Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

“COLETE ENCARNADO”: 81 ANOS DE FESTA E AFICIÓN EM VILA F. XIRA

02.07.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Dias 5, 6 e 7 de julho (próxima sexta-feira, sábado e domingo) a festa mais típica do Ribatejo e um dos cartões de visita de Portugal está de volta a Vila Franca de Xira: é a 81.ª edição do “Colete Encarnado”. Na sua origem está o objetivo de homenagear o campino,  personagem única no mundo, que guarda o gado bravo na Lezíria ribatejana.

 

A cidade, a 30 quilómetros a norte de Lisboa, transforma-se num ponto de encontro de uma multidão de turistas e imigrantes. Vêm à procura das largadas de touros nas ruas da cidade, da garraiada e da corrida de touros na centenária Praça de Toiros “Palha Blanco”, dos concertos musicais e da dança  (fado, folclore, sevilhanas, etc.), do convívio nas tertúlias ou da noite da “sardinha assada” (sábado), que se estende até ao raiar do dia.

 

A homenagem solene ao campino, às 16h00 de sábado, é um dos pontos fortes do programa, a que este ano se junta a homenagem ao fundador da festa, o lavrador José Van-Zeller Pereira Palha.

Depois da homenagem, segue-se o desfile de cavalos, atrelagens e mais de 30 tertúlias pelas ruas da cidade no meio da multidão – outro dos pontos altos da festa.

As emoções vividas ao longo de três dias são brindadas com fogo-de-artifício, à meia-noite de domingo, à beira-rio, no Jardim Municipal.

 

 

QUINTA – FEIRA, 4 DE JULHO

20h00 Jantar das Tertúlias . Fado com Diamantina

Mercado Municipal

 

SEXTA – FEIRA , 5 DE JULHO

11h00/13h00 Animação Itinerante com Cavalinho Rá-Pá-Pum .

Mercado Municipal e Largo da Câmara

18h00 Espera de Toiros seguida de largada

20h15 Desfile de Tertúlias e Coletividades até ao Largo Conde

Ferreira, para a Missa Rociera . Concentração: Largo da Câmara

20h30 Missa Rociera com Coro Rociero Puente Real . Igreja Matriz

 

Noite de Música e Animação nas ruas da cidade:

21h30 Fadistas de Vila Franca de Xira nas escadarias da Igreja Matriz.

Segue-se passagem pelas tertúlias.

22h00/02h00 Animação Itinerante (passagem pelo Largo da Câmara,

Largo Telmo Perdigão, Mártir Santo e outros locais)

Zés Pereiras «Os Amarantinos» . Bandinha da Amizade . Bandinha

do Oeste . Bandalhada . Os Carambolas . Carlos Alberto Moniz

“Cantar Poetas”

Palco Mártir Santo

22h30/23h30 Marta and the Motors . Motorcycle Rockers

Palco Av. Pedro Victor

23h00/00h30 Rosa Negra

01h00/ 02h30 Lucky Duckies

03h00/ 05h00 Festa Anos 90 (com André Henriques - RFM)

Palco Largo da Misericórdia

23h00 Banda Bandalhada do Ateneu Artístico Vilafranquense

23h30/01h00 Espetáculo com o grupo “Alma Flamenca”

01h00/02h00 Fado com Fadistas de Vila Franca de Xira.

Palco Sevilhanas.Com (Rua Dr. Manuel de Arriaga)

20h00 Sevilhanas.Com

21h30 T:Steps Academia – Danças de Salão, Jazz e Hip Hop

22h30 Las Guapas – Academia Art & Dança

23h00 Taconeo – Grupo de Flamenco Júnior

23h30 Fuego & Flamenco

00h30 La Vintage

02h00 Tempora

 

