Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

JOSÉ GARRIDO: TRIUNFO E COLHIDA; POSADA DE MARAVILLAS COM BOM TOUREIO. NOVILHADA MUITO INTERESSANTE DE EL FREIXO

14.04.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Praça de Toiros de Badajoz – 13.04.13 – Novilhada com Picadores

Lotação: ¼ casa

Novilheiros: José Garrido (OO-O-OO), Posada de Maravillas (OO-ov.-O)

Ganadaria: El Freixo

 

JOSÉ GARRIDO: TRIUNFO E COLHIDA; POSADA DE MARAVILLAS COM BOM TOUREIO. NOVILHADA MUITO INTERESSANTE DE EL FREIXO

 

A praça de toiros de Badajoz recebeu em  mano-a-mano os novilheiros pacenses triunfadores da Feira de Olivenza José Garrido e Posada de Maravilas com uma bem apresentada e interessante novilhada de El Freixo, propriedade de El Juli, deixando muito boas notas dos dois toureiros e uma impressionante colhida do jovem Garrido, volteado várias vezes pelo terceiro novilho da tarde. O presidente da corrida teve, quanto a nós, um critério largo na concessão de prémios mas, ao mesmo tempo, soube entender os pedidos do público.

 

José Garrido andou bem com o capote, em quites onde a variedade e qualidade dos lances foi sublinhada com olés do público e, no que abriu praça e foi o melhor novilho da tarde, construiu uma bela faena de muleta em especial ao tourear por derechazos, largos e templados, rematados com passes de peito, enquanto que pelo lado esquerdo diminui de intensidade no seu labor. Matou de eficaz estocada a receber e passeou as 2 orelhas. No terceiro da tarde, que teve mais força e foi mais complicado, só a espaços conseguiu ligar os muletazos sem dexar que o novlho derrotasse na flanela rubra, sendo que a fase final da muleta foi de melhor nota. Depois de um pinchazo, entregou-se na execução da sorte suprema e foi voletado de feia forma, tendo de ingressar na enfermaria mas só após dar volta ao ruedo com mais uma orelha nas mãos. Regressaria para lidar o quinto, numa faena razoável pelos dois pitóns, a ligar bem os muletazos, mostrando raça e querer, em novilheiro e matando de novo bem com uma boa estocada, tendo o público exigido as 2 orelhas do novilho.

 

Posada de Maravillas é um novilheiro a rever também. Mostrou maneiras e um corte de toureio que pode impactar. Esteve bem de capote no seu primeiro com bonitas verónicas e desenhou uma bonita e saborosa faena de muleta com muletazos de muita qualidade e  profundidade, bem ligados e bem rematadas as séries. Uma actuação muito interessante, rematada com estocada e que lhe valeu o prémio de duas orelhas. De pouca força mas com qualidade era o quarto da tarde, e o jovem novilheiro soube cuidar das suas investidas a meia altura, tentando que o novilho ganhasse confiança e, depois com alguns muletazos de melhor nota no final. Não esteve certeiro a matar e o prémio ficou-se por ovação. No que encerrou praça, precisava ter-se cruzado mais, vencendo o pitón, para lhe sacar melhores muletazos que, aqui e ali, saíram de boa nota sempre e quando se cruzou e embebeu a investida na muleta. Matou com uma boa estocada e foi premiado com mais uma orelha.

 

Os novilhos de El Freixo, estavam bem apresentados (477kg, 456kg, 490kg, 462kg, 458kg, 475kg), foram desiguais de comportamento mas com muito para tourear tendo-se destacado primeiro, segundo e quinto.

 

Os dois novilheiros saíram em ombros no final da novilhada.

JOSÉ GARRIDO - COLHIDA E TRIUNFO ONTEM EM BADAJOZ

14.04.13 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A novilhada que ontem se realizou em Badajoz, com interessante entrada de público em tarde de calor, teve em José Garrido o triunfador ao cortar um total de 5 orelhas (00-0-00) apesar de uma tremenda voltareta e colhida ao matar o terceiro da ordem (ver fotos abaixo), enquanto Posada de Maravillas cortou 3 orelhas (00 - ovação - 0), com novilhos de El Freixo.

 

Não perca a crónica ainda hoje.