Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

ESTA NOITE NO «BARREIRA DE SOMBRA» - 21H - 106.4 FM

14.03.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A edição de hoje do »Barreira de Sombra» irá ter como destaques:

 

- entrevista com a directora da Rádio Campanário de Vila Viçosa sobre o festival do próximo sábado

 

- entrevista com João Pedro Bolota, da Aplaudir

 

e como convidados em estúdio

 

- Tertúlia Tauromáquica Sobralense e a novilhada de 25 de Abril

ALCOCHETE - TRIUNFOU A SOLIDARIEDADE E DÁVILA MIURA

13.03.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Num espectáculo de beneficência e onde os possíveis lucros revertem para uma associação que cuida de jovens em perigo, como é o caso da “Abrigo”, juntar um naipe importante de artistas é sempre tarefa difícil e é a presença do público, que aderiu uma vez mais em massa, que galvaniza os toureiros para se superarem. Aqui existem duas causas e os protagonistas só podem se os artista que, desinteressamente, colaboram na iniciativa e procuram que ela seja de êxito, como o foi para Dávila Miura frente a um excelente novilho de São Torcato.

 

Serve este introito para dizer que não entendi o porquê dos preciosismos do senhor director de corrida Pedro Reinhardt ao enviar o primeiro aviso ao rejoneador espanhol Fermin Bohórquez ao fim de cerca de 8 minutos de lide e depois mais dois que este ignorou ante o pedido do público para que cravasse o par de bandarilhas ou, depois, quando iniciou a volta sem o ter cumprimentado respeitosamennte como é da praxe. Ou ainda já no final da faena de muleta de Procuna ante um toiro difícil e quando se preparava para rematar essa mesma lide. Só que é pena que estas cenas aconteçam num festival de beneficência e não noutras situações em que algumas figuras iniciam a volta longe da direcção e sem o respectivo cumprimento...

 

No capítulo do toureio a cavalo gostei francamente da actuação de António Telles frente a um exemplar de Passanha que, quando provocado, investia com raça. Dois curtos de classe e um de palmo em terrenos de tábuas e com o novilho a carregar com força, serviram para António deixar nota da sua maestria e classe.

 

Fermin Bohórquez esteve bem a receber o toiro da sua ganadaria, com classe e cravou dois curtos de boa nota e um par de bandarilhas já no meio da confusão dos avisos. Uma lide mediana premiada com 2 voltas à arena por ter desobedecido ao director, sinal de que o público que paga o seu bilhete també exige que os directores tenham um pouco mais de atenção nestes casos.

 

Vitor Ribeiro, com um bom exemplar de La Dehesilla, rubricou uma lide dentro do seu estilo, com alguns curtos entrando em terrenos de maior compromisso e saindo-se a contento.

 

Manuel Lupi, com um colaborante exemplar de José Lupi, esteve em bom plano. Bons ferros em sortes frontais, com distâncias mais curtas como o toiro pedia, e bons momentos para o publico e aficionados.

 

No capítulo das pegas, Fernando Quintela abriu praça com uma pega à primeira em que não esteve correcto na reunião; Tiago Ribeiro e Bernardo Cardoso consumaram uma boa pega de cernelha à 2ª entrada; Álvaro Dentinho recuou bem e fechou-se com decisão à 1ª e Diogo Amaro também à primeira a fechar o capítulo dedicado à forcadagem que, uma vez mais, foi comandada por João Simões.

 

No toureio a pé, Vítor Mendes esteve poderoso e vistoso de capote com verónicas e chicuelinas e deixou um excelente par de bandarilhas. Mas depois o exemplar de Falé Filipe, com 4 anos, apenas permitiu meia dúzia de passes, metendo a cara no chão e não querendo investir em lado algum. Mendes tentou mas o toiro não andava.

 

Dávila Miura esteve correcto de capote e desenhou uma boa faena de muleta por ambos os pitóns frente a excelente novilho de São Torcato. Passes de qualidade por ambos os pitóns, rematados de peito e, no final, uns circulares invertidos conferiram-lhe o triunfo e a merecida volta na companhia do ganadeiro.

 

Luis Procuna teve por diante um toiro de Ortigão que não deu facilidades e lidou-o de frma correcta com um capote, preenchendo um bom tércio da bandarilhas. Com a muleta e à custa de muito de expor, conseguiu sacar meritórias tandas de muletazos e obrigar o toiro, manso, a passar. Injusto o aviso que escutou ao finalizar a faena.

