Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

RUI SALVADOR E FRANCISCO BORGES VENCERAM OS TROFÉUS EM DISPUTA EM SALVATERRA

29.07.12 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Praça de Toiros de Salvaterra de Magos – 28.07.12

Director: Pedro Reinhardt – Veterinário: Carlos Santana – Lotação: +- ½ casa

Cavaleiros: Rui Salvador, Ana Batista, Marcelo Mendes

Forcados: Amadores de Montemor e Vila Franca

Ganadaria: Palha

 

RUI SALVADOR E FRANCISCO BORGES VENCERAM OS TROFÉUS EM DISPUTA EM SALVATERRA

 

A corrida de Salvaterra de Magos tinha, à partida, motivos de interesse para o aficionado e para o público em geral aderirem de forma mais massiva do que aquela que efectivamente veio a suceder pois apenas metade das bancadas estavam preenchidas. Rui Salvador, pela lide realizada perante o quarto da noite, o forcado de Montemor Francisco Borges, pela pega efectuada ao quinto, foram justamente os premiados pela “Melhor Lide” e “Melhor Pega”, reunindo também o consenso do público.

 

Esta tinha corrida havia sido promovida com base no toiro-emoção, com a ganadaria Palha a ser a escolhida. Na realidade, defraudaram em termos de apresentação alguns dos toiros (1º. escorrido de carnes e selado; 2º. anovilhado e sem trapio); saíram mansos e sem qualidade os terceiro e sexto (este a fechar-se em tábuas e a sair em fuga rápida após o ferro); cumpriu o quarto da ordem, e o 5º adiantava-se no momento do ferro. Não foram colaboradores e entraram forte nos forcados.

 

Com esta matéria-prima, o esforço dos cavaleiros para sacar o máximo partido em cada actuação é de enaltecer apesar de nem sempre as coisas lhes terem corrida da melhor forma. Mas estiveram entregues em cada actuação para que o público saísse satisfeito no final da corrida.


Rui Salvador teve uma primeira actuação de boa nota, cravando dois bons curtos entrando em terrenos de compromisso. Mas seria frente ao quarto da ordem, o único de potáveis e nobres investidas que assinaria uma lide que foi justamente premiada como a melhor da noite pois coexistiram bons momentos de brega com a cravagem de ferragem de mérito maior, culminando a sua exibição com um grande ferro em sorte ao pitón contrário que resultou muito bem.

 

Ana Batista assinou na lide do seu primeiro o melhor ferro curto da noite, exactamente o que encerrou a sua actuação, pisando terrenos do toiro, entrando por ele dentro como se diz na gíria, e cravando bem no alto. No seu segundo assinaria uma lide interessante, com boa brega e bons ferros curtos entre os aplaudos do público. Um conjunto muito interessante e de bom nível as suas duas actuações.

 

A Marcelo Mendes tocou a fava do bolo com dois toiros mansos e complicados e com o sexto a ser o pior de todos os que saíram à arena. No seu primeiro sentiu dificuldades para se impôr ao manso e a actuação não teve brilho. Mas teve mérito na forma como se expôs ao perigoso sexto da ordem, cravando todos os ferros em sortes sesgadas pois o toiro não saía de tábuas senão para fugir do castigo. Entrou pelo toiro dentro com todo o mérito em quatro curtos em que teve se de expôr imenso e à sua montada, sublinhadas as sortes pelos aplausos do público.

 

Pegaram esta corrida os Amadores de Montemor e de Vila Franca, os quais conseguiram grandes e emotivas pegas de caras. Pelos Amadores de Montemor foram forcados de cara António Vacas de Carvalho (bem à 2ª), Tiago Teles de Carvalho (também à segunda tentativa) e Francisco Borges numa duríssima pega ao primeiro intento. Por Vila Franca estiveram na cara dos toiros Rui Godinho (rija à 1ª), Rui Graça (à 2ª) e Ricardo Patusco numa rija pega concretizada ao primeiro intento.

