Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

CAMPO PEQUENO ESTÁ A SORTEAR VISITAS À GANADARIA MURTEIRA GRAVE

02.07.14 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A 3 de Julho o Campo Pequeno vai ser palco de uma noite histórica, com o regresso da ganadaria Murteira Grave, no Cinquentenário da Corrida TV. Para celebrar este acontecimento, o Campo Pequeno, em parceria com a ganadaria Murteira Grave, vai proporcionar uma experiência inesquecível a dois aficionados e respetivos acompanhantes, levando-os a visitar esta ganadaria.

 

 

O passatempo decorre na página do Campo Pequeno no Facebook em http://s.heyo.com/599e00 e todos os aficionados podem participar e habilitarem-se a ganharem um dos dois convites duplos para visitarem a ganadaria Murteira Grave. Esta está situada na Herdade da Galeana, junto às margens do Alqueva (Granja, Alentejo) e é considerada uma das mais belas ganadarias de todo o campo bravo.

 

Participar é muito simples: basta entrar em http://s.heyo.com/599e00 na página do Campo Pequeno no Facebook e seguir as instruções. Depois é esperar pelo resultado do sorteio no dia 6 de Julho às 22h.

 

Os vencedores serão divulgados no Facebook do Campo Pequeno, logo que termine o passatempo, e serão também notificados por email.

 

Conheçam melhor o Turismo Taurino da ganadaria Murteira Grave em www.murteiragrave.com.pt

TAUROMAQUIA NORTE/SUL COM JOSÉ ANDRADE

01.07.14 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Barreira de Sombra no www.FeelFm.pt - 15ª. Crónica  -  emissão  2/Julho/2014

 

Boa noite, boa tarde, ou um bom dia, consoante a hora e local onde nos ouve, e seja bem-vindo a este espaço de comentário e opinião de quem gosta de tauromaquia. Um espaço que semanalmente pode ler no barreiradesombra.blogspot.sapo.pt, e ouvir na www.FeelFm.pt.

 

                       É já amanhã, dia 3 de Julho, dizem, mês de Verão, que no Campo Pequeno vai ter lugar a já tradicional Corrida TV, ou seja, a corrida da Casa de Pessoal da RTP.

 

E já lá vão 50 anos, é verdade. 50 anos de muitas oportunidades oferecidas, permitidas, de incontáveis momentos de emoção e arte vividos. 50 anos de história e estórias no mundo tauromáquico português.

 

Ir á Corrida TV, como espectador, era uma 'obrigação de vida' de aficionado que se prese.

 

Constar, fazer parte do cartel, de uma corrida da Casa de Pessoal da RTP, no Sul ou no Norte, era o 'sonho concretizado', de qualquer artista, fosse ele cavaleiro, toureiro ou forcado. Ser a ganadaria eleita para uma corrida da Casa de Pessoal, era para qualquer ganadeiro, o reconhecimento de muito sofrimento, trabalho e aficion. Ser o local, ser a praça, a terra escolhida para a realização da Corrida da Casa de Pessoal, a Sul ou a Norte, era a 'alternativa' para outros voos tauromáquicos.

 