 

Dirigiu, como já referimos, o delegado técnico sr. Pedro Reinhardt assessorado pelo veterinário Dr.Carlos Santos.

FESTA BRAVA DE LUTO COM A MORTE DE MÁRIO FREIRE

12.03.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Foi um dos mais respeitados taurinos e apoderado português, pela sua postura, pela sua afición, pelos gestos que sempre teve. Conheceu a fama enquanto bandarilheiro, mas foi como apoderado e representante de ganadarias que mais de perto conheci o «patrão Mário». Mário Freire, 82 anos bem vividos, deixou-nos ontem, sexta-feira 11 de Março. O seu corpo encontra-se na igreja de Santa Maria no Barreiro onde será velado e amanhã haverá missa de corpo presente para que, às 13h, o féretro siga em direcção ao Entroncamento onde será sepultado.

 

Á sua família e também á do cavaleiro Luis Rouxinol, enviamos os nossos mais sentidos pêsames pelo seu desaparecimento. Que descanse em Paz.

VI GALA DA TERTÚLIA O PIRIQUITA

10.03.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

A Tertúlia O Piriquita, irá organizar no próximo dia 26 de Março na Quinta de Santa Maria em Arruda dos Vinhos, a Gala de entrega dos troféus referentes à temporada 2010.

 

O programa começará as 19H00 com prova de Vinhos de Arruda acompanhado de Fado.

 

Depois do jantar haverá a entrega dos prémios com um espectáculo do Grupo Sonido Andaluz. A noite terminará com uma festa dos anos 80.

 

Quem quiser participar, poderá inscrever-se através do telefone 263975528.

 

Os premiados são:

Melhor lide a cavalo – João Telles Jr.

Melhor lide a pé – António Ferrera

Melhor Toiro – Mário Vinhas

Melhor pega – Pedro Galamba (Grupo de Coruche)

Troféus revelação – Cuqui e Manuel Vacas de Carvalho

Destaques da Temporada – RTP e Sociedade Campo Pequeno

 

Para mais informações: http://www.quintadesantamaria.pt/

TOIROS NA TELEVISÃO - CANAL FESTA BRAVA A PARTIR DE DIA 12

09.03.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Reatando a programação tauromáquica com as principais feiras taurinas de Espanha, o canal FESTA BRAVA da ZON está de volta a 12 do corrente, sábado próximo, e com uma vasta cobertura pela módica quantia de pouco mais de doze euros por mês.

 

PROGAMAÇÃO:

  •  12 a 20 de Março - Fallas de Valencia
  • 17 a 24 de Abril - Domingo de Ramos e Domingo de Páscoa
  • 25 de Abril a 8 de Maio - Feira de Abril de Sevilha
  • 10 de Maio a 2 de Junho - Feira de San Isidro
  • 5 de Junho - Rejoneio
  • 7 e 8 de Junho - Feira de Aniversário e Beneficência
  • 5 a 14 de Julho - San Fermin
  • Domingos de Julho - Novilhadas nocturnas
  • 20 a 28 de Agosto - Feira de Bilbao
  • 23 a 25 de Setembro - Feira de São Miguel
  • A definir - Feira de Outono
  • 7 a 16 de Outubro - Feira del Pilar

 

CONTRA BARREIRA TAMBÉM JÁ NAS BANCAS COM NÚMERO DE MARÇO

09.03.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Em destaque nessa edição temos as reportagens do festival taurino de Mourão e a inauguração da praça de toiros de Vinhais.

Destaque ainda para as entrevistas com o empresário João Pedro Bolota, com a Associação Abrigo, com o matador de toiros Luís Vital "Procuna" e ainda com o cavaleiro praticante Tiago Martins.

Realizámos ainda a cobertura de inúmeros eventos que, aliado aos habituais artigos mensais fazem desta mais uma edição a não perder!

