Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BARREIRA DE SOMBRA 30 ANOS (1987/2017)

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

Desde 13.06.1987 ao serviço da Festa Brava

PACO VELASQUEZ DESTACOU-SE EM SEVILHA

O novilheiro português Paco Velásquez actuouno passado dia 1 de Julho na Real Maestranza de Sevilha onde dos 6 novilheiros foi o único quescutou palmas no final da lide do seu novilho, perdendo 1 orelha por falhar com o “descabello”! Paco enfrentou-se a um novilho sonso. Velásquez mostrou muito boas maneiras desde o inicio da sua faena com o capote com bonitas verónicas. Impôs-se a falta de raça do novilho a base de apostar e executou naturais de muita qualidade, já pelo lado direito o novilho era complicado e metia-se demasiado por dentro, termino a faena com bonitos naturais de frente e fazendo soar fortes “olés”, uma faena bonita e que chegou ao publico acompanhada por a famosa banda do maestro “Tejera”. Na hora de “matar” o novilheiro Português executou uma estocada em bom sitio, mas o novilho tardou em cair e foi necessário o uso do “descabello”, falhando em 3 ocasiões a sua execução! Velásquez viuassim como se lhe escapou o triunfo nesta novilhada . No final da actuação escutou Palmas do entendido publico da Real Maestranza. NOVILHOS: Herdeiros de Salvador Guardiola -Eduardo Pereira (Escuela de Madrid), de nazareno y oro, silencio. -Paco Velásquez (Escuela de Sevilha), de tabaco y oro, Palmas depois de um aviso. -Borja Álvarez (Escuela de Alicante), de verde y oro, silencio tras aviso. -Antonio Puerta (Escuela de Murcia), de teja y oro, silencio tras dos avisos. -David Martín (Galapagar), de coral y oro, silencio tras aviso. -Dorian Paul (Escuela de Beziers), de verde y azabache, silencio tras aviso

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me