            Mas, para que isso fosse, ou seja ainda hoje, um 'status', o topo de prestígio, é preciso que não sejam esquecidas as canseiras, o trabalho, as batalhas, o sofrimento, que ao longo destes 50 anos, muitos, muita gente, em diferentes áreas e em diversos momentos, tiveram de enfrentar. É uma homenagem à história, é um preito às estórias, é o gesto de gratidão, merecido e reconhecido, que lhes é devido. Gratidão e respeito. Gratidão pelo que fizeram e pela obra que deixaram. Respeito pelo sentido de responsabilidade que sempre dedicaram à obra da Casa de Pessoal da RTP, ao seu legado passado e futuro, ao seu amor pela Festa Brava, e pelos valores que enformam. E, como já o disse aqui na passada semana, se existem pessoas, personalidades, que nesse dia merecem e devem ser recordadas, enaltecidas e homenageadas, além de João Moreira de Almeida, esses senhor, que na RTP, por vezes contra ventos e marés, sempre lutou pela realização e continuidade da transmissão televisiva da Festa, das Corridas da Casa de Pessoal, é justo, é merecido, é necessário, que também se realce, se destaque, por tudo o que fez no momento mais complicado da nossa vida colectiva, quando esteve em causa a continuação da realização das Corridas da Casa de Pessoal, repito, é merecido, é justo, e é necessário, que não seja esquecido o trabalho e a aficion do, infelizmente já desaparecido empresário, o senhor Manuel Gonçalves.  E falar da figura de empresário e de homem dos touros, do senhor Manuel Gonçalves, e também falar de uma Senhora. A Senhora Dr. Ana Freixo. O seu empenho, dedicação como presidente da Casa de Pessoal da RTP, patente no prestígio que essa obra atingiu como instituição referência, e a sua aficion pela festa, na dignidade que soube impor nos cartéis das corridas da Casa de Pessoal, além de exemplo irreparável, sob pena de ingratidão e injustiça, exigem público reconhecimento. Também aqui já falei de alguém que soube interpretar e transmitir, através das câmaras o que de importante e interessante decorria durante uma corrida televisionada. Também muito a ele se deve no número de espectadores que as Corridas TV foram somando. Falo necessariamente de Manuel Rosa Pires. E, ao destacar Manuel Rosa Pires, aqui quero reclamar para o destaque também merecido, de todos os que, com profissionalismo na RTP, com  muita dedicação, sempre testemunhei, vivem a 'sua festa de toiros'.

 

            Na próxima quinta-feira vão-se completar os 50 anos de das Corridas da Casa de Pessoal da RTP, das Corridas TV da RTP. Amanhã a festa será no Campo Pequeno, mas no Norte, onde também a concretização dessas corridas têm história e estórias, com menos anos no curriculum, mas já com suficientes para servirem de lição, no próximo dia 25, será a vez de, na Póvoa de Varzim, a Festa da comemoração das Corridas TV, continuar. Mas sobre a Corrida da Casa de Pessoal da RTP/Norte, falaremos em outra altura. 

 

            Altura e velocidade, está já a ganhar a temporada. Vai ganhando a velocidade própria dos meses de Julho e Agosto, tempo, onde o tempo, que dizem, ser tempo de calor e sem chuva, isto é o ambiente próprio para a realização de corridas de toiros.

 

            Domingo, se o S. Pedro ajudar, lá estaremos em Vagos, ali Sul, próximo de Aveiro. O cartel promete. Corrida à Portuguesa, em que os cavaleiros profissionais, Marco José e Sónia Matias, alternarão com o cavaleiro praticante, José Carlos Portugal, e a cavaleira Amadora, Soraia Costa. Os toiros, da ganadaria Felicidade Dias, serão pegados pelos Grupos de Forcados Amadores da Moita e de Coimbra, capitaneados respectivamente por, Pedro Raposo e Luís Pires dos Santos. Domingo 6 de Julho, pelas 16h30, em Vagos, mas no dia 11, ou seja, logo na sexta-feira Seguinte, às 22 horas, arranca a temporada tauromáquica na Póvoa de Varzim. A catedral do toureio do Norte, inicia a temporada com a já 5ª. edição da Corrida dos Caçadores do Norte. É a primeira de quatro grandes corridas desta temporada de 2014.

 

            A 5ª. edição da Corrida dos Caçadores do Norte, fruto do trabalho e empenho do Clube de Caçadores da Estela, clube sediado e nascido na freguesia mais a Norte, na orla costeira da Póvoa de Varzim, abre a temporada com um cartel de luxo e a prometer. Rui Salvador, Luís Rouxinol, Sónia Matias, e a promissora, Mara Pimenta. Os toiros, sete, são da ganadaria Prudêncio, e pegarão os Grupos de Forcados do Ribatejo e de Alcochete. Dia 11, às 22 horas, na Póvoa de Varzim.

 

José Andrade

Pág. 11/11