CampoPequeno2015_AAlves.jpg

A temporada que assinalou os 15 anos de Alternativa de Ana Batista foi vivida e sentida pela cavaleira de forma muito intensa…

Apoderada há três anos pela empresa Tauroleve, a cavaleira de Salvaterra de Magos cumpriu 22 festejos, entre os meses de Março e Novembro. Em 2015 pisou vários “palcos” importantes; e regressou às corridas televisionadas (RTP), atuando no dia 31 de Julho em Idanha-a-Nova, e no dia 1 de Outubro na Monumental do Campo Pequeno, onde logrou uma atuação histórica, com um toiro de Passanha, que marcou a sua carreira e, segundo a opinião da crítica e dos aficionados, a temporada lisboeta. Montada no “Conquistador” (ferro João Maia) fez com que aqueles breves minutos se tornassem inesquecíveis. O reconhecimento surgiu também por parte da Tertúlia Festa Brava, que no final da época distinguiu a cavaleira com uma Menção Honrosa.

No dia 20 de Setembro, Ana Batista comemorou 15 anos de Alternativa, precisamente, na praça de toiros onde se doutorou: Coruche. A efeméride foi festejada com uma das suas mais completas atuações, com um toiro de Veiga Teixeira, que pesou 690 Kg. De saída com o “Conquistador” e de curtos com o “Roncal” (ferro Lopo Monteiro), Ana Batista eternizou o toureio que a caracteriza.

Outras atuações ficaram na retina dos que tiveram o privilégio de estar nas bancadas, nomeadamente, em São Pedro da Cadeira, onde conquistou o prémio para a Melhor Lide, montada no “Altivo” (ferro Manuel António Lopo de Carvalho) de saída e no “Artista” (ferro Pedro Lapa) de curtos, mas ainda em Terrugem, Aldeia da Luz, Alcácer do Sal, Évora, entre outras. Ana Batista voltou novamente a França, onde a 15 de Agosto, atuou na localidade de Saint-Remy-de-Provence, lidando três toiros da ganadaria Fano.

Como vem sendo hábito todos os anos, Ana Batista fez questão de apresentar cavalos novos. Saiu pela primeira vez com o “Solero”, no dia 30 de Maio em São Manços; e estreou o “Glamour” (ferro Sociedade das Silveiras) no dia 16 de Agosto em Casével.

Entretanto, a imagem de Ana Batista continua a ser reclamada para eventos de outra natureza. Em Março integrou um colóquio intitulado “Toureio no Feminino” em Azambuja; em Junho participou nas Marchas Populares da sua terra; e no final da temporada fez com a Me Wear uma ambiciosa sessão fotográfica, com vista a dar a conhecer a coleção Outono/Inverno da marca. Na imprensa, o nome de Ana Batista voltou a ser tratado com enorme respeito e admiração. No início do ano participou nos programas “Somos Portugal” da TVI e “Portugal em Festa” da SIC; e em Junho foi entrevistada para o Canal Extremadura em Badajoz. Por outro lado, como madrinha da Tertúlia “O Garraio” de Vila Franca de Xira, a cavaleira marcou presença em várias iniciativas.

2015 foi sem dúvida uma temporada especial, enquanto que para 2016 já se vislumbram novos projetos e desafios...

Informa: Tauroleve

 

etjf.jpg

 NOVILHADAS

NOVILHADAS EM PORTUGAL – 18

NOVILHADAS EM ESPANHA – 7

BEZERRADAS

BEZERRADAS EM PORTUGAL – 4

BEZERRADAS EM FRANÇA – 1

BOLSINS TAURINOS

BOLSINS TAURINOS EM ESPANHA – 2

TENTADEROS

TENTADEROS – 11

DEMONSTRAÇÕES PÚBLICAS

DEMONSTRAÇÕES PÚBLICAS – 7

O ALUNO QUE MAIS TOUREOU E DESTACOU FOI JOÃO MARTINS O QUAL GANHOU OS TROFÉUS DA TERTÚLIA FESTA BRAVA, NATURALES E TERTÚLIA SOBRALENSE.