Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

24.ª SEMANA DA CULTURA TAUROMÁQUICA CELEBRA UNIVERSO TAURINO, DE 28 DE JUNHO 4 JULHO

28.06.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Esta sexta-feira, 28 de junho, tem início a 24.ª edição da “Semana da Cultura Tauromáquica”, em Vila Franca de Xira. A iniciativa celebra o universo taurino, prolongando-se até 4 de julho, véspera do começo da 81.ª edição da festa maior que é o “Colete Encarnado”.

 

O programa é composto por momentos diversificados, entre exposições, colóquios e iniciativas de maior ação e espetáculo.

 

As exposições apresentam temas e formas de expressão muitos variadas e podem ser apreciadas em diversos locais da cidade.

 

Para os colóquios, no Salão Nobre da Câmara Municipal e na Praça de Toiros Palha Blanco, conta-se com a participação de personalidades conhecedoras e reconhecidas no meio.

 

Entre as iniciativas de maior ação e espetáculo contam-se, entre outros, aulas práticas de toureio, um peddy-paper taurino, a iniciativa “tertúlias na rua” ou um espetáculo de recortadores a não perder.

 

Com esta iniciativa, a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira pretende continuar a defender esta expressão cultural, enquanto marca identitária duma região.

São parceiros da iniciativa o Clube Taurino Vilafranquense, a Escola de Toureio José Falcão, a empresa “Tauroleve”, o clube de campismo “As Sentinelas” e a Junta de Freguesia de Vila F. Xira.

FIGURA ÍMPAR DO CAMPINO RETRATADA NA EXPOSIÇÃO “O CAMPINO. IMAGINÁRIOS DE UMA IDENTIDADE”

28.06.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Dia 28 de junho, pelas 21h30, inaugura, no Celeiro da Patriarcal, em Vila Franca de Xira (Rua Luís de Camões, n.º 130) a exposição “O Campino. Imaginários de uma Identidade”. A mostra é dedicada e esta figura de referência dos campos ribatejanos e ímpar no mundo, dando a conhecer representações visuais de várias facetas da vida deste profissional, ficando patente até 13 de outubro.

 

Ao todo, será possível apreciar mais de 280 peças entre trabalhos de fotografia, postais, vídeo, desenho, pintura, gravura ou escultura. Trabalhos provenientes não apenas do acervo da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, mas também de variadas instituições locais e nacionais, bem como privados, que ajudaram a dar corpo à edificação de um trabalho amplamente representativo, que se apresenta distribuído pelas seguintes áreas temáticas: Trabalho, Descanso, Festividades, Religiosidade, Retrato e Reconhecimento.

 

Após a inauguração está prevista a atuação de fadistas de Vila Franca.