Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

Apresentação da XIV Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo

29.03.14 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A Casa Ermelinda Freitas, em Fernando Pó – Águas de Moura, vai receber, no dia 3 de abril, às 11:00h, a conferência de imprensa para apresentação e divulgação da XIV Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo.

 

Nesta iniciativa vão estar representantes da Comissão Organizadora da Romaria a Cavalo Moita - Viana do Alentejo – Câmara Municipal da Moita, Câmara Municipal de Viana do Alentejo, Associação dos Romeiros da Tradição Moitense e Associação Equestre de Viana do Alentejo –, bem como representantes das Entidades Regionais de Turismo de Lisboa, Alentejo e Ribatejo.

 

De referir que a Romaria a Cavalo Moita - Viana do Alentejo, uma vez mais apadrinhada por José Carlos Malato, vai decorrer, este ano, entre 23 e 27 de abril.

 

Acompanhe a Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo, através da página de facebook: www.facebook.com/romariaacavalomoitavianadoalentejo.

EXCELENTE TENTADERO NA GANADARIA PINTO BARREIROS

29.03.14 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Herdade do Vidigal , um maravilhoso dia de campo. Foram tentadas 10 reses, 8 com divisa Pinto Barreiros e 2 de São Torcato que deram boa nota, tentaram o Matador de Toiros DAVID MORA e o Novilheiro LUIS GERPE que proporcionaram excelente momentos de toureio, seguindo-se de um não menos excelente almoço.

 

Um dia para não esquecer não só pelo bom toureio mas também pela simpatia de  todos presentes.

 
 
 
 
 

 Texto e fotos: Fernando Clemente

AUSPICIOSO INÍCIO DE TEMPORADA PARA DIOGO PESEIRO

27.03.14 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Diogo Peseiro, aluno da Academia de Toureio do Campo Pequeno, actua sábado, em Huelva, numa novilhada sem picadores, dando assim sequência a um auspicioso início de temporada.

 

Com novilhos da ganadaria portuguesa de José Luis Cochicho, completam o cartel Fernando Flores (Escola Taurina de Badajoz), Antonio Muñoz Ruiz (Amate), Pablo Aguado (Sevilha), Fernando Palza (Madrid) e “El Chispa” (Béziers/França).

           

No dia seguinte, Peseiro participa na segunda jornada do Bolsin Taurino de Zamora e, para o mês de Abril, tem já três compromissos agendados: dia 19 em Serpa, dia 20, em Abiul e dia 25, no Sobral de Monte Agraço.

           

Para 1 ou 4 de Maio, está prevista a sua apresentação em França, estando também anunciado para a novilhada de abono de Lisboa, a realizar a 19 de Junho, no Campo Pequeno, na qual competirá com uma das maiores figuras dos novilheiros espanhóis da actualidade, José Garrido, na lide de novilhos de Murteira Grave.

 

           

 

ENTREGA DE PRÉMIOS DA TERÚLIA O PIRIQUITA

26.03.14 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A Tertúlia O Piriquita, irá organizar no próximo dia 12 de Abril na Quinta de Santa Maria em Arruda dos Vinhos, a Gala de entrega dos troféus referentes à temporada 2013.

 

 

O programa começará as 20H00 com a apresentação do Fado da Tertúlia O Piriquita.

 

Depois do jantar haverá a entrega dos prémios com um espectáculo musical com o grupo “Sonido Andaluz”. A noite terminará com uma festa dos anos 80.

Quem quiser participar, poderá inscrever-se através do telefone 263975528.

 

Os premiados são:

Melhor lide a cavalo – João Salgueiro da Costa.

Melhor Toiro – Ganadaria Palha

Melhor pega – Manuel Ramalho (Forcados Amadores de Montemor)

Piriquitos de Honra – Empresa Tauroleve e Tertúlia Tauromáquica Terceirense

Este ano decidiu a Tertúlia O Piriquita atribuir um trofeu carreira a João Queiroz.

