Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

No Faenas de quarta-feira 22 de Setembro, o destaque vai para a ENTREVISTA ao jovem cavaleiro ANTÓNIO BRITO PAES.


Nesta emissão oiça também, a REPORTAGEM da corrida de toiros realizada no passado dia 15, na Moita do Ribatejo, com os depoimentos dos matadores de toiros: VÍTOR MENDES, JUAN JOSÉ PADILLA, LUÍS PROCUNA. Do ganadeiro FALÉ FILIPE e do empresário ANTÓNIO MANUEL CARDOSO "NENÉ".


Isto e muito mais, a não perder quarta-feira, entre as 19 e as 20 horas!


Para ouvir em 88.2 fm ou na INTERNET em www.ultrafm.pt


O programa encontra-se sempre disponível no site da rádio Ultra Fm e no blog faenasnaradio.blogspot.com

Até lá vá aos toiros, divirta-se e emocione-se!

 

O conteúdo desta semana é o seguinte:

Editorial

Homenagem a José João Zoio

Monumental de Santarém – Toiros. Fados e Velas

1ª Corrida da Feira da Moita

2ª Corrida da Feira da Moita

3ª Corrida da Feira da Moita

4ª Corrida da Feira da Moita

Memórias da Festa

Corrida de Gala à Antiga Portuguesa no Campo Pequeno

Tauromaquia Atlântica

Sobral – Forcados deram nota mais

5ª Corrida da Feira da Moita

Monchique – Êxito com casa esgotada

Elvas – Noite de Festa

Bilhete Postal

Correio do Olé

 

O jovem novilheiro Português que no passado dia 9 de Setembro terminou a sua temporada espanhola na praça de toiros de Centrueñigo (Pamplona), onde foi o triunfador do festejo e onde se despediu de novilheiro sem cavalos! Partira para o México no próximo dia 26 de Setembro onde obteve já contactos para vários festejos onde debutará com cavalos…

O jovem novilheiro realizara a sua preparação para esta nova etapa na ganadaria de Espirito do Santo, propriedade do ganadeiro mexicano Pablo Labastida que recentemente esteve em Sevilha e pode apreciar as qualidades do jovem novilheiro em alguns tentaderos, surgindo assim este grande oportunidade!

Paco Velásquez é 1 dos novilheiros portugueses mais destacados em Espanha e que já está dando que falar depois das suas actuações na Real Maestranza de Sevilha e em Málaga

 

Paco Velásques terminou a sua Temporada com:

Portugal - 4 festejos (Campo Pequeno – Arruda dos Vinhos – Moita – Arruda dos Vinhos)

Espanha - 3 festejos (Sevilha – Málaga – Centrueñigo)

França - 1 festejo ( Arles)

México - 1 festejo (Auguascalientes)

*Actuou em 6 praças de 1ª categoria

 

A Tertúlia “ O Aficionado” leva a efeito uma exposição subordinada ao tema

“ JOSÉ MESTRE BATISTA – UM GRITO DE VERDADE E EMOÇÃO “, evocando os 25 anos da sua morte.

A inauguração da exposição vai ter lugar no próximo dia 22 de Setembro pelas 19 horas, e estará aberta ao publico de 23 de Setembro a 03 de Outubro de 2010        

TERTULIA  “O AFICIONADO”           

Travessa do Mercado Nº 12    

Vila Franca de Xira

Horário da Exposição

Dias úteis: 18h.00 - 20h.00 e das 21h.00 – 23h.00

Sábados e Domingos:  15h.00 – 19h.00

Montijo dia 25 às 17h, Concentração de Aficionados para Homenagear um dos Maiores Toureiros a Cavalo de Sempre: “ José João Zoio”.

 Como não podia ser de outra maneira, já que “Ele Foi Diferente”, na sua “Festa” quis a família abdicar de parte do lucro desta homenagem, apostando num curro de toiros, que comprou, com 4 anos , peso e trapio. Que Deus reparta sorte e que os toiros invistam. Porque nós os aficionados vamos lá estar….

Não fique em casa á espera que lhe contem. Deixe-se levar e arraste os seus amigos na “ Onda Zoio” …………….. até ao Montijo.

 Há momentos e sensações que não se contam. Vivem-se…

A Comissão Executiva

Aproveite e veja as fotos da autoria de Florindo Piteira dos touros a lidar.

A corrida de matadores-bandarilheiros não levou muita gente às bancadas da “Daniel do Nascimento”, com pouco mais de metade da lotação preenchida, em noite onde Mendes e Padilla triunfaram e o jovem Procuna não teve sorte no lote que lhe tocou, numa noite onde houve bom toureio de capote a cargo dos três matadores, os quais também preencheram com agrado o tércio de bandarilhas. Os toiros de Falé Filipe foram díspares de tipo e de comportamento, entregando-se o primeiro e o segundo e sendo de boa nota o saído em quinto lugar; pela negativa o terceiro da ordem.

