Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA 30 ANOS (1987/2017)

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

PROCUNA TOUREOU EM ABIUL

O Matador de Toiros Luís Vital “Procuna” actuou ontem, 8 Agosto com êxito na castiça e mais antiga praça de Toiros de Portugal. “Procuna” apresentou de nazareno e oiro na praça onde há cinco anos consecutivos inclui os carteis da feira taurina de Agosto em Abiul.

 

De triunfo em triunfo repete em nome da justiça e como tal tornando-se um ídolo daquelas gentes que anos após ano se entusiasmam com a entrega, capacidade e o valor tremendo do Matador! “Procuna" lidou dois toiros de Brito Paes, sendo que a faena ao seu primeiro foi de muita qualidade alcançando um triunfo importante. Tanto pela direita como pela esquerda, “Procuna” toureou repousado e mandando, rematando com soberbos passes de peito, entusiasmou o publico que quase encheu o castiço tauródromo. Com o capote esteve variado, e com as bandarilhas poderoso como sempre. A quarteio, de violino ou cambiando, levou o publico ao rubro.

 

A encerrar a corrida lidou um oponente menos claro de investida, metendo-se por um dos pitons e adiantando-se nas bandarilhas, soube o Matador estar á altura e agigantou-se cumprido tércio. Brindou ao Sr. Presidente da Câmara de Pombal e realizou uma faena poderosa, sacando importantes muletazos, desenhando tandas de um poderio impressionante evitando a colhida que esteve sempre eminente e á qual o Matador soube ultrapassar numa faena que teve muito poder e imposição empolgando o publico pelo seu valor e com desplantes em jeito de remate final. Uma importante jornada para Luís “Procuna” depois do importante triunfo do Campo Pequeno e com próximos compromissos a curto prazo.

 

O cartel era constituído também pelos cavaleiros Vítor Ribeiro e Manuel Lupi, ambos realizaram duas muito boas actuações dando ambos volta, após cada lide. Pegou o Grupo de Forcados Amadores de Montemor comandados por José Maria Cortes e foram caras: António Vacas Carvalho á segunda, João Santos e Tiago Teles de Carvalho de cernelha, Manuel Ramalho e Francisco Borges ambos á primeira. O curro de Brito Paes teve mobilidade e saiu no geral encastado. Dirigiu o Sr. Ricardo Pereira assessorado pelo Dr. Francisco Barata. Registou-se 2/3 fortes de entrada.

 

Fonte: Gabinete de Imprensa de Luis Procuna

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me