 

Para mais informações: http://www.quintadesantamaria.pt/

ANTÓNIO B. PAES APRESENTA NOVAS MONTADAS

25.03.14 | António Lúcio / Barreira de Sombra

António Brito Paes, e Joaquim Brito Paes apresentaram no passado Domingo em preparação para a temporada 2014 na Quinta do Vale, Labrugeira, Alenquer  algumas das suas novas montadas num intenso treino sobre o olhar atento do Dr. Brito Paes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: Fernando Clemente

TAUROMAQUIA NORTE/SUL - Barreira de Sombra no www.FeelFm.pt - POR JOSÉ ANDRADE

25.03.14 | António Lúcio / Barreira de Sombra

É sempre com uma enorme satisfação que participo nas iniciativas que o meu querido amigo António Lúcio me convida, seja escrevendo, seja falando.

 

Foi assim no Barreira de Sombra radiofónico, na Oásis/FM, de Sobral, é assim no Barreira de Sombra,Blogs.sapo.pt., vais ser assim, ou pelo menos assim o espero venha a ser, neste novo formato, neste novo espaço de divulgação da Festa dos Toiros, aqui no www.FeelFm.pt.

 

          Como dizia o meu Amigo António Lúcio, na apresentação deste novo espaço no Blog Barreira de Sombra, este é um projecto onde a experiência e credibilidade do já histórico Barreira de Sombra, é agora partilhada com o dinamismo e a inovação da juventude da www.FeelFm. Um cadinho de vontades que só pode resultar num ganho para a Festa dos Toiros, a Cultura Tauromáquica, no respeito e  preservação da tradição e em muito da nossa história como povo que deu novos mundos ao mundo, para o bem, e para o mal. Sim, que como em tudo na vida, também na história dos povos, e neste caso na história da tauromaquia nacional, existem bons e maus períodos, boas e más pessoas, respeitáveis profissionais, e gente que anda por cá. Enfim, histórias, narrativas que a seu tempo por certo aqui trataremos.

 

Mas, para se fazer história, para que algo do que acontece tenha registo, é preciso que alguém, de um modo qualquer, trate e relate esses acontecimentos. Que  sejam testemunhados, passados a letra de forma, tenham um relato, escrito, falado, gravado em palavras, imagem e som. No mundo moderno, é esse o papel

da Imprensa, dos Média, da Comunicação Social. E assim sendo, o meu primeiro destaque de hoje vai, necessariamente para o Colóquio  que o novel Grupo Tauromáquico Sector 1, vai realizar na próxima sexta-feira, dia 28, e para o tema escolhido:- Imprensa – Andamos bem informados?

 

          Se me permitem a opinião, entendo que não!

 

          E entendo que não andamos vem informados sobre o que se passa na festa dos toiros, em Portugal, coisa que aliás, não é exclusivo, ou mal que só por esta área de actividade, ou fileira, como é gosto alguns dizer, seja por isso, motivo de espanto, já que em matéria de comunicação, na era do online, efectivamente, existem muitos comentários... mas muito pouca comunicação.

 

          É verdade. Incontestável e incontornável.

 

          Com a proletarização da Net, todos comentam todos, todos comentam tudo... mas isso não que dizer que haja comunicação. Que disso resulte uma verdadeira comunicação. Diz-se. Fala-se. Atiram-se umas palavras, digitam-se uns caracteres. Por vezes até se editam umas fotos, ou umas imagens em vídeo. Mas isso não é mais que gatafunho, um mostrar que se está online, que se tem acesso ao espaço.

A arte de comunicar, quer como jornalista, quer como comentador, critico, observador atento, é muito mais que um acto de escrever 'umas coisas'... é uma arte. E como já alguém dizia:- a arte é força imanente... não compra, não se vende... nasce e morre com a gente.

 

E a gente, os que gostamos da arte, da, e na tauromaquia, somos cada vez menos, e cada vez temos menos Informação. Escrita, falada, em imagem.

O Arte e Emoção, o programa que o José Cáceres oferecia ao Canal 2 da RTP, foi pura e simplesmente banido. Ou o jornal Olé entrou em suspensão. Falar de toiros nas ditas emissoras de rádio nacionais, RDP, é uma miragem. Na Imprensa, dita

diária e de referência, o tema Toiros, apenas serve para encher espaço, e só se for como “insólito”, e este insólito, é entre aspas. Sim, como pode ser noticia pelo insólito, ou insólita, o aparecimento público de meia dúzia de ditos 'amigos dos animais' a reclamarem, não se sabe em nome de quem, embora se saiba para quem, e para quê, e porquê.

