Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA 30 ANOS (1987/2017)

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

A QUEM INTERESSAM AS DIVISÕES???

 

Esta é uma das questões que coloco a mim próprio algumas vezes e que, nos últimos tempos, parece ter maior interesse para uma breve análise. As decisões da ANGF, com todas as polémicas que criaram, em nada vieram ajudar à união que se pretende (será???) em torno dos agentes da festa brava. Os empresários que não cumprem os seus compromissos não estão impedidos de continuarem a fazê-lo porque à APET não deverão ter chegado queixas ou esta decidiu não agir. Os associados do SNTP que não pagam, continuam a poder actuar... a Pró-Toiro teve uma apresentação em grande e... será que por aí se fica???

 

Apesar destes pesares, a verdade é que continuamos a não querer entender que o cerco promovido pelos defensores dos animais é cada vez mais apertado e asfixiante em muitos casos. E as questiúnculas em que alguns agentes optam por se envolver só dão mais força a estes pretensos defensores dos animais cujo único objectivo é ACABAR COM AS TOURADAS!!!

 

Na Catalunha, os ideais separatistas fizeram com que o parlamento local votasse contra as corridas apesar da maioria das sondagens mostrarem que mais de 55% dos inquiridos são CONTRA A PROIBIÇÃO.

 

 

Em Portugal, e falei disso na edição da passada segunda-feira do “Barreira de Sombra”, quando menos se esperar, alguém vai levar a questão ao Parlamento. Em cheio!!! Hoje mesmo, no «Correio da Manhã», o antigo edil de Viana do Castelo e anti-touradas Defensor de Moura, agora candidato à Presidência da República, a noticia é que este senhor se prepara para fazer no Parlamento o mesmo que fez quando presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, cedendo às pressões dos grupos animalistas e tentar proibir também no País o que conseguiu em Viana!

 

Esta é a realidade nua e crua que muitos continuam a n ão querer ver, tapando o sol com uma peneira. Por isso, volto a perguntar: a quem interessam as divisões? À Festa Brava certamente que não!!!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me