SÁBADO, 6 DE JULHO

09h00 Feira de Velharias, Colecionismo e Artesanato Urbano

Jardim Municipal

10h00 Concentração de Campinos e Deposição de uma coroa

de flores no Monumento ao Campino . Av. Pedro Victor

10h30 Corrida de Campinos . Praça de Toiros Palha Blanco

10h30 Inauguração do Monumento de Homenagem ao Cais da

Jorna, da autoria do escultor João Duarte . Cais de Vila Franca de

Xira

10h30/11h30 Animação musical “Camisas Negras” . Mercado Municipal

10h30/11h30 Concerto com a Banda do Ateneu Artístico Vilafranquense

. Largo da Câmara Municipal

11h45/12h15 Animação musical “Camisas Negras” . Largo da Câmara

Municipal

13h00 Chegada do XI Cruzeiro da Moita / Vila Franca de Xira/

/ Moita . Concentração de barcos tradicionais no Cais de Vila

Franca de Xira . Jardim Municipal

16h00 Homenagens ao Campino e ao fundador do Colete Encarnado,

José Van-Zeller Pereira Palha, seguidas de Desfile de

campinos, cavaleiros, amazonas e tertúlias pelas ruas da cidade

. Largo da Câmara Municipal

17h30 Sevilhanas.Com - Infantil e Juvenil . Palco Sevilhanas.Com

(Rua Dr. Manuel de Arriaga)

18h30 Espera de Toiros seguida de largada

19h30 Sevilhanas do Clube Taurino Alenquerense . Palco Sevilhanas.

Com (Rua Dr. Manuel de Arriaga)

Rua 1.º de Dezembro, Rua Almirante Cândido dos Reis e Rua Serpa Pinto

02h00 Garraiada da Sardinha Assada . Praça de Toiros Palha Blanco

03h30 Distribuição de Caldo Verde Rua 1.º Dezembro

Noite de Música e Animação nas ruas da cidade:

20h30 Fado com fadistas de Vila Franca de Xira - passagem pelas

tertúlias.

Palco Mercado Municipal

22h00/02h00 Música popular portuguesa Flor de Chá . Flor do Trevo

. Folha Verde . Grupo Coral «Unidos do Baixo Alentejo».

Palco Largo da Misericórdia

22h00/23h00 Xirabrass

23h30/01h00 Espetáculo “Hora e Meia de Lusofonias” com Carlos

Alberto Moniz (Canta os poetas Portugueses e Lusófonos)

01h30/02h30 Animação Musical com Jota Jota – O Fadista Humorista

Largo da Câmara Municipal

22h00/02h00 Animação Itinerante (passagem pelo Largo da Câmara, Largo

Telmo Perdigão e outros locais) Zés Pereiras «Os Baionenses».Camisas

Negras . Tintus Band . Fanfarra dos Abades . Pilha Galinhas . Xira

Brass

Av. Pedro Victor

22h30/24h00 Ciganos d’Ouro

00h00/00h15 MK Show (showdance de danças latinas)

00h15/01h00 Espetáculo «Vientos Flamencos com Alberto Sellés

y Conchi Murcia» by Sevilhanas.Com

01h00/01h15 MK Show (showdance de danças latinas)

01h15/02h45 David Antunes & The Midnight Band

02h45/03h00 MK Show (showdance de danças latinas)

03h00/05h00 Sonido Andaluz

Palco Mártir Santo

22h30/23h30 Fado com Diamantina

23h30/00h00 Grupo Ribatejano com Fado Tradicional e Melrinho

Cantante

00h15/04h00 Baile com Quim Botas Trio Softband

Palco Sevilhanas.Com (Rua Dr. Manuel de Arriaga)

20h00 Escola de Sevilhanas Penedos de Alenquer

20h30/21h00 Beliche

22h30 Strangers

01h00 Barking Dogs

 