 

Na direcção de corrida esteve Pedro Reinhardt (a sua falta de critério na concessão de música e de sensibilidade é cada vez mais gritante e notória) assessorado pelo veterinário Carlos Santana.

 

OS DIRECTORES DE CORRIDA E VETERINÁRIOS PARA AS PRÓXIMAS CORRIDAS

27.07.12 | António Lúcio / Barreira de Sombra

São já conhecidos os Delegados Técnicos Tauromáquicos que a IGAC nomeou para os próximos espectáculos tauromáquicos:

 

SEXTA-FEIRA

27 – Castro Verde – Agostinho Borges, Dr. Matias Guilherme

27 – Riachos (T.Novas) – Sr. Pedro Reinhardt, Dr. João Nobre

 

SÁBADO

28 – Salvaterra de Magos – Sr. Pedro Reinhardt, dr. Carlos Santana

28 – Lousada – Sr. Nuno Nery, Dr. José Luis Cruz

28 – Lourinhã – Sr. Ricardo Pereira, Drª. Francisca Claudino

28 – Mourão – Sr. Agostinho Borges, Dr. Tenório Guerra

 

DOMINGO

29 – Foz do Sizandro – Sr. Ricardo Pereira, Dr. José M. Lourenço

29 – Seia – Sr. Lourenço Luzio, Dr. Carlos Santos

29 – Trofa – Sr. Nuno Nery, Dr. José Luis Cruz

29 – Caldas da Rainha – Sr. Pedro Reinhardt, Dr. João Nobre

SAMORA CORREIA VOLTA A SER A CAPITAL DO TOIRO-TOIRO

25.07.12 | António Lúcio / Barreira de Sombra

 

Em colaboração com a ARCAS, a empresa Tauroleve levará a efeitos nos dias 17 e 20 de Agosto, mais uma Feira Taurina em Samora Correia por ocasião das Tradicionais Festas em Honra de Nossa Senhora da Oliveira e Nossa Senhora de Guadalupe.

 

Um ano mais, o toiro será figura central desta Feira Taurina, que apesar de ser realizada numa praça desmontável, é já umas das mais importantes do panorama taurino nacional, e no qual figurarão as importantes divisas de Manuel Assunção Coimbra (apresentação em Samora) e Canas Vigouroux (que regressa dez anos depois).

 

Os cartéis são os seguintes:

 

Dia 17 de Agosto pelas 22:00 Horas – Corrida à Portuguesa – Toiros de Manuel Assunção Coimbra para Sónia Matias, Ana Batista, Pedro Salvador, Filipe Gonçalves e os praticantes Nelson Limas e Verónica Cabaço. As pegas estão a cargo dos amadores de Alcochete e Aposento da Moita. De salientar que nesta corrida intitulada com a Corrida das Tertúlias, estão em disputa o troféu para a melhor lide a cavalo “Imobiliária Olival” e troféu para a melhor pega “Bar Tretas e Olé”

 

Dia 20 de Agosto pelas 22:00 Horas – Corrida à Portuguesa – Toiros de Canas Vigouroux para António Ribeiro Telles, Duarte Pinto e Marcelo Mendes. As pegas estarão a cargo dos amadores de Vila Franca e Ribatejo.

De salientar que pelas 10 horas dos dias das corridas decorrerão os tradicionais encierros com os toiros da corrida da noite.

ARTE & EMOÇÃO - PROGRAMA Nº 20 - 28-7-2012 - SINOPSE

25.07.12 | António Lúcio / Barreira de Sombra
A corrida inaugural da temporada na Nazaré e a de 19 de Julho no Campo Pequeno, são os dois espectáculos que marcam este Arte & Emoção.

Numa viagem ao passado, estaremos à conversa com D. Francisco de Mascarenhas.

Oportunidade ainda para conhecer os toiros Domecq da ganadaria Santiago e aprender mais sobre as sortes do toureio a pé.