Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA 30 ANOS (1987/2017)

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

PABLO SAI EM OMBROS E DÁ MAIS UMA LIÇÃO DE TOUREIO A CAVALO

Se dúvidas houvesse, se fossem precisas mais lições de cátedra, elas ficaram dissipadas: Pablo Hermoso de Mendoza deu mais uma cabal lição de toureio a cavalo, de pleno domínio de montadas, terrenos, sortes e do toiro, em duas actuações de catedrático que puseram o Campo Pequeno (esgotado) de pé a aplaudir o toureio de Estela, Navarra.  Suavidade de movimentos, elegãncia, momentos de grande valia na abordagem das sortes e nos remates, mereceram o prémio de 4 voltas à arena e a saída em ombros pela Porta Grande.

 

De Pablo Hermoso de Mendoza pode-se dizer que foram: duas actuações, duas lições de toureio, sem tempos mortos. Grandes momentos de brega, remates poderosos e sempre a preocupação nas sortes frontais, encontrando toiro em todos os terrenos, com as montadas a obedecerem ao mais pequeno toque. Momentos para mais tarde recordar. E mérito que alguns ditos puristas do toureio clássico a cavalo vão ter de reconhecer mais tarde ou mais cedo.

 

António Telles teve alguns bons momentos com brega de classe e bons ferros curtos nomeadamente na lide ao primeiro da noite, num estilo muito próprio, levando o toiro à voz, e cravando como mandam as regras. No seu segundo, teve um segundo comprido de muito nível e dois curtos que foram muito aplaudidos, em noite em que cumpriu o seu papel e foi fiel ao seu estilo.

 

João Telles Jr andou algo irregular em ambas as lides. Uns quantos toques e falhanços na cravagem dos ferros tiraram brilho e importância a outros que foram de boa nota.

 

Quanto aos Forcados, Santarém e Lisboa cumpriram sem destaques de maior. Pelos Amadores de Santarém foram caras Joaquim Pedro Torres à 1ª tal como Gonçalo Veloso e João Torres Freire consumou á segunda a emenda ao seu colega António Grave de Jesus lesionado após duas tentativas. Quanto aos Amadores de Lisboa, Gonçalo Gomes fechou-se bem à 1ª, tal como Pedro Miranda e Manuel Guerreiro concretizou à 2ª a pega ao último da noite.

 

Cumpriram no geral os toiros de Passanha apesar de que dois deles não deveriam ter entrado no sorteio:  2º (avacado) e 6º (anovilhado).

 

Dirigiu o espectáculo  António Garçôa coadjuvado pelo veterinário João Maria Nobre e com casa esgotada. Pablo Hermoso de Mendoza saíu em ombros no final.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me