DOMINGO, 7 DE JULHO

09h00 Partida de Vila Franca de Xira do XI Cruzeiro da Moita/ Vila

Franca de Xira / Moita . Jardim Municipal

09h00 Feira de Velharias, Colecionismo e Artesanato Urbano

Jardim Municipal

10h30 Espera de Toiros seguida de largada

16h30 Folclore. Grupos Folclóricos do Concelho . Largo da Câmara

Municipal

16h30/19h00 Animação infantil «Festas Animadas» (modelagem

de balões e pinturas faciais) . Jardim Municipal

18h00 Corrida de Toiros . Praça de Toiros Palha Blanco

18h30 Sevilhanas Beira Mar de Almada . Palco Sevilhanas.Com (Rua

Dr. Manuel de Arriaga)

19h00 Academia de Dança Vanessa Silva . Palco Sevilhanas.Com

(Rua Dr. Manuel de Arriaga)

Noite de Música e Animação nas ruas da cidade:

Palco Sevilhanas.Com (Rua Dr. Manuel de Arriaga)

21h00 Sevilhanas.Com

Palco Av. Pedro Victor

22h00/23h00 Fado com José Perdigão e Fadistas de Vila Franca

de Xira

Encerramento

24h00 Fogo de artifício no Tejo . Jardim Municipal

PÓVOA DE VARZIM DIA 14 DE JULHO: ACONTECIMENTO ÚNICO!!! A NÃO PERDER

02.07.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

 

Diego Ventura estará presente pela primeira vez na Monumental Praça de Toiros da Póvoa de Varzim no próximo dia 14 de Julho Domingo. Depois de inúmeras solicitações da afición do Norte de Portugal junto da empresa Aplaudir para que este Cavaleiro abrilhantasse pelo menos uma Corrida de Toiros na Póvoa de Varzim só este ano foi possivel concretizar esse desejo antigo. Desde que a Aplaudir apostou em Ventura em Santarém e Montijo muitos foram os aficionados nortenhos que se deslocaram aquelas praças para assistirem às grandes actuações do ídolo de todos nós.

 

Com esforço e com a colaboração do próprio Diego Ventura é agora possível realizar o sonho de milhares de aficionados. Alterna com outra Figura máxima mundial, o cavaleiro Rui Fernandes também ele sempre desejado na Póvoa. Filipe Gonçalves fecha a terna de competição sendo um dos jovens que mais se destacou neste inicio de temporada e com o sonoro triunfo em Santarém.

 

Frente a toiros de Ascensão Vaz os Forcados Amadores de Santarém e Alcochete mantêm acesa a chama da competição num cartaz que se julgava impossível

 

Os bilhetes já estão à venda e a procura começou  em bom ritmo pelo que aconselhamos os aficionados a adquirirem as suas entradas com a antecedência desejada.

 

Pode reservar pelo telefone 91 4094038 ou bilhetesaplaudir@gmail.com  e deve levantar as suas reservas até 2 horas antes do inicio da Corrida

NUNO CASQUINHA CONQUISTA ESCAPULÁRIO EM SAN PABLO-CAJAMARCA

02.07.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

 

O matador de toiros Nuno Casquinha obteve um assinalável triunfo no passado dia 25 de junho na localidade cajamarquina de San Pablo, ao conquistar o escapulário de ouro ao melhor matador da feira.

O resultado artistico foi o seguinte:

 

San Pablo

25/6/2013

Toiros de Salagual e Huacraruco, complicados

Nuno Casquinha - Palmas e 1 Orelha

Fernando Villavicencio - Palmas e Silencio

 

Imprensa Nuno Casquinha

À MEMÓRIA DE JOSÉ MARIA CORTES - POR CHAUBET

02.07.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

José Maria Cortes estava na força da vida. Franco, valente, decidido, frontal, leal, voluntarioso, alguém com quem os amigos - e eram muitos- podiam contar em todas as circunstâncias. Casado há pouco tempo, não constituíra ainda a família com que sonhara. Uma estúpida e vulgar rixa impediu o seu desígnio. Maldosa e cobardemente, foi assassinado no dia 27 de junho de 2013, em Alcácer do Sal.  Atleta de eleição, habituado a enfrentar  a morte e a perigos de toda a ordem, mas sempre de forma clara e limpa, foi traiçoeiramente esfaqueado por mísero poltrão.