· Editorial - 4

· Notícias - 5 a 6

· Picadeiro de Pancas promove passeio equestre - 6

· RECORDANDO o Diamantino Vizeu - 7

· IV Encontro Internacional de Escolas Taurinas - 8

· Centro Hípico Lebreiro de Azambuja em festa - 10

· Festa Taurina na Casa Almeida - 10

· Herdade Vale Lameira, Ferra de Poldros - 11

· ARTIGO DE OPINIÃO (por Rute Mourão) o Problemas Ético-Morais das Actividades Tauromáquicas - 12 a 13

· CULTURA TAURINA (por Ricardo Relvas) o Conhecer o toiro para amar a festa. O que é o trapio - 14

· LITERATURA TAURINA (por António Lúcio) o Da Barreira... 1943, de Saraiva Lima - 16 a 17

· ANT homenageia Dr. Francisco Moita Flores - 18

· Mourão encheu-se de um público ávido de toiros em tarde fria - 20

· António Brito Paes prepara temporada 2011 - 21

· IV Festival Taurino da Abrigo, a Festa Solidária - 23 a 24

· Vinhais inaugura praça de toiros - 26 a 27

· Entrega dos Galardões Campo Pequeno 2010 - 27

· Marcados a fogo - A ferra do gado - 28

· Luís Vital "Procuna", Matador de Toiros - 30 a 31

· Ibéricos, Remember Golegã - 32 a 33

· Tiago Martins, Moralizado para 2011 - 34 a 35

· A visão do empresário João Pedro Bolota - 36 a 37

· MOÇOS DE FORCADO, ANOS DE HISTÓRIA... ANOS DE GLÓRIA o Grupo de Forcados Amadores de Santarém, Rumo ao centenário - 38 a 42

· O Lagar, Triunfadores 2010 - 43

· CDN na Academia de Dressage - 44

· Noite de Fados na Quinta da Marchanta - 45

· Equitação de Trabalho na Academia de Dressage - 45

· SAÚDE EQUINA o Dente de Lobo - 46

· Roteiro Equestre - 48

· 7ª FIESTA Run Wild Run Free - 49

· Roteiro Taurino - 50

· Loja do Leitor – 51

Visite-nos em www.contrabarreira.com

 

 

NOVO BURLADERO DE MARÇO DEDICADO AOS FORCADOS

09.03.11 | António Lúcio / Barreira de Sombra

 

Já se encontra nas bancas a NOVO BURLADERO N.º 268. Trata-se da terceira edição ESPECIAL, este mês dedicada aos FORCADOS.

Baseámos o nosso trabalho sobre a tão portuguesa arte de pegar toiros, em três grandes entrevistas plenas de interesse a três destacados forcados: Vasco Pinto (Alcochete), Nuno Marques (Chamusca) e Pedro Coelho dos Reis (Aposento da Chamusca).

Capítulo à parte é o que dedicamos à Pega de Cernelha, com depoimentos de quatro especialistas de distintas gerações: António José Zuzarte (Montemor), Joaquim Pedro Torres “Peu” (Santarém), João Pedro Bolota (Alcochete) e Manuel Mata (Montemor).

No Top 10 de 2010, os cabos dos 10 grupos que mais pegaram, analisam as respectivas temporadas.

Em Glórias do passado, João Nunes Patinhas recorda-nos a sua recente passagem pelo México, país onde é ídolo e onde foi recentemente homenageado.

Num artigo de opinião com a sua indelével chancela, Jorge Faria fala-nos de: Pegar ou Agarrar?

Há ainda lugar para o Marcador da Temporada dos Grupos de Forcados Amadores, para o quadro identificativo dos Grupos que pegaram na temporada portuguesa de 2010, e duas páginas com magníficas fotos de algumas das melhores pegas de 2010.

A par do tema principal desta edição ESPECIAL FORCADOS, destaque também para os festejos que abriram a temporada de 2011: os festivais de Mourão e Granja e a corrida da inauguração da praça de toiros de Vinhais.

Para além de tudo isto, poderá ainda ler, como é hábito, Al Alimón, Taurocultura e Álbum de Memórias (Vítor Escudero), Tertúlia “NB” (David Leandro), América Taurina e Da Barreira (Carlos Martins), História do Toiro Bravo (José Henriques), As pelagens do toiro de lide e as suas particularidades (João Lucas), À Boca do Burladero e ABC da Tauromaquia (Catarina Bexiga), Efemérides (Tiago Fadigas), Recordações a Preto e Branco (António José Zuzarte), 5.ª Coluna (Fernando Marques) e As Fotografias do História (Duarte Chaparreiro).

Referência final para a entrega do V Prémio BACATUM, que terá lugar no Hotel Tivoli Lisboa no próximo dia 9 de Abril. ANTÓNIO BADAJOZ será o distinguido deste ano. Para se inscrever pode consultar a revista deste mês, onde encontrará o cupão de inscrição. Não falte!

Não deixa de ler a NB de Março. Junte a sua afición à nossa e desfrute de bons momentos de leitura!

E em Abril teremos a ESPECIAL ANIVERSÁRIO!