 

Vítor Mendes desenvolveu duas faenas de técnica e ofício para meter os toiros na muleta e os obrigar a passar onde, quando e como quis, com boas séries por ambos os pitóns, maioritariamente ao natural no seu primeiro. Foi aí, na exacta escolha de terrenos e no aproveitamento das qualidades do toiro pelo lado esquerdo que residiu o segredo do êxito de Mendes. Não faltaram os bons remates, como um portentoso trincherazo e os adornos no final de ambas as lides.

 

Juan Jose Padilla calou fundo nos presentes pela sua entrega e pela variedade que imprimiu às suas faenas, com bons momentos em especial frente ao bom quinto da ordem, o qual soube aproveitar desde que abriu o capote, mostrando-lhe quem mandava ali. Bons muletazos por ambos os pitóns, acabando com alguns passes de adorno, tendo direito a especial chamada aos médios após a volta triunfal referente à lide desse quinto toiro.

 

Luis Procuna foi prejudicado pela falta de vontade de investir do seu primeiro, que cedo se rachou e fugiu da luta, impossibilitando o triunfo e tendo o matador que lhe «roubar» os passes junto a tábuas. No que encerrou praça, desenhou duas tandas de derechazos e o toiro descaiu para tábuas e por aí se ficou, com o matador a ter  novamente de sacar passes em tábuas, com mérito.

 

Direcção de Manuel Jacinto com dualidade de critério na concessão de música, assessorado pelo veterinário João Nobre.

Entre os dias 2 e 6 de Outubro realizam-se na Centenária Praça de Toiros Palha Blanco três corridas de toiros e um espectáculo de Variedades Taurinas onde o TOIRO e as GANADARIAS PORTUGUESAS vão estar em destaque.

Entendeu a Tauroleve, que neste ano tão atípico com a importação em grandes quantidades de toiros provenientes de Espanha, seria de extrema importância a criação de uma Feira da Imponência do Toiro Português, de forma a defender as Ganadarias Portuguesas já que as mesmas apresentarão na Palha Blanco Toiros Imponentes, de Fabuloso Trapío e que esperamos que tragam Emoção!

Após várias avaliações no Campo Bravo Nacional foram escolhidas as Ganadarias Palha, Herdeiros de António José Veiga Teixeira, Oliveira Irmãos, Eng. Jorge de Carvalho, Pégoras, Canas Vigouroux e Nuno Casquinha.

Acreditamos que idealizámos espectáculos de qualidade. Diversificados. E que à Extraordinária Apresentação dos Toiros e a escolha de Ganadarias que criam espectáculos Emocionantes junta-se a comparência dos mais destacados artistas da temporada em combinações onde a competição é visível.

Consideramos que estão reunidos os ingredientes para uma Feira com Extraordinários Resultados Artísticos.

 

As combinações são as seguintes:

 

Sábado, Dia 2 pelas 22 Horas – II Grande Corrida de Toiros JM Póvoa – 6 Toiros de Veiga Teixeira para Ana Batista, Pedro Salvador e Manuel Telles Bastos; Forcados Amadores do Ribatejo, Aposento Barrete Verde Alcochete e Clube Taurino Alenquerense

 

Domingo, Dia 3 pelas 17 Horas – I Corridas das Tertúlias – 7 Toiros de Canas Vigouroux para António Ribeiro Telles e Luis Rouxinol; Forcados Amadores de Vila Franca; Sánchez Vara e o novilheiro Manuel Dias Gomes

 

Terça-Feira, Dia 5 pelas 22 Horas (Feriado Nacional) – Corrida Concurso de Ganadarias – Toiros de Palha, Veiga Teixeira, Oliveira Irmãos, Eng.º Jorge Carvalho, Pégoras e Nuno Casquinha para João Salgueiro, João Telles Jr e o praticante Tomás Pinto; Forcados Amadores de Vila Franca

 

Quarta-Feira, Dia 6 pelas 22 Horas – I Espectáculo de Variedades Taurinas da União Desportiva Vilafranquense – 3 Novilhos de Manuel Dias (lide a cavalo) e 3 Novilhos de Pinto Barreiros (lide a pé) para Paulo d’Azambuja, João Maria Branco e Jacobo Botero; Forcados Amadores de Vila Franca; Miguel Murtinho, Tiago Santos, Tânia Fortunato, Pedro Noronha e João Carreira (Alunos da Escola de Toureio José Falcão)

Três Andamentos, é uma série sobre cavalos e toda a actividade envolvente.

 

As principais raças autóctones de equinos existentes em Portugal, o cavalo de Alter desde o nascimento até ingressar na Escola Portuguesa de Arte Equestre, o Puro Sangue Árabe, o Pura Raça Espanhola e a forma como os cavalos reagem e expressam o seu carácter perante as mais diversas situações, são alguns dos temas desta 2ª série.

 

No primeiro programa vamos ver como o cavalo evoluiu desde há milhões de anos atrás e saber quais as aptidões necessárias para a modalidade de saltos e para a equitação de trabalho.

 

Oportunidade ainda para conhecer algumas particularidades da morfologia equina, os sentidos do cavalo, conhecer a genética única do gado muar e saber que tipo de exame deve ser feito, antes de proceder à compra de um cavalo.