 

Ana e João, sofrendo o maior desgosto que uns Pais podem suportar - a perda de um filho. Irmãos, restante família, amigos e companheiros, certamente choram com mágoa tão estúpida perda. Mas Rita, a companheira que escolhera para constituir família e, certamente, uma vida longa e feliz, viu igualmente abruptamente cerceados o que a dois haviam planeado. Uma autêntica tragédia que emocionou e emociona qualquer pessoa de bons sentimentos e moralmente bem formada. As inúmeras mensagens de solidariedade e encorajamento que através da net se leem, provam-no. Mas o mundo não é perfeito. Existem muitas aberrações que tomam atitudes por vezes tão inesperadas, agressivas e insensíveis, que nos impressionam e chocam.

 

Zé Maria era aficionado e um GRANDE FORCADO do G.F.A. de Montemor. Para os que se dizem defensores dos animais e advogam o fim das touradas, imperdoável pecado. Ao contrário do que apregoam, ciumentos, vaidosos, rancorosos, oportunistas sem vergonha e poder de argumentação para defender a sua discutível causa, não hesitaram em aproveitar estes tristes acontecimentos, para continuarem o seu estéril ataque à Tauromaquia. Alguns exemplos da sua reação:

 

No blogue CALDAS DA RAINHA ANTI TOURADAS - Vítor Loureiro: Temos pena...mas...menos um ignorante arruaceiro. //  Um energúmeno qualquer que responde por Felipe Reis (eufórico): Assim é que é!// Joaquina Barros Dias, sobre os forcados,(" usando palavras de salão que era para reproduzir como veem no blogue referido mas que a minha educação, apenas permite que que dê pistas para que as  identifiquem" : Eles parecem mesmo uns p........s com aqueles fatos.// Maria Helena Domingues quis ultrapassar a anterior "senhora" no seu vocabulário ordinário e conseguiu: Todos umas bestas! Impotentes! Vão-se f...r, bando de filhos da p..a. (como se pode verificar, prima a boa educação). 

 

Estranhamente, no País de brandos costumes e bons sentimentos que dizem ser o nosso, há mais comentários deste género e irei denunciá-los mas, por agora fico-me por aqui. O assunto que me levou a escrever este texto é demasiado sério e doloroso para que o esteja a desvirtuar perdendo tempo com gente tão reles. 

 

Carlos Patrício Álvares (Chaubet)

OLÉ JORNAL DE TAUROMAQUIA Nº 298 - NAS BANCAS DIA 3 DE JULHO – QUARTA-FEIRA

02.07.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Destaques desta semana:

Pág 2:

- Editorial: O porquê que não encontramos. Por: Director Francisco Morgado

- Bilhete Postal: Meu bom Amigo JOÃO CORTES. Por: Por: Joaquim Tapada

- Notícia: Inauguração da temporada na Figueira da Foz.

- Notícia: Maria Caetano. Vencedora em Ponte de Lima

Pág. 3:
José Maria Cortes: Sentidas condolências de:

- Jornal Olé – Toda a equipa

- Porta Grande – Drª Sílvia Del Quema

- APET – Presidente Paulo Pessoa de Carvalho

Pág 4:

- João Martins com aprovação em Albufeira. Texto e Fotos:Jorge Sampaio

Pág 5:

- Montijo: Grande lide de Rouxinol a um bravo toiro de Paulino da Cunha e Silva: enorme pega de caras de João Machacaz .Texto: António Lúcio - Fotos: Duarte Chaparreiro

Págs 6 e 7:

- Tauromaquia Atlântica:

Segunda das Sanjoaninas 2013. Para celebrar 40 anos na Arte de Pegar Toiros! Texto: Mário Aguiar Rodrigues - Fotos: Edgar Vieira

Pág 7:

- Tauromaquia Atlântica:

A cada dia das Sanjoaninas. A Festa dos Toiros foi contínua e marcante!

