Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA 30 ANOS (1987/2017)

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

CAMPO PEQUENO, 10 DE AGOSTO - CHEGOU A HORA DOS NOVOS VALORES DA TAUROMAQUIA

Cartel 10AGO-01.jpg

A próxima quinta-feira no Campo Pequeno será a “Hora dos Novos Valores da Tauromaquia”, com a realização de uma novilhada de promoção na qual actuarão as futuras estrelas do toureio de Portugal.

Em praça vão estar dois cavaleiros de dinastia, os praticantes Francisco Correia Lopes e Manuel Oliveira, filhos dos cavaleiros já retirados José Manuel Correia Lopes e Manuel Jorge de Oliveira. Francisco Correia Lopes foi o triunfador da novilhada de 2016 no Campo Pequeno, ao passo que Manuel Oliveira, que realizou no início da temporada uma auspiciosa prova de cavaleiro praticante, estreia-se no Campo Pequeno. Também Soraia Costa se estreia nesta novilhada na primeira praça do país, na sequência da evolução artística que vem consolidando.

A lide a pé conta com a participação dos novilheiros Joaquim Ribeiro “Cuqui”, Diogo Peseiro e Sérgio Nunes. “Cuqui” deixou óptima impressão nos aficionados e no público, aproveitando a oportunidade que o Matador espanhol José Maria Manzanares lhe deu na corrida de 13 de Julho, ao permitir-lhe uma prolongada intervenção na lide do seu segundo toiro. Diogo Peseiro e Sérgio Nunes são dois antigos alunos da Academia de Toureio do Campo Pequeno. Peseiro, já novilheiro com picadores e Sérgio Nunes, buscando actualmente na escola de Madrid a concretização do seu objectivo artístico.

Pegam os grupos de forcados amadores da Azambuja, Póvoa de São Miguel e Cartaxo, capitaneados por André Letra, André Batista e Bernardo Campino. São três grupos em busca da afirmação definitiva nesta arte tão única e tão portuguesa de pegar toiros.