Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

TRÊS «SILVAS» PARA BEJA

05.04.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Segundo a empresa Aplaudir, “Depois da tempestade chega a bonança, ou seja, depois de na Temporada passada ter havido uma grande mácula com um curro de Felipe Bartolomé este ano está resenhado um bom curro da famosa Ganadaria dos Herds. Dr. António Silva. Os terrorificos Silvas estarão presentes na Corrida da Ovibeja no dia 7 de Maio , sábado , pelas 17 horas
Em breve anunciaremos os Cavaleiros e os Forcados que terão de se haver com estes magnifcos toiros.

Vai ser mesmo o regresso do toiro-toiro com preços desde 10 euros!”

 

Em seguida veja as fotos dos toiros de António Silva.

TERTÚLIA TAUROMÁQUICA DA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA EM FUNÇÕES

05.04.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

“É com enorme gosto que vos comunicamos que a Tertúlia Tauromáquica da Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa voltou à sua actividade, pelo esforço conjunto dos alunos da Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa, Évora e do Instituto Superior de Agronomia.

Dentro dos eventos agendados estão previstas várias palestras com professores universitários, médicos veterinários, entre outros, cuja temática abordada girará em torno do toiro de lide e toda a sua envolvente.

Estão também previstas semanas temáticas onde incluiremos diversas saídas de campo de modo a proporcionar a todos os associados e aficionados uma visão mais abrangente e um maior conhecimento no que toca à produção e utilização do toiro de lide.

 

Para mais informações, contactar: tertuliatauromaquicafmv@gmail.com

 

Esperamos contar com a participação de todos os aficinados. Em breve serão publicadas mais novidades

 

Agradecemos divulgação,

 

Tertúlia Tauromáquica de Medicina Veterinária de Lisboa”

 

 

 

ALTERNATIVA DE FILIPE VINHAIS DIA 1 DE MAIO NO CARTAXO

04.04.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

No próximo dia 1 de Maio pelas 17 horas, o Cartaxo e a Festa do Vinho do Cartaxo receberão a tradicional corrida de toiros que inicia a temporada nesta praça Ribatejana. Um cartel magnífico, em que será dada uma alternativa de cavaleiro profissional.

Filipe Vinhais tomará a alternativa apadrinhado pelo cavaleiro Manuel Jorge Oliveira, e sob o testemunho de António Ribeiro Telles.

Nesta Grandiosa corrida pegam os forcados de Lisboa e Azambuja, e serão lidados 6 magníficos e exemplares toiros, sendo 3 com ferro Jorge de Carvalho e 3 com ferro Casa D’Avó.

 

Espera-se um final de tarde repleto de emoções fortes.

Vamos aos Toiros! Vamos ao Cartaxo no dia 1 de Maio!

“PROCUNA” É PROFESSOR DA ESCOLA DE TOUREIO DA MOITA

04.04.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Luís Vital “Procuna”, inserido no renovado projecto da Escola de Toureio da Moita, recuperada pela Sociedade Moitense de Tauromaquia, agora denominada Escola de Toureio e Tauromaquia da Moita, foi apresentado oficialmente no sábado, 2 Abril, em conjunto com o bandarilheiro Júlio André, “Procuna” ensina, irá transmitir os seus ensinamentos a jovens que sonham um dia pisar a arena. Na base de esforço e respeito pela terra, pela juventude da Moita e pela S. M. T. e o seu ambicioso projecto de recuperar a escola de toureio que nos últimos anos mais toureiros tem dado á festa, matadores e bandarilheiros, onde pela mão do Maestro Armando Soares, “Luís “Procuna” se formou e forjou um Matador de Êxitos!

 

Depois de Pedro Brito de Sousa ter feito a apresentação oficial da renovada escola decorreu na arena da Monumental Daniel do Nascimento uma simbólica primeira aula com um punhado de jovens sonhadores, primeiros alunos a quem “Procuna” irá transmitindo os seus ensinamentos.

 

Entretanto decorrem algumas negociações para Espanha a caminho da confirmação de Luís Vital “Procuna” em Madrid. 

AMANHÃ NO «BARREIRA DE SOMBRA» ÁS 21H

03.04.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

 

A próxima emissão do «Barreira de Sombra», nos 106.4 fm da Rádio Oásis, a partir das 21h, contará com as entrevistas a Daniel Nunes, um dos novilheiros que actuará no dia 25 de Abril em Sobral e com os promotores da corrida do próximo dia 17 em Caneças.