Texto: Mário Aguiar Rodrigues - Fotos: Edgar Vieira

 

Pág. 8:

- Sanjoaninas em imagens

I Fotos: Edgar Vieira

Pág. 9:

- Tauromaquia Atlântica:

3ª Corrida das Sanjoaninas. Corrida de Rego Botelho com falta de casta.

Castaño sobressaiu em tarde cinzenta. Texto: Mário Aguiar Rodrigues - Fotos: Edgar Vieira

- Pub Albufeira – Corridas no Mês Julho

 

Pág. 10:

- Em Pero Pinheiro, manda o Becas...Texto: Marco Gomes - Fotos: Emílio de Jesus

Pág 11:

Noite de triunfo em Évora. Texto: Herlander Coutinho - Fotos: Florindo Piteira

Pág 12:

- Magnífica noite de toiros em Torres Vedras. Grandes actuações dos cavaleiros frente a bons toiros de David R. Telles. Texto António Lúcio Fotos: Emilio de Jesus

Pág. 13:

- Memórias da Festa. Por: Luís Miguel Barroso

- A Corrida de Toiros. Vida e Morte. Glória, Grandeza e Tragédia. Por: Dr. Varela de Matos

- Coisas & Loisas da nossa Festa

Pág 14:

Balanço da Feira de São João em Badajoz. Texto: Herlander Coutinho - Fotos: Ismael Rodriguez

Pág 15:
- Agenda Taurina

- Notícia: Clube Taurino da Moita

- Notícia: Pedro Gonçalves e Simão Neves em Madrid. Fotos: Ricardo Relvas

Pág 16:
- Publicidade Campo Pequeno – Corrida 4 Julho

 

 

 

35 ANOS QUE REVOLUCIONARAM O TOUREIO

01.07.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

De há muito que o cavaleiro João Moura tem o seu nome gravado a letras de ouro na história da tauromaquia mundial. Ao longo de 35 anos de profissionalismo, que este ano comemora, efeméride que o Campo Pequeno saúda com especial satisfação, consolidou uma profunda revolução no toureio a cavalo, criando uma tauromaquia própria, que atravessou fronteiras. Nesta corrida, os aficionados terão oportunidade de mostrar a João Moura toda a gratidão pelo seu legado para a história do toureio a cavalo.

 

Alternam com João Moura dois jovens cavaleiros de duas importantes dinastias do toureio de Portugal e Espanha: Manuel Ribeiro Telles Bastos e Manuel Manzanares.

 

Manuel Ribeiro Telles, representa a linha clássica do toureio a cavalo, que tão bem absorveu de seu avô, Mestre David Ribeiro Telles, seu padrinho de Alternativa e também padrinho de alternativa de João Moura. Por seu turno, Manuel Manzanares representa a entrada do “rejoneo” numa dinastia que até agora deu dois matadores de toiros, ambos com o mesmo nome artístico: José Maria Manzanares. Manzanares pai passou à história como uma das maiores figuras mundiais do toureio do século XX e Manzanares filho é, após 10 anos de Alternativa, uma das maiores figuras do toureio na actualidade. Cabe agora Manuel Manzanares, que nesta corrida confirma sua Alternativa, prolongar nas arenas todo o esplendor do apelido toureiro da família.

 

As pegas estarão a cargo dos grupos de forcados Amadores de Portalegre e Aposento da Moita, dois grupos de grandes pergaminhos na arte de pegar toiros. O grupo do Aposento a Moita apresenta-se em Lisboa com o novo cabo: José Pedro Pires da Costa, também ele um forcado de dinastia.

 

Serão lidados seis preciosos toiros da ganadaria Brito Paes, que se estreou em Beja a 10 de Agosto de 1962. O encaste actual desta ganadaria é Soler-Pinto Barreiros e Cabral Ascensão e a sua procedência Filipe Malta.

 

Abrilhanta a corrida a Banda Filarmónica da Sociedade do Progresso e Labor Samouquense, dirigida pelo Maestro Jorge Taneco.