Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

BARREIRA DE SOMBRA

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

FRACA CORRIDA ESTA TARDE EM SEVILHA

17.04.10 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Os toiros de Gavira, mansos, desencastados, a buecarem a fuga por tudo quanto era sítio, foram os protagonistas pela negativa de uma tarde que prometia. No capítulo ganadeiro, desastre quase total, se exceptuarmos a dúzia de boas investidas do segundo da tarde mas que pronto se «rachou».

 

Morante não teve hipóteses de luzimento no seu lote. Uns quantos muletazos em ambos os toiros, com o seu selo, e silenciado no final.


Talavante exprimiu-se com bons lances de capote e no seu primeiro, e enquanto o «Gavira» aguentou, bons muletazos. Arriscou e expôs-se no segundo sacando muletazos em especial pelo lado esquerdo, alguns de boa nota, num torio que apenas queria fugir da muleta. Ovação em ambos.

 

Daniel Luque foi o autor dos melhores lances do capote e no que encerrou a cinzenta tarde ganadeira. Verónicas e chicuelinas de bom traço, assim como a forma como levou «galleando» o toiro á jurisdição do picador, foram o melhor toureio de capote da tarde. Com a muleta porfiou em ambos mas os toiros não propiciavam o êxito.

APRESENTADOS OS RESULTADOS DO FESTIVAL DE VILA FRANCA

17.04.10 | António Lúcio / Barreira de Sombra

É esta a nota oinformativa da Tauroleve e Casa dos Forcados de Vila Franca sobre os resultados do festival de Março a favor da construção do canil e gatil de vila Franca:

"

Nota de Imprensa Nº 11/2010

ASSUNTO: FESTIVAL A FAVOR DO CANIL/GATIL DE VILA FRANCA DE XIRA – APRESENTAÇÃO DE CONTAS FINAIS

Caros Aficionados

Com os ataques que a tauromaquia tem sido alvo, vindos de vários quadrantes e com os mais diversos objectivos, pensamos em algo inovador para defesa da Festa Brava do qual somos incondicionais defensores.

Como não acreditamos em manifestações de rua e em convulsão social, acreditámos que um espectáculo em defesa dos Animais seria uma boa maneira de chamar a atenção para a nossa causa.

Somos gente com responsabilidade e preocupações Sociais, que defendemos o bemestar animal, dentro da posição natural da vida e da ordem da Natureza.

Assim com a necessidade evidente de um Canil e Gatil em Vila Franca de Xira,

propusemo-nos a que o Toiro Bravo e os Cavalos até, ajudassem os Cães e Gatos mais necessitados. O Homem tem essa missão de coordenar e regular as necessidades dos irracionais.

Não foi o Festival que queríamos, não fomos capazes de reunir todas as vontades, de afastar todos os percalços, de saltar todas as pedras deste caminho. Mas aprendemos e vamos juntar todas essas pedras e fazer o castelo, que é esse o nosso propósito.

A presença de quem se dispôs a estar presente para além do valor monetário

respectivo, foi nos dias que correm importantíssimo, considerando o incentivo

determinante.

Um agradecimento a todos os artistas intervenientes e aos ganaderos que cederam os seus produtos de forma completamente desinteressada. Um obrigado sincero a todos os indivíduos e colectividades que contribuíram desde a primeira hora neste projecto.

Destacamos ainda a generosa disponibilidade, a partir deste movimento, do Exmo. Sr. Carlos e Sra. Dolores Conceição que disponibilizarão 5.000€ no inicio da construção do desejado Canil/Gatil.

Conseguimos um valor de 6.376.71€ o que acrescendo ao valor atrás referido é

possível arrancar o projecto de apoio aos animais abandonados do Concelho de Vila Franca de Xira"