Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA 30 ANOS (1987/2017)

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

AGRADÁVEL TARDE DE TOIROS NA FOZ DO SIZANDRO

Tarde de calor e de algum interesse no cômputo geral da corrida que, um ano mais, se realizou na praça de toiros instalada na Foz do Sizandro e onde cada um dos cavaleiros teve uma actuação mais rematada, com destaque para a de Ana Batista no segundo da tarde, Rouxinol no quarto e Marcelo Mendes no terceiro, e onde os forcados de ambos os Grupos – Tomar e Coruche – efectuaram grandes pegas de caras para gáudio dos espectadores que preencheram cerca de 2/3 da lotação da praça.

 

A melhor actuação da tarde coube a Ana Batista frente ao segundo da ordem. Uma lide onde esteve muito bem na brega e nos remates das sortes, tendo atingido muito bom nível na execução das sortes, com viagens rectas e reuniões ajustadas, e com alguns curtos que fizeram soar fortes as ovações. No seu segundo não conseguiu redondear a actuação mas cumprindo a papeleta frente a um toiro que colocou algumas dificuldades.

 

Luis Rouxinol não teve sorte com o primeiro, muito andarilho, mas cumpriu na ferragem. Com o quarto da tarde já esteve em melhor plano com bons ferros curtos, bem rematados, não faltando os habituais de palmo e violino, culminando com um par de bandarilhas deixado à segunda tentativa.

 

Marcelo Mendes esteve bem frente ao terceiro da tarde. Com brega poderosa e remates de nível, deixou bons ferros curtos, marcando bem os quarteios e rematando a sua actuação com um bom par de bandarilhas. No que encerrou praça e pedia meças, limitou-se a cumprir apesar de sofrer alguns toques.

 

Quanto aos moços de forcado de Tomar e de Coruche, cotaram-se com boas intervenções e algumas delas mais duras como foram as efectuadas aos quinto e sexto da tarde. Pelos Amadores de Tomar forma solistas Paulo Parker, Henrique Ferreira e Hélder Parker, este na melhor cara do seu grupo e todos à primeira tentativa, enquanto que pelos Amadores de Coruche foram à cara dos toiros Luis Carlos Gonçalves, Pedro Galamba e Carlos Tomás, este na mais espectacular pega do seu grupo.

 

Os novilhos-toiros de Felicidade Dias, José Dias e Irmãos Dias tiveram as suas complicações mas serviram para o espectáculo.

 

Dirigiu a corrida Manuel Jacinto, assessorado pelo veterinário José Manuel Lourenço

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me