Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

1 DE MAIO –BOA JORNADA TAURINA COM JUVENTUDE NO CARTAXO

03.05.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A praça de toiros do Cartaxo recebeu, no passado dia 1, um espectáculo de Variedades Taurinas, em qual a juventude deu cartas, frente a erales do Eng. J .Carvalho, Felicidade Dias, Raquel Fragoso Carvalho e Canas Vigoroux.

 

Com Cerca de meia casa preenchida, a tarde foi muito agradável.

 

Em disputa estava o troféu “ Tertúlia Loucos do Cartaxo” para a melhor lide a cavalo, melhor lide a pé e melhor pega.

 

Os Vencedores:

Lide a cavalo:  Parreirita Cigano

Lide a Pé : João Martins ( Escola da Moita)

Melhor  pega: B. Campino (cabo dos forcados Juvenis  do Cartaxo)

Informação e fotos: Fernando Clemente

25 DE ABRIL - TENTA NA GANADARIA BRITO PAES

03.05.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Realizou-se no passado dia 25, uma tenta na herdade do Monte Velho, pertencente à Ganadaria Brito Paes, onde estiveram presentes os Alunos da Academia de Toureio do Campo Pequeno.

 

O dia foi marcado pelo excelente toureio praticado pelos alunos da Academia que mostraram muito valor e uma franca evolução, além da forte paixão pela arte do toureio, deslumbrando assim todos os presentes.

 

Foram lidadas 5 belíssimas reses, das quais se destacaram 2, de excelente nota.

 

No final, o Filho do Ganadeiro, presenteou todos com o seu toureio a uma das reses.

Fotos: Fernando Clemente

Texto: Elisabete Vidal

ALTERNATIVA DE JOÃO MARIA BRANCO NO 7º ANIVERSÁRIO DA REINAUGURAÇÃO DO CAMPO PEQUENO

03.05.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

 

Mais uma vez, o aniversário da reinauguração do Campo Pequeno (16 de Maio de 2006) fica associado a um acontecimento de grande impacto no panorama tauromáquico português.

 

Ao comemorar-se o 7º aniversário da data em que o Campo Pequeno foi devolvido “à cidade e ao mundo”, a empresa abre as portas da Catedral Mundial do Toureio a Cavalo para a cerimónia de Alternativa do jovem e promissor cavaleiro João Maria Branco. Preside a este acto marcante para a carreira de qualquer cavaleiro, o consagrado Joaquim Bastinhas, ídolo incontestável das arenas, com uma trajectória artística brilhante e que nesta temporada comemora trinta anos de Alternativa.

 

Para testemunhar o acto, nada mais que o rejoneador espanhol Pablo Hermoso de Mendoza, a maior figura de sempre do rejoneio que, há poucas semanas, cumpriu o impressionante número de 2000 corridas toureadas. Pablo apresenta-se em Lisboa depois de uma triunfal temporada na Colômbia, Venezuela e México e antes de iniciar mais uma temporada em Espanha e França, onde há mais de 20 anos o seu nome é presença obrigatória em todas as grandes feiras taurinas. Na memória dos espectadores portugueses estará ainda, por certo, a extraordinária actuação com que Pablo os brindou na noite mágica de 6 de Setembro do ano passado, nesta mesma praça, premiada com cinco voltas à arena.

 

Bastinhas e Pablo Hermoso são duas das mais queridas figuras de sempre do público português. Juntam-se neste imponente cartel para acolher, entre os profissionais do toureio equestre, o cavaleiro praticante que obteve mais prémios na temporada de 2012: João Maria Branco, um nome em quem os aficionados depositam as maiores esperanças no quadro da renovação no naipe de cavaleiros da actualidade.

 

Pegam esta corrida os grupos de forcados amadores de Évora e Alcochete, capitaneados respectivamente por António Alfacinha e Vasco Pinto. Dois grupos de primeira classe que, desde sempre, incorporaram nas suas fileiras alguns dos maiores forcados da história. Para o grupo de Évora, a presente temporada reveste-se de um significado especial, pois comemora 50 anos de actividade.

 

Serão lidados seis preciosos toiros da ganadaria Passanha, que tantas tardes e noites de glória têm dado aos artistas que integram este cartel. Com antiguidade datada de 3 de Setembro de 1972, em Madrid (Las Ventas) procede da ganadaria da Condessa de “Las Atalayas”, sendo o seu encaste Murube-Urquijo.