 

          Andamos bem informados? –

 

Sobre o que se passa no mundo da festa brava, eu penso que não.

 

Mas o melhor é, quem puder, ir ouvir os cinco críticos, que em boa hora o grupo tauromáquico Sector um convidou. Um Colóquio que por certo nos vai permitir outras notas neste espaço.

 

Mas, se este tipo de iniciativas é sempre de louvar, o certo é que aqui pelo Norte, nada acontece.

 

Com Clubes taurinos, que os há, ou com mais ou menos grupos de aficionados alimentando sites no Facebook, para gozo de quem os cria, e deleite de quem é amigo e tem sempre direito a like e comentário pronto a distribuir, o certo é que passam-se Invernos, sem que suceda qualquer fugidia reunião, colóquio ou discussão que se preze. Os Clubistas nada fazem, os aficionados, nada exigem.

Se no final da temporada 2013 fizemos um balancete do que vimos, lemos, ouvimos, é curial que agora que a época já está a arrancar, também façamos um resumo do que nos ficou na memória, dito e feito, nestes meses de intervalo.

 

Assim, foi interessante ver como nasceu e morreu a polémica e bizarra discussão,com direito a comunicados, declarações solenes e desmentidos, sobre aquela gloriosa iniciativa dedicada a uma 'Demonstração de Pegas'.

 

Como então escrevi, a capacidade humana de espanto, é tão imensa e imensurável, quanto a estupidez do acto ou do acontecimento que a tal a isso

obriga. Foi o que sucedeu. Da estúpida discussão, felizmente, resultou uma boa jornada de promoção da Festa dos Toiros.

 

Insensata parece-me também a forma como foram tratadas, publicamente, o fim e o resultado final, do conclave, onde a PróToiro foi eleita Papa Português da Festa dos Toiros.

 

Este foi também o tempo dos prémios. Nunca tão poucos premiaram tantos. Com troféus das mais diferentes criações artísticas, a profusão, salvo melhor opinião, serviu para uns tantos mostrarem que gostam de se saberem vivos. Só foi pena não terem criado ainda um prémio para os tratadores dos cavalos, o homem da porta dos curros, e para o melhor enfermeiro de serviço. Enfim. Com tanta fartura, lá se vai a fome, que por vezes até dá mais vida e sentido á vontade de comer. Mas é bonito de ver a feira de vaidades que por aí vai. Tão vaidoso e convencidos, que até se esquecem de dar uma vista de olhos em redor, e ver o que se passa no resto do país, e porque não, na vizinha Espanha. Tanto no que se refere a prémios, quer na forma interessante como algumas primeiras figuras, souberam organizar eventos mediáticos, para apresentarem as suas quadrilhas, o calendário da sua temporada. Assim também se faz Formação e Informação da Festa, e pela Festa.

         

E porque a Informação e a Formação, são dois bons pretextos para manter e alimentar o gosto pela Festa dos Toiros, estou convicto que aqui neste espaço da FEEL/FM, com a boa vontade, o saber, de quem gosta de toiros, como é, quem faz o Barreira de Sombra, sem prémios, mas com entrega e aficion, demonstrando o que gostamos, ou desgostamos, cá estaremos para a semana.

 

Do Norte, com um abraço … José Andrade

AMANHÃ ÁS 22H NÃO PERCA O «BARREIRA DE SOMBRA» NA FEEL FM

25.03.14 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Amanhã, 4ª feira, o «Barreira de Sombra» terá a sua primeira emissão na Feel Fm a partir das 22 horas, em www.feelfm.pt, repetindo aos sábados entre as 16h e as 17h.

 

 

Na emissão de amanhã e para além da nota de abertura e um pouco da história deste programa, teremos:

 

  • Entrevista com Rui Bento Vasques
  • Tércio de quites - a apresentação dos cartéis do abono de Lisboa
  • Crónica da corrida de Santarém (23.03)
  • Cartaz de Toiros - os próximos cartéis
  • Entrevista com Nuno Casquinha
  • Tauromaquia Norte/Sul, com José Andrade

Esperamos por si em www.feelfm.pt.