 

Falaremos ainda dos livros de Fancis Wolff e de Fernando Savater, respectivamente "Filosofia de las corridas de toros" e "Tauroética".

 

A não perder a partir das 21h. Também em www.radiooasis.pt (emissão on-line).

NO CAMPO BRAVO COM DANIEL NUNES...

03.04.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

O jovem novilheiro de Praia do Ribatejo, Daniel Nunes, que tão boas provas tem dado em Espanha e nas incursões que tem feito em Portugal, é um dos toureiros que compõem o cartel do festival que a Tertúlia Tauromáquica Sobralense levará a efeito a 25 do corrente pelas 17 horas, e nós acompanhámos a tenta que efectuou na ganadaria de Falé Filipe no passado domingo dia 3 e onde mostrou um interessante grau de maturidade.

 

A anteceder o tentadero, sócios e amigos da Tertúlia e do ganadeiro, tiveram oportunidade de visitar os diversos cercados onde pastam toiros e novilhos de saca, e onde estão os que serão lidados em Sobral de Monte Agraço, aproveitando o momento para desfrutar das magníficas vistas da Herdade das Covas e dos imponentes toiros e novilhos que ali pastam.

 

O ganadeiro encerrou 3 novilhas que deram distinto jogo e comportamento, nobre e muito suave a primeira, de enraçadas investidas e com algum picante a segunda, e mansota e sem grande vontade a terceira. Com elas pudemos ver como o jovem novilheiro está placeado, rodado, com conhecimentos de terrenos e distâncias, entendo perfeitamente as características das novilhas.

 

Daniel Nunes recreou-se no toureio ao natural e nuns quantos derechazos de nível na primeira, correndo bem a mão, deixando a muleta na cara da novilha sempre que era necessário para que esta não quisesse buscar a defesa das tábuas. Mas foi na segunda que, francamente, gostei da atitude do toureiro já que a novilha pedia meças, investia forte e havoa que lhe fazer bem as coisas. Colocou-se de largo para o primeiro muletazo e depois foi-lhe ganhando terreno em cada um dos seguintes muletazos para a obrigar a seguir o circulo imposto pela flanela. Houve momentos de bom toureio, com profundidade e a mostrar que existe ali madeira para outras obras.

 

De seguida fique com algumas fotos deste dia de campo na Herdade das Covas e com a tenta a cargo de Daniel Nunes.

DIVULGAÇÃO LITERÁRIA TAURINA - «TAUROÉTICA», DE FERNANDO SAVATER

02.04.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Dando seguimento à nossa intenção de divulgação de livros e de conteúdos de interesse para a formação de opinião por parte dos aficionados e transmissão de conhecimentos sobre todas as matérias relacionadas com a tauromaquia, trazemos hoje o livro «Tauroética», de Fernando savater, editado já neste ano de 2011 pela Turpial em Madrid. É mais um  conjunto de textos de elevado interesse e valor em termos de opinião crítica.

Na contracapa escreve-se: “O debate no Parlamento da Catalunha sopbre a abolição das corridas de toiros voltou a colocar na actualidade uma velha polémica: é um espectáculo curel e brutal, resíduo do pior do nosso passado? Ou uma manifestação artistica de fina raíz espanhola? O cerne da discussão é, sem dúvida, de carácter ético.

 

Os que pedem que se proíba a festa taurina não o azem por razões estéticas nem duvidam de que seja tradicional, antes questionam a sua moralidade. Contas feitas, trata-se de uma questão filosófica, não folclórica ou sentimental. Nela se centra este livro. Não é uma alegação em favor das corridas de toiros mas sim contra as argumentações moralistas daqueles que as querem suprimir. Sobretudo é uma reflexão sobre as nossas relações com os animais e a diferença essencial entre os propósitos que devemos ter com eles e as obrigações éticas que temos com os humanos.”

 

O livro, dividido em duas partes e sete textos de grande interesse (Prólogo; Nuestra actitud moral ante los animales; Pregón taurino; Toro o nada; Rebelión en la granja; Malos pasos; La honradez de la fiera) termina de forma exemplar com o seguinte excerto da autoria de Ignácio Sànches-Mejias:

 

“O mundo inteiro é uma enorme praça de toiros onde o que não toureio investe. Isto é tudo. Dois imensos bandos: manadas de toiros e multidões de toureiros, e, em consequência, é a luta pela nossa própria vida que nos obriga a tourear.”

 

In, Tauroética, de Fernando Savater, ediciones Turpial, Madrid, 2011

Pág. 5/5